O caminho de evolução de cada estado no rugby brasileiro é longo. Se o foco do futuro for a regionalização, é importante conhecer hoje qual é o cenário de distribuição das partidas por clubes e estados.

Fizemos um levantamento das competições de Rugby XV adulto pelo país neste ano e chegamos a tais números:

EstaduaisNº de campeonatosNº de clubesNº de equipes "B" ou combinadosNº de jogos% de clubes% de jogos
São Paulo547423758,02%56,43%
Rio de Janeiro18209,88%4,76%
Minas Gerais15206,17%4,76%
Paraná1464,94%1,43%
Santa Catarina1454,94%1,19%
Rio Grande do Sul41366516,05%15,48%
CBRu
Super 88368,55%
Taça Tupi17317,36%
Total Federações + CBRu138110420100%100%
Campeonatos não ligados às federaçõesNº de campeonatos Nº de clubes apenas nelesNº de equipes que também jogaram nas federaçõesNº jogos
Liga Sul135
São Paulo329 + 1 time B19
Paraná167
Santa Catarina14114
Estaduais/regionais não filiados à CBRuNº de campeonatos Nº de clubesNº jogos
Bahia1412
Nordeste1712
Piauí132
Cerrado148
Pantanal157
Copa Centro-Oeste (Pantanal x Cerrado)2
Norte136
EstaduaisNº de campeonatosNº de clubesNº de equipes "B" ou combinadosNº de jogos
Total Brasil2411612514
% de clubes pelo total % de jogos pelo total
São Paulo42,24%49,81%
Rio de Janeiro6,9%3,89%
Minas Gerais4,31%3,89%
Paraná8,62%2,53%
Santa Catarina6,9%3,7%
Rio Grande do Sul11,21%12,65%
Bahia3,45%2,33%
Demais Nordeste6,03%2,33%
Centro-Oeste7,76%3,31%
Norte2,58%1,17%
Liga Sul0,97%
CBRu13,03%
Apenas competições adultas.

Obs: WOs descontados;

Para deixar clara a conta feita, o número de 47 clubes paulistas exclui os times B de SPAC e Jacareí, que jogaram o Paulista D, e a LAAUSP (a seleção da USP), que jogou o Universitário, enquanto a Engenharia Mackenzie é contada apenas 1 vez (apesar de ter jogado tanto o Paulista B como o Universitário). Em Santa Catarina, um jogo do estadual foi válido também pela Taça Tupi e não está incluído na conta do estadual – e o mesmo vale para os jogos do Piauiense válidos pelo Nordeste Super XV.

 

- Continua depois da publicidade -

O que pensar desses números?

Ainda existe uma grande disparidade de São Paulo para os demais estados, seja em número de clubes ativos na modalidade, seja em número de partidas realizadas. O estado sozinho tem mais clubes e jogos do que todos os demais 5 estados filiados à CBRu somados.

Em segundo lugar, contando apenas os jogos organizados pelas federações, o Rio Grande do Sul também teve mais jogos realizados do que Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais juntos (ajudado por sua divisão intermédia). Mas os gaúchos ainda têm menos de 1/3 dos jogos e cerca de 1/4 do número de clubes dos paulistas.

Mesmo para os estados que já são membros da CBRu, há ainda um longo caminho de estruturação de seus campeonatos estaduais, pois fica clara a disparidade da quantidade de jogos entre eles e os outros dois estados citados. Da mesma forma, observa-se que nesse limite mínimo atual que alguns estados operam, a diferença deles para competições que hoje estão fora do quadro de competições estaduais que levam à Taça Tupi (os torneios no Nordeste e Centro-Oeste) é pequena quanto à robustez do calendário.

Evidentemente, aspectos como o nível de organização de cada partidas, as exigências das federações sobre as condições de jogo e, claro, o nível dos jogos, não podem ser vistos nesses números, que são frios. Mas eles nos oferecem uma visão preliminar sobre o quadro geral – e ele está muito longe do ideal.

Desde que o rugby ganhou o impulso olímpico, o país passou a ter número incríveis de jogadores e clubes, seja no CNRU (o cadastro nacional), seja nas redes sociais, mas esses números não se traduziram de maneira satisfatória em crescimento da maioria das competições estaduais, que são aquelas que garantem uma temporada sólida e sustentável para o desenvolvimento das equipes.

Portanto, em ritmo de fim de ano e de planejamento para a próxima temporada, fica claro que a próxima fronteira do nosso rugby é uma bem velha e que já devia ter sido devidamente superada. É a fronteira estadual.

Pensando em uma escada, o sonho a médio prazo seria:

  • – Romper a barreira dos 6 estados e ter todo país perto das exigências da CBRu (o modelo baiano como meta);
  • – Ter Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina com uma estrutura de competições no mínimo do tamanho da gaúcha atual;
  • – Ter o Rio Grande do Sul mais próximo de São Paulo (1/2?)
  • – Ter a elite paulista mais próxima do que é a elite uruguaia (quantidade de clubes não é mais problema em São Paulo para o adulto, a barreira é mais qualitativa hoje);

Foco nos estaduais!

 

Quem jogou mais em 2017?

Dos 81 clubes listados que disputam competições das 6 federações estaduais hoje filiadas à CBRu, o número de jogos em campeonatos da temporada teve uma distribuição razoavelmente equilibrada no topo da pirâmide. A proximidade no número de jogos entre a Taça Tupi e o Super 8 ajudou a equilibrar a quantidade do número de jogos dos clubes de elite, assim como a consistência nas divisões inferiores de São Paulo e pela alternativa gaúcha da Copa RS.

A lista de jogos por clube no Brasil é a seguinte:

ClubeEstadoNº de jogos
Engenharia MackenzieSP22
FarraposRS20
JacareíSP19
TempláriosSP19
PoliSP18
PasteurSP16
São JoséSP16
SPACSP16
Band SaracensSP15
BH RugbyMG15
CharruaRS15
Curitiba PR15
DesterroSC15
Rio BrancoSP14
San DiegoRS14
Rio RugbyRJ13
ABCSP12
PiratasSP12
TucanosSP12
UniãoSP12
GuanabaraRJ12
NiteróiRJ12
SC RugbyRS12
BrummersRS11
CentaurosRS11
Direito USP San FranSP11
Pé VermelhoPR11
Alto TietêSP10
ChapecóSC10
Direito MackenzieSP10
FEASP10
InconfidentesMG10
JaguarsSP10
JequitibáSP10
JoacaSC10
Leões de ParaisópolisSP10
MauáSP10
PiracicabaSP10
São RoqueSP10
TatuapéSP10
TornadosSP10
UNIPSP10
Universitário Santa MariaRS10
UrutuSP10
ArmadaSP9
BarueriSP9
BC RugbySC9
CougarsSP9
IguanasSP9
LechuzaSP9
MedicinaSP9
Mogi MirimSP9
Ribeirão PretoSP9
Rio PretoSP9
São BentoSP9
São CarlosSP9
São Jorge CorinthiansSP9
TatuapéSP9
União Rugby AlphavilleSP9
WallysSP9
FACENSSP8
PindaSP8
PlanaltoRS8
Inconfidência MG8
INSPERSP8
Nova LimaMG8
PUCSP8
UberlândiaMG8
UFABCSP8
AntiquaRS7
GuaíbaRS7
GuascaRS7
ItaguaíRJ7
PampasRS6
CariocaRJ5
FriburgoRJ5
MaxambombaRJ5
UFFRJ5
ChuyRS4
Lobo BravoPR3
UrutauPR3
Obs: Listados apenas os clubes que jogaram competições das 6 federações;
Obs2: Engenharia Mackenzie tem somados os jogos pelo Paulista C e pelo Paulista Universitário;
Obs3: Times B e combinados não incluídos na lista, mas seus jogos contam para seus oponentes;
Obs4: Liga Sul incluída para os Farrapos, Curitiba e Desterro / Copa Norte/SC incluída para o BC Rugby / Copa USP para a San Fran (critério: não é pré-temporada);
Obs5: Desempate em ordem alfabética;
Obs5: Amistosos e copas de pré temporada (ABC, RMC) não incluídas;

2 COMENTÁRIOS