ARTIGO COM VÍDEOS – O sábado e o domingo foram de decisão da Série Mundial de Sevens masculina, com as disputas do Paris Sevens, a penúltima etapa da temporada 2016-17. E a África do Sul viveu seu grande momento, conquistando o título do torneio e, de quebra, assegurando o título geral do circuito. Pela segunda vez na história, a Série Mundial de Sevens masculina ficou com os Boks, que quebraram um jejum que vinha desde 2009.

 

Os sul-africanos levaram susto logo no início, caindo no jogo inicial contra a Escócia por 19 x 12, o que jogou o time verde e ouro para o segundo lugar em sua chave. Fiji, principal concorrente dos sul-africanos, também tropeçou na fase de grupos, perdendo na estreia para Samoa. Já a Nova Zelândia se impôs em campanha sólida no primeiro lugar de seu grupo, ao passo que a Inglaterra, apesar de um empate, foi a primeira do outro grupo.

 

- Continua depois da publicidade -

Nas quartas de final, a África do Sul se recuperou e despachou a aguerrida Samoa, que fez sua melhor campanha na temporada, vencendo por duros 12 x 00, com tries de Afrika e Kok. Fiji, por outro lado, não se reergueu e viu a ascendente Escócia triunfar por implacáveis 24 x 00, com Farndale e Robertson fazendo 2 tries cada. A Inglaterra passou pelos Estados Unidos, 26 x 12, significando ao menos o segundo lugar geral no circuito, enquanto a Nova Zelândia frustrou a torcida da casa vencendo a França por 14 x 00.

 

No mata-mata do Challenge Trophy, as atenções ficaram sobre Rússia e Japão, que jogam contra o rebaixamento. Os japoneses foram capazes de reduzir em somente 1 ponto a distância para os russos para a etapa final, estando ainda em situação desesperadora no circuito. O Japão venceu a Rússia na decisão do 13º lugar, mas a vitória russa anterior sobre o Quênia pode ter salvado os Ursos ao final da temporada. Depois, na decisão do Challenge Trophy (o 9º lugar), a Argentina descolou uma vitória sobre a Austrália por 33 x 12.

 

As semifinais foram abrilhantadas por dois grandes clássicos. Primeiro, a Escócia seguiu avassaladora e surpreendente, despachando a Inglaterra por 19 x 17, mesmo com o super artilheiro Dan Norton fazendo o possível para levar os ingleses à final, marcando 3 tries. Depois, foi a vez da África do Sul vencer a Nova Zelândia, por irrepreensíveis 26 x 05, com show de Rosko Specman, autor de 2 tries. Os neozelandeses ainda ficaram com o bronze derrotando por 12 x 05 a Inglaterra.

 

Na grande final, a África do Sul provou ser superior à zebra escocesa. Jogo duro, que teve um primeiro tempo de 10 x 00 para os Boks, com tries de Kok e Sage. Na segunda etapa, Wight deu esperanças à Escócia com try, mas Snyman liquidou a fatura a favor dos verdes antes do fim. 15 x 05 e festa verde no Stade Jean Bouin.

 

A última etapa será em Londres no próximo fim de semana. Com a África do Sul já campeã da temporada, as atenções estarão na luta contra o rebaixamento, com a expectativa se o Japão produzirá algum milagre para permanecer na elite mundial.

 

Paris Sevens – 9ª etapa da Série Mundial de Sevens Masculina 2016-17

Sábado, dia 13 de maio

Fiji 17 x 19 Samoa

Austrália 19 x 12 Rússia

Nova Zelândia 26 x 07 Gales

Estados Unidos 26 x 19 Argentina

África do Sul 12 x 19 Escócia

Canadá 21 x 07 Japão

Quênia 14 x 22 França

Inglaterra 31 x 00 Espanha

Fiji 54 x 00 Rússia

Austrália 14 x 21 Samoa

Nova Zelândia 21 x 14 Argentina

Estados Unidos 31 x 14 Gales

África do Sul 35 x 05 Japão

Canadá 19 x 26 Escócia

Quênia 26 x 14 Espanha

Inglaterra 24 x 07 França

Samoa 19 x 19 Rússia

Austrália 14 x 31 Fiji

Gales 47 x 28 Argentina

Estados Unidos 14 x 27 Nova Zelândia

Escócia 31 x 14 Japão

Canadá 07 x 31 África do Sul

França 33 x 00 Espanha

Inglaterra 12 x 12 Quênia

 

Grupo A: 1 Escócia, 2 África do Sul, 3 Canadá, 4 Japão

Grupo B: 1 Nova Zelândia, 2 Estados Unidos, 3 Gales, 4 Argentina

Grupo C: 1 Inglaterra, 2 França, 3 Quênia, 4 Espanha

Grupo D: 1 Samoa, 2 Fiji, 3 Austrália, 4 Rússia

 

 

Domingo, dia 14 de maio

Quartas de final pelo Challenge Trophy

Canadá 33 x 00 Rússia

Quênia 07 x 12 Argentina

Austrália 28 x 19 Japão

Gales 26 x 14 Espanha

 

Quartas de final pelo Ouro

Escócia 24 x 00 Fiji

Inglaterra 26 x 12 Estados Unidos

Samoa 00 x 12 África do Sul

Nova Zelândia 14 x 00 França

 

Semifinais pelo 13º lugar

Rússia 15 x 07 Quênia

Japão 26 x 19 Espanha

 

Semifinais pelo Challenge Trophy

Canadá 14 x 15 Argentina

Austrália 14 x 12 Gales

 

Semifinais pelo 5º lugar

Fiji 14 x 24 Estados Unidos

Samoa 21 x 19 França

 

Semifinais pelo Ouro

Escócia 19 x 17 Inglaterra

África do Sul 26 x 05 Nova Zelândia

 

Decisão do 13º lugar

Rússia 10 x 19 Japão

 

Decisão do Challenge Trophy

Argentina 33 x 12 Austrália

 

Decisão do 5º lugar

Estados Unidos 24 x 19 Samoa

 

Decisão do Bronze

Inglaterra 05 x 12 Nova Zelândia

 

Decisão do Ouro – FINAL

Escócia 05 x 15 África do Sul

 

 

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
África do Sul19222192222221919122213
Inglaterra16417221019132210171519
Fiji1501913191319172210108
Nova Zelândia13710171217151313131710
Estados Unidos129810512171515191315
Austrália11313571512101715712
Escócia109121517153871922
Canadá983315310101022517
Argentina905713101012123810
Gales731510510382857
França661081075155105
Quênia63512828571015
Samoa5171357715123
Rússia291528115222
Japão201115223131
- 4 melhores entre Argentina, Samoa, Escócia, Canadá, Rússia e Japão irão à Copa do Mundo de Sevens de 2018;
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.

 

SeleçãoJogosPontos
Namíbia14
Zimbábue14
Tunísia10
Quênia10

 

Foto: World Rugby