Foto/: Mike Lee/World Rugby

ARTIGO COM VÍDEO – A África do Sul voltou a sorrir no sevens, com os Blitzboks conquistando o título da antepenúltima etapa da Série Mundial de Sevens Masculina, neste domingo, em Singapura. Os sul-africanos venceram uma final de arrepiar contra Fiji e abriram 14 pontos de vantagem sobre a Inglaterra na luta por vaga nos Jogos Olímpicos de 2020, com os Boks ocupando a 4ª posição na classificação geral (os 4 primeiros da temporada garantirão vaga em Tóquio 2020).

Fiji, por sua vez, é vice líder geral e com o resultado reduziu para somente 3 pontos sua distância para o líder Estados Unidos. Enquanto isso, a luta contra o rebaixamento também continua pegando fogo, com Gales largando a lanterna na mão do Japão, com com Quênia, Gales e Japão estando separados por somente 4 pontos.

Clique aqui para ver como foi o 1º dia de jogos em Singapura.

- Continua depois da publicidade -

As quartas de final abriram domingo com a África do Sul levando susto de Samoa, que abriu 12 x 00 com 2 tries de Matavao. Mas os Boks viraram o marcando com 3 tries sem resposta, com direito a pintura de Selvyn Davids. Depois, os EUA venceram a Argentina por 12 x 10 da mesma maneira, com os Pumas largando na frente e levando a virada.

Fiji entrou em campo na sequência e despachou uma Nova Zelândia que segue sem brilho. 19 x 05 com a magia fijiana de sempre. E por fim a Inglaterra se impôs sobre a Austrália por 31 x 19.

Na primeira semifinal, novamente o líder EUA falhou em alcançar a final, caindo diante da África do Sul por 24 x 12. Os Boks começaram se impondo com 12 x 00 no primeiro tempo, com destaque a try de Visser que nasceu em bela jogada de elevador sul-africano.

Na segunda semifinais, Fiji voltou a vencer, colocando 26 x 12 sobre a Inglaterra. Vakurunabili marcou os 2 primeiros tries para Fiji, mas a Inglaterra reagiu com 2 tries que igualaram o marcador. Mas os fijianos brilharam com 2 tries nos no apagar das luzes, com Mocenacagi, aos 14′, e Derenalagi, com o tempo esgotado.

Nas finais menores, os olhares se voltaram para as disputas diretas contra o rebaixamento. Primeiro, Gales se livrou de mais uma decepção vencendo o convidado Hong Kong no sufoco por 19 x 17, enquanto Japão e Quênia perderam para Canadá e França. Com isso, Gales teve a chance de se distanciar, mas sucumbiu na sequência diante da Escócia. Enquanto isso, o Japão perdeu para o Quênia batalha direta, 31 x 24, o que deixou os japoneses na lanterna.

Na grande final, a emoção foi a tônica da partida entre África do Sul e Fiji, com uma virada sul-africana espetacular. Fiji largou na frente com 3 tries em sequência no primeiro tempo (com direito a uma pintura coletiva finalizada por Bolaca), abrindo 19 x 00 que pareciam dar frente segura aos alvinegros. Mas os verdes cresceram, com encostando no placar com tries de Arendse (apanhando belo chute de Geduld), Angelo Davids e Oosthuizen, colocando a diferença em somente 19 x 17. E no fim os Boks mantiveram a posse da bola e arrancaram um decisivo penal, que Selvyn Davids chutou para virar o placar. Vitória impressionante por 20 x 19 para a África do Sul.

A próxima rodada será nos dias 25 e 26 de maio, em Londres. A etapa final será na sequência, nos dias 1º e 2 de junho, em Paris.

HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens – 8ª Etapa, em Singapura

Sábado, dia 13 de abril / Domingo, dia 14 de abril

23h00 – Quartas de final Challenge Trophy (9º lugar) – Escócia 38 x 10 Espanha

23h22 – Quartas de final Challenge Trophy (9º lugar) – Gales 19 x 17 Hong Kong

23h44 – Quartas de final Challenge Trophy (9º lugar) – Japão 14 x 33 Canadá

00h06 – Quartas de final Challenge Trophy (9º lugar) – França 24 x 14 Quênia

00h30 – Quartas de final  (Ouro) – África do Sul 21 x 12 Samoa

00h52 – Quartas de final (Ouro) – Estados Unidos 12 x 10 Argentina

01h14 – Quartas de final (Ouro) – Nova Zelândia 05 x 19 Fiji

01h36 – Quartas de final (Ouro) – Austrália 19 x 31 Inglaterra

 

02h38 – Semifinais pelo 13º lugar – Espanha 38 x 12 Hong Kong

03h00 – Semifinais pelo 13º lugar – Japão 24 x 31 Quênia

03h22 – Semifinais pelo Challenge Trophy (9º lugar) – Escócia 33 x 12 Gales

03h44 – Semifinais pelo Challenge Trophy (9º lugar) – Canadá 12 x 19 França

04h06 – Semifinais pelo 5º lugar – Samoa 14 x 12 Argentina

04h28 – Semifinais pelo 5º lugar – Nova Zelândia 27 x 22 Austrália

04h50 – Semifinais pelo Ouro – África do Sul 24 x 12 Estados Unidos

05h12 – Semifinais pelo Ouro – Fiji 26 x 12 Inglaterra

 

06h14 – Decisão de 13º lugar – Espanha 05 x 21 Quênia

06h36 – Final do Challenge Trophy (9º lugar) – Escócia 19 x 22 França

07h11 – Decisão de 5º lugar – Samoa 19 x 17 Nova Zelândia

07h35 – Decisão de Bronze (3º lugar) – Estados Unidos 07 x 28 Inglaterra

08h00 – FINAL – Decisão do Ouro (1º lugar) – África do Sul 20 x 19 Fiji

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
Fiji18613222215121722192222
EUA17719191919221517151715
Nova Zelândia16222151722171312121319
África do Sul14812171513102210221017
Inglaterra11417138171312101725
Austrália10415101012108510195
Samoa1078712319101513812
França99752101191981513
Argentina941085815101310510
Escócia721010131858773
Canadá59551053715108
Espanha49512510733211
Quênia3713715153110
Gales313215252551
Japão272117127132
Campeões por etapaNZLFIJFIJNZLEUAAFSFIJAFSFIJFIJ
- 1ª ao 4º colocados = classificados aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
- 15º colocado = rebaixamento;

Obs 1: Japão já está classificado aos Jogos Olímpicos;
Obs 2: Inglaterra, Gales e Escócia não disputam os Jogos Olímpicos, sendo representados pela Grã-Bretanha. A seleção inglesa foi designada para buscar a qualificação da Grã-Bretanha. Os resultados de Escócia e Gales não valerão para qualificar a seleção britânica;
Obs 3: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.