Com as indefinições causadas pela crise do coronavírus, a pergunta está no ar: alguma vez o Six Nations deixou de ser completado?

Em sua versão atual, com 6 nações (isto é, a partir do ano 2000, quando a Itália entrou para o torneio), a competição jamais teve jogos não realizados.

Na época amadora, o Five Nations (quando a competição era disputada apenas por Inglaterra, Gales, Escócia, Irlanda e França) houve duas grandes interrupções, como esperado: durante a Primeira Guerra Mundial (com o torneio sendo interrompido entre 1915 e 1919) e durante a Segunda Guerra Mundial (com o torneio sendo interrompido entre 1940 e 1946).

Entretanto, fora das duas grandes guerras, houve um ano que a competição não terminou: 1972. Por quê?

- Continua depois da publicidade -

Naquela época, a Irlanda vivia no período conhecido como “The Troubles”, marcado pelos conflitos na Irlanda do Norte entre católicos e protestantes. A Irlanda do Norte é a região da ilha da Irlanda que faz parte do Reino Unido junto de Inglaterra, Gales e Escócia, sob a monarquia britânica. A região, que compreende boa parte da histórica província irlandesa de Ulster (e é representada no rugby pelo time do Ulster), é dividida entre católicos (que defendem a separação do Reino Unido e unificação com a República da Irlanda, a parte da ilha que é independente) e protestantes (que defendem a monarquia e a permanência no Reino Unido).

A partir do fim dos anos 60, a Irlanda do Norte virou palco de conflitos nas ruas de suas cidades e, em 30 de janeiro de 1972, a cidade de Derry (segunda maior da região) viveu um dos vários episódios da história irlandesa chamados de “Bloody Sunday” (“Domingo Sangrento”), com o exército britânico matando 14 civis que estavam em protesto na cidade. O evento fez escalarem as tensões e o sentimento antibritânico na ilha.

Após o “Bloody Sunday” de 1972, Gales e Escócia decidiram pelo cancelamento de suas visitas à Irlanda pelo Five Nations. Os jogos seriam em Dublin, capital da República da Irlanda, mas mesmo por lá a situação era tensa – e hostil demais para uma visita de equipes britânicas. Pela segurança dos atletas, os dois jogos que os irlandeses fariam em casa (marcados para fevereiro) foram cancelados. O Five Nations teve as demais partidas realizadas, incluindo jogos fora de casa da Irlanda (que venceu a França em Paris e a Inglaterra em Londres), mas a organização decidiu por não entregar o troféu a ninguém.


Além da Irlanda, o único outro time que terminou aquele torneio invicto foi Gales, derrotando Escócia, Inglaterra e França. O jogo entre galeses e escoceses é famoso por um lendário try do scrum-half galês Gareth Edwards, considerado um dos maiores jogadores da história.

Com isso, o Five/Six Nations até hoje deixou de ter um campeão apenas por conta de períodos de violência. No entanto, a grande pandemia da gripe espanhola, que assolou a Europa a partir dos últimos meses da Primeira Guerra Mundial, em 1918, prolongou-se até 1919 no continente e até 1920 em outras partes do mundo. Com isso, em 1919, a gripe espanhola adiou os planos do retorno da competição, que foi retomada apenas em 1920.