Nova Zelândia e Samoa se enfrentarão em junho. Gales, Escócia, Itália e Fiji já anunciaram elencos para os tests, e os Barbarians seguem adicionando novos nomes. Um giro de notícias agora!

 

Pasifika Challenge é a novidade no Eden Park no dia 16 de junho

All Blacks e British and Irish Lions começarão a se enfrentar na Nova Zelândia a partir do dia 24 de junho. Os Lions farão uma série de jogos contra equipes do Super Rugby e combinados neozelandeses, mas os All Blacks não tinham nenhum amistoso confirmado antes do primeiro confronto com os britânicos. Hoje, a União Neozelandesa de Rugby confirmou que o Eden Park, em Auckland, receberá no dia 16 de junho rodada dupla de amistosos, com o “prato principal” sendo um amistoso entre Nova Zelândia e Samoa, que não se enfrentam desde 2015.

- Continua depois da publicidade -

 

O jogo que antecederá a partida dos All Blacks oporá Tonga e Gales. Tonga deveria mandar essa partida em casa, mas a reforma de seu estádio nacional não foi completada a tempo e o local de realização do jogo estava ainda em estudo. Gales fará um gira pela Oceania, sem seus jogadores do Lions, enfrentando ainda Samoa no dia 23, em Apia, capital samoana.

 

Gales tem seu elenco anunciado

Os galeses tiveram também hoje seu elenco para a viagem à Oceania anunciado. O técnico interino será Robin McBryde, assistente do atual técnico interino Rob Howley, que se juntará a Warren Gatland como auxiliar dos Lions. Os galeses serão capitaneados por Jamie Roberts e terão 13 jogadores debutantes em um elenco de 32 homens.

 

Avançados: Scott Baldwin (Ospreys), Jake Ball (Scarlets), Adam Beard (Ospreys), Kristian Dacey (Cardiff Blues), Seb Davies (Cardiff Blues), Ryan Elias (Scarlets), Rob Evans (Scarlets), Tomas Francis (Exeter Chiefs, Inglaterra), Ollie Griffiths (Newport Gwent Dragons), Cory Hill (Newport Gwent Dragons), Ellis Jenkins (Cardiff Blues), Wyn Jones (Scarlets), James King (Ospreys), Samson Lee (Scarlets), Josh Navidi (Cardiff Blues), Nicky Smith (Ospreys), Rory Thornton (Ospreys), Thomas Young (Wasps, Inglaterra);

 

Linha: Cory Allen (Cardiff Blues), Gareth Anscombe (Cardiff Blues), Alex Cuthbert (Cardiff Blues), Aled Davies (Scarlets), Gareth Davies (Scarlets), Sam Davies (Ospreys), Steff Evans (Scarlets), Keelan Giles (Ospreys), Tyler Morgan (Newport Gwent Dragons), Jamie Roberts (c) (Harlequins, Inglaterra), Owen Williams (Leicester Tigers, Inglaterra), Rhun Williams (Cardiff Blues), Scott Williams (Scarlets), Tomos Williams (Cardiff Blues);

 

Escócia tem 34 jogadores para ir ao Pacífico

O mês de junho marcará o início do trabalho do técnico Gregor Townsend no comando da Escócia. O novo treinador convocou 34 jogadores para a série de 3 partidas que o Cardo fará no Pacífico em junho, sem poder contar com seus 3 atletas que defenderão os British and Irish Lions (Stuart Hogg, Tommy Seymour e Greig Laidlaw). A Escócia irá encarar a Itália, em campo neutro, em Singapura, no dia 10 de junho, e visitará a Austrália no dia 17 e Fiji no dia 24. O centro Nick Grigg, o pilar D’Arcy Rae e o hooker George Turner são os debutantes.

 

Avançados: Alex Allan (Glasgow Warriors), Allan Dell (Edinburgh), Zander Fagerson (Glasgow Warriors), Willem Nel (Edinburgh), D’Arcy Rae (Glasgow Warriors), Gordon Reid (Glasgow Warriors), Fraser Brown (Glasgow Warriors), Ross Ford (Edinburgh), George Turner (Edinburgh), Richie Gray (Toulouse, França), Jonny Gray (Glasgow Warriors), Tim Swinson (Glasgow Warriors), Ben Toolis (Edinburgh), John Barclay (c) (Scarlets, Gales), Magnus Bradbury (Edinburgh), John Hardie (Edinburgh), Rob Harley (Glasgow Warriors), Josh Strauss (Glasgow Warriors), Hamish Watson (Edinburgh), Ryan Wilson (Glasgow Warriors);

 

Linha: Sam Hidalgo-Clyne (Edinburgh), Ali Price (Glasgow Warriors), Henry Pyrgos (Glasgow Warriors), Pete Horne (Glasgow Warriors), Finn Russell (Glasgow Warriors), Alex Dunbar (Glasgow Warriors), Nick Grigg (Glasgow Warriors), Matt Scott (Gloucester, Inglaterra), Duncan Taylor (Saracens, Inglaterra), Damien Hoyland (Edinburgh), Ruaridh Jackson (Harlequins, Inglaterra), Lee Jones (Glasgow Warriors), Sean Maitland (Saracens), Tim Visser (Harlequins, Inglaterra);

 

Itália não terá Parisse em junho

A Itália fará o mesmo percurso em junho que a Escócia, duelando em Singapura com os escoceses, no dia 10, e visitando Fiji no dia 17 e a Austrália no dia 24. O técnico Conor O’Shea anunciou seus 31 jogadores para a viagem, optando por poupar Sergio Parisse, Leonardo Ghiraldini, Simone Favaro e Lorenzo Cittadini. Apenas Campagnaro, do Exeter Chiefs, e Sarto, do Glasgow Warriors, atuam fora da Itália entre os convocados, sendo que dois nomes chamados são do Calvisano, clube do Eccellenza italiano, ao passo que os demais atuam no PRO12 por Treviso ou Zebre.

 

Avançados: Pietro Ceccarelli (Zebre), Simone Ferrari (Benetton Treviso), Andrea Lovotti (Zebre), Sami Panico (Calvisano), Tiziano Pasquali (Benetton Treviso), Luca Bigi (Benetton Treviso), Ornel Gega (Benetton Treviso), Luhandre Luus (Calvisano), George Fabio Biagi (Zebre), Dean Budd (Benetton Treviso), Marco Fuser (Benetton Treviso), Federico Ruzza (Zebre), Andries Van Schalkwyk (Zebre), Robert Julian Barbieri (Benetton Treviso), Maxime Mbanda’ (Zebre), Francesco Minto (Benetton Treviso), Abraham Jurgen Steyn (Benetton Treviso);

 

Linha: Edoardo Gori (Benetton Treviso), Tito Tebaldi (Benetton Treviso), Marcello Violi (Zebre), Tommaso Allan (Benetton Treviso), Carlo Canna (Zebre), Tommaso Benvenuti (Benetton Treviso), Tommaso Boni (Zebre), Michele Campagnaro (Exeter Chiefs, Inglaterra), Giulio Bisegni (Zebre), Angelo Esposito (Benetton Treviso), Leonardo Sarto (Glasgow Warriors), Giovanbattista Venditti (Zebre), Edoardo Padovani (Zebre), Luca Sperandio (Benetton Treviso);

 

Fiji forte para junho e julho

Fiji viverá uma maratona de grandes jogos entre junho e julho, com 5 tests na agenda. No dia 10 de junho, Fiji visitará a Austrália, em Melbourne, e receberá a Itália, no dia 17, e a Escócia, no dia 24. Depois, os fijianos irão visitar Tonga, no dia 8 de julho, e Samoa, no dia 15, ambos pela Copa das Nações do Pacífico, cuja somatória das edições 2016 e 2017 vale pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. Fiji venceu tonganeses e samoanos em 2016 e está muito perto de se garantir no Mundial.

 

Para a série de jogos, o técnico John McKee chamou um grupo forte, com nomes de peso como Leone Nakarawa, Akapusi Qera, Peceli Yato, Nikola Matawalu, Levani Botia, Vereniki Goneva, Josua Tuisova, Nemani Nadolo, Patrick Osborne, Timoci Nagusa e Metuisela Talebula.

 

Avançados: Campese Ma’afu (Northampton Saints, Inglaterra), Peni Ravai (Aurillac, França/2ª divisão), Joeli Veitayaki (Naitasiri), Manasa Saulo (Toulon, França), Leeroy Atalifo (sem clube), Kalivati Tawake (Suva), Sunia Koto (Mâcon, França/3ª divisão), Jale Sassen (Suva), Tuapati Talemaitoga (Provence, França/3ª divisão), Leone Nakarawa (Racing, França), Tevita Cavubati (Worcester Warriors, Inglaterra), Api Ratuniyarawa (Northampton Saints, Inglaterra), Sikeli Nabou (Biarritz, França/2ª divisão), Naulia Dawai (Connacht, Irlanda), Viliame Mata (Edinburgh, Escócia), Nemani Nagusa (Nadroga), Akapusi Qera (c) (Montpellier, França), Mosese Voka (Suva), Dominiko Waqaniburotu (Brive, França), Peceli Yato (Clermont, França);

 

Linha: Nikola Matawalu (Exeter Chiefs), Serupepeli Vularika (Suva), Henry Seniloli (Timisoara, Romênia), Ben Volavola (Rebels, Austrália), Levani Botia (La Rochelle, França), Jale Vatubua (Pau, França), Eroni Vasiteri (Nadroga), Albert Vulivuli (Racing, França), Vereniki Goneva (Newcastle Falcons, Inglaterra), Asaeli Tikoirotuma (London Irish, Inglaterra/2ª divisão), Josua Tuisova (Toulon, França), Nemani Nadolo (Montpellier, França), Patrick Osborne (Highlanders, Nova Zelândia), Timoci Nagusa (Montpellier, França), Metuisela Talebula (Bordeaux, França), Kini Murimurivalu (La Rochelle, França);

 

Novos nomes para os Barbarians

Os Barbarians irão enfrentar a Inglaterra no próximo dia 28 de maio e o técnico Robbie Deans segue ganhando novos reforços para seu selecionado internacional. Agora, foram as vezes do sul-africano Ruan Pienaar e do neozelandês Charles Piutau, ambos do Ulster, da Irlanda, do inglês Steffon Armitage, do Pau, da França, do francês Yann David e do samoano Joe Tekori, ambos do Toulouse, serem confirmados nos Baa-baas.

 

Avançados: Patricio Albacete (Toulouse e Argentina), Steffon Armitage (Pau e Inglaterra), Thierry Dusautoir (Toulouse e França), Corey Flynn (Glasgow Warriors e Nova Zelândia), Facundo Isa (Lyon e Argentina), Census Johnston (Toulouse e Samoa), Joe Tekori (Toulouse e Samoa), Jeremy Thrush (Gloucester e Nova Zelândia);

 

Linha: Bundee Aki (Connacht), Adam Ashley-Cooper (Bordeaux e Austrália), Yann David (Toulouse e França), Will Genia (Stade Français e Austrália), Ruan Pienaar (Ulster e África do Sul), Charles Piutau (Ulster e Nova Zelândia);

 

Foto: Nova Zelândia x Samoa, 2015