A Série Mundial de Sevens Feminina retorna nesta semana! A segunda rodada do circuito que reúne as melhores seleções do planeta será quinta e sexta, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, e, claro, terá transmissão ao vivo da World Rugby TV.

A Nova Zelândia, da melhor jogadora do mundo Michaela Blyde, venceu a primeira etapa nos Estados Unidos e já é o time a ser batido.

 

- Continua depois da publicidade -

Como funcionam o torneio e o circuito?

  • A Série Mundial de Sevens Feminina 2018-19 conta com 6 etapas, sendo que 12 seleções participam de cada etapa. São 11 seleções fixas, que jogam todas as etapas, e 1 convidada a cada torneio. As 4 primeiras colocadas entre as 11 fixas garantirão vaga nos Jogos Olímpicos de 2020 e a última colocada será rebaixada;
  • Em cada torneio, as 12 equipes são separadas em 3 grupos com 4 times cada. Os 2 primeiras colocadas de cada grupo e os 2 melhores 3ºs colocados avançam às quartas de final. Há disputas por todas as posições;
  • Em Dubai, o torneio feminino ocorrerá na quinta e na sexta, junto do masculino, que será sexta e sábado. Por ser um país muçulmano, os Emirados Árabes Unidos têm o fim de semana na sexta e no sábado.

 

O que esperar do torneio?

    • A Nova Zelândia é ampla favorita do Grupo A. As Black Ferns não contarão com Portia Woodman, mas conta com Ruby Tui, Sarah Goss, Michaela Blyde, Kelly Brazier, Nathan-Wong… timaço!
    • Irlanda e Rússia disputarão provavelmente a 2ª posição, após campanhas discretas no Colorado. As russas, de Alena Mikhaltsova, líder de performance do primeiro torneio, parecem com mais recursos para voos maiores. O Quênia é a seleção convidada da etapa e fecha o grupo em busca de experiência e sua presença ajudará irlandesas e russas;
    • Os Estados Unidos fizeram grande campanha em casa e viraram cabeça de chave para Dubai. Mas ganharam Austrália e Inglaterra no mesmo grupo: receita pronta para o grupo mais imprevisível da competição;
    • Apesar da grande campanha dos EUA, da artilheira sensação Ilona Maher, é a Austrália e favorita. O time australiano é poderoso, com Caslick, Sharni Williams, Du Toit, Elia Green, Pelite…
    • A Inglaterra fez péssima campanha no Colorado, e por isso corre por fora. Mas seu elenco é forte e tem condições de evolução. A China fecha o Grupo B e é um time para os favoritos tomarem cuidado;
    • O Grupo C não tem favorito, pois Canadá e França dividem as apostas. O duelo entre as duas seleções promete ser o melhor jogo da quinta. Se as canadenses têm a artilheira Landry e são uma máquina de tries, as franceses tem um coletivo impressionante e são as maiores tacleadoras do circuito;
    • Espanha e Fiji fecham a chave, com as fijianas vindas de um 11º lugar e as espanholas de um 10º lugar. Tudo em aberto entre elas;

 

HSBC Womens Sevens Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens Feminina – 2ª etapa, em Dubai, Emirados Árabes Unidos

Grupo A: Nova Zelândia, Irlanda, Rússia e Quênia

Grupo B: Estados Unidos, Austrália, Inglaterra e China

Grupo C: Canadá, França, Espanha e Fiji

 

*Horários de Brasília

Quinta-feira, dia 29 de novembro

06h00 – França x Espanha

06h22 – Canadá x Fiji

06h44 – Austrália x Inglaterra

07h06 – Estados Unidos x China

07h28 – Irlanda x Rússia

07h50 – Nova Zelândia x Quênia

 

08h56 – França x Fiji

09h18 – Canadá x Espanha

09h40 – Austrália x China

10h02 – Estados Unidos x Inglaterra

10h24 – Irlanda x Quênia

10h46 – Nova Zelândia x Rússia

 

11h53 – Espanha x Fiji

12h15 – Canadá x França

12h37 – Inglaterra x China

12h59 – Estados Unidos x Austrália

13h21 – Rússia x Quênia

13h43 – Nova Zelândia x Irlanda

 

Sexta-feira, dia 30 de novembro

*Das 03h00 às 11h40, horário de Brasília

Finais

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6
Nova Zelândia402020
Canadá341618
Estados Unidos321814
Austrália281216
França22148
Rússia20812
Inglaterra16610
Irlanda16106
Espanha743
China624
Fiji532
*tabela com somente as equipes fixas
- Pontuação: 1º lugar, 20 pontos / 2º, 18 pts / 3º, 16 pts / 4º, 14 pts / 5º, 12 pts / 6º, 10 pts / 7º, 8 pts / 8º, 6 pts / 9º, 4 pts / 10º, 3 pts / 11º, 2 pts / 12º, 1 pt;

1º a 4º lugares = Classificação aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020;
11º lugar =Rebaixamento