Uma das capitais do rugby japonês. Fukuoka é a maior cidade da ilha de Kyushu, a segunda ilha mais populosa do Japão, com 2,5 milhões de habitantes em sua região metropolitana. Junto da vizinha Kitakyushu, Fukuoka forma uma região pesadamente industrializada de mais de 5 milhões de pessoas, sendo a quarta maior mancha urbana do país. Ausente da Copa do Mundo de Futebol de 2002, Fukuoka é mais famosa pelo seu poderoso time de beisebol (o Fukuoka Hawks, atual campeão nacional) e por ser uma das cidades que recebem o tradicional circuito profissional de sumô, junto de Tóquio, Osaka e Nagoya. E seu estádio, o Hakatanomori, está acostumado a receber jogos dos nada menos que três times da cidade que se revezam na Top League, a elite do rugby japonês: Munakata Sanix Blues, Coca-Cola Red Sparks e Kyuden Voltex.

 

Nascimento do Japão e ponte para a Ásia

A região de Fukuoka é geograficamente a mais próxima do Coreia e, portanto, da Ásia Continental, sendo repleta dos sítios arqueológicos mais antigos do Japão, entre os quais túmulos ligados às origens da família imperial japonesa. As cidades de Dazaifu e Hakata, hoje parte de Fukuoka, foram importantes centros de contato com a China e, não por acaso, a culinária local é famosa por seus noodles.

- Continua depois da publicidade -

No século XIII, Fukuoka foi palco da invasão mongol ao Japão, liderada pelo imperador Kublai Khan, neto do grande Genghis Khan. Após o sucesso inicial dos mongóis, um tufão (chamado de kamikaze, o “vento divino”) dizimou as tropas invasores, permitindo sua expulsão.

Em 1600, foi erguido em Fukuoka seu importante castelo, importante centro de poder na região. Mas foi mesmo no século XIX que o porto de Fukuoka floresceu e foi se tornou um dos centros mais importantes de desenvolvimento industrial no Japão.

 

Rugby por todo lado

A indústria de base foi particularmente forte nas regiões de Fukuoka e Kitakyushu, onde a siderúrgica Yawata Steel foi pioneira na criação de uma equipe de rugby de seus funcionários, liderando, após a Segunda Guerra Mundial, a criação do Campeonato Japonês de Empresas, sendo campeão da competição 12 vezes entre 1950 e 1965 e 3 vezes campeão do All Japan Rugby Championship – o título nacional mais importante, em 1961, 1963 e 1965. Porém, com a fusão da Yawata Steel com a Fuji Steel de Kamaishi, o rugby de Kitakyushu foi preterido em favor do time de Kamaishi pela sucesso Nippon Steel.

O legado do rugby do Yawata Steel foi profundo para o desenvolvimento da bola oval na região, que se tornou uma das mais fortes no rugby de colégios do país, com diversas instituições com destacado fomento ao rugby. Mas também outras empresas baseadas na região apoiaram desde cedo o esporte. Em 1966 a Coca-Cola criou sua equipe em Kitakyushu, movendo-a depois para Fukuoka. Mais antiga, criada em 1951, é a equipe da Kyushu Electric Power (atual Kyuden), sendo esses dois dos mais importantes times da região.

Porém, o time mais hoje é mais jovem: o Sanix Blues, fundado em 1994 pela empresa de soluções ambientais de mesmo nome e baseado em Munakata (subúrbio de Fukuoka). A Sanix criou em 2000 o Sanix World Rugby Youth Invitational Tournament, o mais famoso festival internacional de rugby juvenil sediado anualmente no Japão, que já recebeu times juvenis de mais de 20 países.