Atual campeã, França vai a mais uma final. Foto: Leo Galletto/World Rugby

ARTIGO COM VÍDEOS – O Campeonato Mundial M20 de 2019 terá uma final inédita: Austrália contra França – para encher de esperanças o torcedor desses países, que não vem rendendo no adulto.

A Austrália eliminou a anfitriã Argentina, enquanto a França bateu a África do Sul. Já na luta contra o rebaixamento (destinado ao último colocado), Itália e Geórgia se salvaram empurrando Escócia e Fiji para o jogo de vida ou morte.

Pura superação e força: Austrália bate Pumitas e vai à final

- Continua depois da publicidade -

A primeira semifinal foi uma batalha memorável entre a seleção da casa, a Argentina, que teve estádio lotado a seu favor, e a Austrália, sensação do torneio, que mostrou um poderio impressionante de recuperação.

O jogo começou com troca de penais e um amarelo contra a Austrália, para o scrum-half McDonald, que parecia logo ajudar os Pumitas. Porém, mesmo em desvantagem, foi a Austrália quem marcou o primeiro try, com o hooker Lonegan se infiltrando e servindo Wilson para o apoio. Depois, aos 36′, McDonald produziu o segundo try australiano e, antes da pausa, ele mesmo acabou punido de novo, recebendo cartão vermelho ao impedir try com tackle alto. Penal try e superioridade numérica que davam à Argentina a esperança de um grande segundo tempo.

Mas os argentinos não conseguiram virar o placar e ainda viram os Young Wallabies marcando o terceiro try com Lonergan implacável no contato. Os Pumitas perderam um try, anulado pelo TMO por pisão fora de campo, aos 49′, e logo viveram o inferno, com um contra-ataque mortal de Donaldson aos 54′, cravando o quarto try da Austrália. A Argentina pressionou depois de todas as formas, mas o contra ruck australiano foi brilhante, com uma sequência impressionante de turnovers que garantiram a vitória aussie por 34 x 13 – e com 14 homens por mais mais de 50 minutos.

Primeira final da Austrália no Mundial M20 desde 2010 – quando perdeu para a Nova Zelândia, curiosamente jogando na Argentina.

França soberana contra os Junior Boks

Na outra semifinal, a atual campeã do Mundial M20, a França, deixou para trás a derrota para os argentinos na primeira fase e despachou a então invicta África do Sul por 20 x 07, com muita solidez.

O jogo começou com Carbonel mostrando seu poderio de fogo com 2 penais – um do meio campo – para abrir 6 x 0 para os Bleuets. E o domínio inicial dos franceses no contato físico foi recompensado com try em maul aos 19′, finalizado por Jordan Joseph. Foi somente antes do intervalo que o maul sul-africano encaixou e Mbatha reduziu o placar para 14 x 07.

O placar seguiu totalmente em aberto, com uma verdadeira batalha física se desenvolvendo e decidida com Carbonel sendo perfeito nos minutos finais com 2 penais certeiros para a França, selando o triunfo em 20 x 07.

Segunda final seguida e segunda final na história do Mundial M20 para a França, que vai consolidando uma promissora geração.

Mundial para esquecer: Nova Zelândia perde para Gales e vai jogar pelo 7º lugar

Nas semifinais pelo 5º lugar, Gales festejou muito a sua segunda vitória na história contra a maior campeã mundial do M20, a Nova Zelândia, que fez um torneio para se esquecer. Logo no começo do duelo, Thomas-Wheeler cravou o try galês, aproveitando dois erros crassos dos Baby Blacks com a bola em mãos. E com 5 x 0 no marcador o jogo foi interrompido pela chuva. A pausa não ajudou a Nova Zelândia, que, apesar dos muitos erros, conseguiu virar o placar com try de Va’ai, mas cedeu um penal fatal para Cai Evans decretar o 8 x 7 para os jovens Dragões.

E no outro duelo, a Inglaterra celebrou vitória sobre a Irlanda, campeã do Six Nations M20 de 2019, por 30 x 23, em um jogo maluco, que teve os ingleses abrindo 23 x 09 e cedendo o empate com incríveis 3 tries entre os 69′ e os 72′. Mas mesmo com um atleta a menos por amarelo os ingleses chegaram ao try da vitória com o tempo esgotando, com Willis.


Geórgia e Itália se salvam e empurram Escócia e Fiji o tudo ou nada

Nos jogos contra o rebaixamento, Geórgia e Itália garantiram a permanência na elite M20 com vitórias nas semifinais pelo 9º lugar.

Os italianos brilharam contra a Escócia, em um triunfo de 26 x 19 impressionante, chegando a abrir 26 x 07, antes de uma tardia reação escocesa. A Escócia largou na frente com try de Ashman, mas a Itália mostrou uma linha inspirada que produziu duas pinturas de tries, com Trulla e Mastandrea (recebendo belo chute do abertura Garbisi). E antes do intervalo o scrum italiano atropelou e Mazza cravou o terceiro try. Depois da pausa, o golpe final foi o try aos 61′ de Garbisi, em magnífica corrida de meio campo. A Escócia ainda fez 2 tries, mas não conseguiu mudar seu destino.

Já os georgianos venceram Fiji em jogo de arrepiar debaixo de chuva, vencendo de virada Fiji por 12 x 08. Momo marcou o único try do primeiro tempo para Fiji logo no começo, abrindo 5 x 0. Antes do intervalo, Fiji desperdiçou try feito, por knock-on, mas ampliou com penal após a pausa, mas a reação da Geórgia saiu aos 61′ com Iashagashvil, logo após Fiji perder um atleta por amarelo. O jogo se abriu, a Geórgia se safou por um triz do segundo try fijiano e, já com o tempo esgotado, os jovens Lelos cravaram o try da vitória com Karkadze

Escócia e Fiji jogarão a decisão do 11º lugar e o perdedor será rebaixado ao Troféu Mundial M20 (a 2ª divisão) de 2020.


World Rugby U20 Championship – Campeonato Mundial M20 – Argentina 2019

*Horários de Brasília

Segunda-feira, dia 17 de junho

10h30 – Semifinal pelo 5º lugar: Nova Zelândia 07 x 08 Gales, em Rosario (Old Resian)

10h30 – Semifinal pelo 9º lugar: Escócia 19 x 26 Itália, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Semifinal pelo 9º lugar: Geórgia 12 x 08 Fiji, em Rosario (Old Resian)

13h00 – Semifinal pelo 1º lugar: Argentina 13 x 34 Austrália, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Semifinal pelo 5º lugar: Irlanda 23 x 30 Inglaterra, em Rosario (Old Resian)

15h30 – Semifinal pelo 1º lugar: África do Sul 07 x 20 França, em Rosario (Jockey Club)

 

Finais – Sábado, dia 22 de junho

10h30 – Decisão de 11º lugar: Escócia x Fiji, em Rosario (Old Resian)

10h30 – Decisão de 5º lugar: Gales x Inglaterra, em Rosario (Jockey Club)

13h00 – Decisão de 9º lugar: Itália x Geórgia, em Rosario (Old Resian)

13h00 – Decisão de 3º lugar: Argentina x África do Sul, em Rosario (Jockey Club)

15h30 – Decisão de 7º lugar: Nova Zelândia x Irlanda, em Rosario (Old Resian)

15h30 – FINAL: Austrália x França, em Rosario (Jockey Club)