Foto: Mike Lee - World Rugby

ARTIGO COM VÍDEO – O Canada Sevens, a penúltima etapa da Série Mundial de Sevens Feminina, rolou em Langford, no Canadá, com a seleção brasileira participando na condição de convidada entre as melhores do mundo – e se preparando para ser uma equipe fixa da elite mundial na temporada 2019-20.

Clique aqui para ver como foi o primeiro dia de jogos.

Yaras caem contra Fiji e Irlanda

O Brasil entrou em campo no domingo pelo Challenge Trophy, a disputa pelo 9º lugar. Na semifinal, as Yaras acabaram derrotadas por 32 x 14 por Fiji. A artilheira Savu foi implacável contra o Brasil, marcando o primeiro try logo na primeira bola. O Brasil respondeu com Bianca disparando para seu 4º try no torneio, mas Savu estava implacável, cravando outros 2 tries para Fiji, que detinha o controle da bola e achava os espaços pela defesa brasileira. E no segundo tempo, com o tackle brasileiro mostrando dificuldades, as fijianas voaram baixo para mais 4 tries. Mulan ainda deu um brilho para as Yaras com seu primeiro try em Série Mundial de Sevens. 32 x 14, números finais.

- Continua depois da publicidade -

Já na decisão de 11º lugar o Brasil caiu contra a Irlanda por 43 x 07. As irlandesas dominaram o jogo, com o Brasil já cansado, marcando os 3 primeiros tries da partida. Marcelle, do Guanabara, respondeu antes do intervalo com longa corrida para o try das Yaras, seu primeiro em Série Mundial, mas as verdes controlaram por completo o segundo tempo, fazendo mais 4 tries. Murphy Crowe novamente brilhou contra o Brasil e fez 3 tries no jogo.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

@brasilrugby are playing some serious rugby at the #Canada7s

Uma publicação compartilhada por World Rugby Sevens (@worldrugby7s) em


Yaras: Aline Mayumi “Yu” Bednarski (SPAC), Aline Furtado (USP), Beatriz “Baby” Futuro (Niterói), Bianca Silva (Leoas), Franciele Martins (Melina), Haline Scatrut (Melina), Luiza Campos (Charrua), Marcelle de Souza (Guanabara), Mariana Nicolau (São José), Milena “Mille” Mariano (São José), Raquel Kochhann (Charrua) e Thalia “Mulan” Costa (Delta);

 

HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens Feminina – 5ª etapa, em Langford/Victoria, Canadá

*Horários de Brasília

Domingo, dia 12 de maio

13h18 – Quartas de final – Nova Zelândia 17 x 07 Espanha

13h40 – Quartas de final – Estados Unidos 12 x 07 Canadá

14h02 – Quartas de final – Inglaterra 12 x 26 França

14h24 – Quartas de final – Austrália 31 x 12 Rússia

14h46 – Semifinal Challenge Trophy – Irlanda 12 x 19 China

15h08 – Semifinal Challenge Trophy – Fiji 32 x 14 Brasil

 

16h24 – Semifinal 5º lugar – Espanha 00 x 31 Canadá

16h46 – Semifinal 5º lugar – Inglaterra 29 x 17 Rússia

17h08 – Semifinal Ouro – Nova Zelândia 26 x 12 Estados Unidos

17h30 – Semifinal Ouro – França 19 x 26 Austrália

17h52 – Decisão de 11º lugar – Irlanda 43 x 07 Brasil

18h14 – Final do Challenge Trophy (9º lugar) – China 19 x 26 Fiji

 

19h08 – Decisão de 7º lugar – Espanha 07 x 24 Rússia

19h30 – Decisão de 5º lugar – Canadá 31 x 07 Inglaterra

19h52 – Decisão de Bronze (3º lugar) – Estados Unidos 26 x 05 França

20h18 – FINAL – Decisão de Ouro (1º lugar) – Nova Zelândia 21 x 17 Austrália

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6
Nova Zelândia922020201220
EUA801814161616
Canadá781618122012
Austrália741216181018
França60148101414
Inglaterra4761031810
Rússia42812868
Irlanda401061482
Espanha2243636
Fiji1732444
China1324223
- Pontuação: 1º lugar, 20 pontos / 2º, 18 pts / 3º, 16 pts / 4º, 14 pts / 5º, 12 pts / 6º, 10 pts / 7º, 8 pts / 8º, 6 pts / 9º, 4 pts / 10º, 3 pts / 11º, 2 pts / 12º, 1 pt;

1º a 4º lugares = Classificação aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020;
11º lugar =Rebaixamento

Obs: tabela com somente as equipes fixas