CBRu faz campanha para seleção de jovens talentos

A Confederação Brasileira de Rugby (CBRu) lança em outubro um programa para detecção de jovens talentos. A campanha, que visa recrutar preferencialmente atletas de 15 a 17 anos de diversas regiões do país, terá inicialmente três sedes principais, localizadas em São Paulo, São José dos Campos e Florianópolis. Além da possibilidade de tornar-se um futuro atleta, a iniciativa oferecerá aos participantes benefícios tais quais bolsa de estudos em colégio particular, moradia e alimentação, acompanhamento médico, nutricionista, psicólogo, fisioterapia e orientação técnica.

 

Os estados que terão clínicas para seleção de candidatos são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A cidade gaúcha de Santa Maria já tem uma data de seleção dos aspirantes à vaga no projeto, que terá avaliação na Universidade Federal no dia 16 de outubro, das 13h às 17h, enquanto Santa Catarina terá um evento no dia 23 do mesmo mês, em Lages, na UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina), também das 13 às 17h. Ao todo serão selecionados 90 atletas que tenham nascido nos anos 1999, 2000 ou 2001, em uma média de 15 vagas por estado. Todos os atletas recrutados irão começar a treinar no início de 2017.

 

Com autorização dos pais ou responsáveis, os interessados deverão se inscrever pelo site www.brasilrugby.com.br/recrutamento e enviar informações de peso, altura dele e dos pais biológicos, escolaridade e prática em outros esportes. Não é necessário que esses jovens tenham experiência com o rugby, uma vez que durante as seletivas serão testadas as habilidades dos candidatos com o esporte.

 

A CBRu irá oferecer uma bolsa de estudos em colégio particular, moradia com tutor responsável, equipe de nutricionista, avaliação médica, equipe técnica, fisioterapia e acompanhamento diário nas academias de alto rendimento. Os atletas que ainda continuarem no processo seletivo até a idade adulta poderão ser contemplados com bolsa de graduação em faculdade particular.

Comentários