CBRu suspende atleta do São José

Zelando pelo espírito e valores do Rugby, bem como pela integridade física dos atletas e jogadores, a Confederação Brasileira de Rugby informa a suspensão Liminar do atleta Mariano Rolando Paez do São José Rugby acusado de cometer agressão contra um jogador do time adversário durante os jogos de semifinais do Campeonato Brasileiro Masculino de Rugby (Super 8), disputada no dia 24 de outubro de 2015, no Estádio do Ibirapuera, entre São José e SPAC.

 

Conforme decisão da Comissão Disciplinar,  o atleta em questão está suspenso de participar de qualquer competição até que seja julgado o mérito definitivo do caso.

 

Para mais informações, confira o processo na íntegra abaixo:

 

Processo N°: CDR-0021/2015

Após denúncia de parte interessada, formalmente recebida por esta comissão disciplinar, relatando uma suposta agressão ocorrida na partida entre o São José Rugby e o São Paulo Athletic Club, pelas semifinais do Campeonato Brasileiro Masculino de Rugby (Super 8), disputada no dia 24 de outubro de 2015, no Estádio do Ibirapuera, efetuou-se abertura do presente procedimento disciplinar para apuração dos fatos e, eventualmente, adoção de medidas disciplinares, após análise por este órgão.

 

Em análise do vídeo da partida, disponibilizado pela Confederação Brasileira de Rugby (“CBRu”) na plataforma digital do “Youtube”, identificou-se no minuto 12:12, durante o Set-Scrum a intenção deliberada do atleta Mariano Rolando Paez, do São José Rugby, de atingir socos em seus adversários, conduta esta passível de repressão e punição, diante do que preconiza o Código Brasileiro de Justiça Desportiva do Rugby (“CBJDRu”).

 

Neste sentido, visando a manutenção do espirito do Rugby, bem como a integridade física dos atletas envolvidos na partida, sempre no intuito de evitar futuras ações de jogo perigoso e má conduta, informamos da suspensão LIMINAR, com efeitos imediatos, do Atleta Mariano Rolando Paez, de qualquer competição a ser disputada pelo atleta, até que seja julgado o mérito definitivo do caso em tela, com supedâneo nos artigos 190, inciso V, e Artigo 33, caput.

 

Atenciosamente,

Comissão Disciplinar da CBRu.

Outubro, 28 de 2015.

Comentários