Desterro vence Niterói e segue invicto e na liderança do Super 8

A equipe do Desterro não tomou conhecimento do Niterói e fez uma partida impecável contra os donos da casa na tarde de sábado: 47 x 13, mantendo tanto sua invencibilidade como sua liderança no Super 8, o Campeonato Brasileiro.

 

O  Niterói entrou em campo na UFF desmantelado, sem dois jogadores chave na linha, devido às expulsões na partida anterior contra o Pasteur. Em um jogo de ataque contra defesa, o Desterro ditou o ritmo de jogo e dominou todas as jogadas fixas, além de mostrar um jogo de mão irresistível, digna de uma equipe campeã. Única invicta da competição e disposta a manter assim quanto tempo for possível, não houve brechas nem oportunidades para falhas defensivas em toda a partida.

 
 
banner padrim
 
 

O primeiro tempo foi avassalador dos catarinenses, que impuseram seu jogo desde o começo, abrindo 20 x 0 no marcador, com tries de Brunão, Rodox e Wacko. Antes do intervalo, Erick chutou penal para os donos da casa, descontando. Mas, na segunda etapa, os visitantes seguiram com seu ritmo intenso anotando mais dois tries de Nativo, contra apenas mais um penal de Erick para o Nikity. Os anfitriões puderam descontar com Cheddar cruzando o in-goal para o try rubronegro de honra, mas os rubroverdes ainda tinham sede por mais e cravaram outros três tries antes do fim, com Wacko cravando mais duas vezes e completando seu “hat-trick” e com Grampola fazendo o seu.

Veja as fotos da partida, por Luís Cláudio Amaral


 

Na próxima rodada, no dia 10, o Niterói viaja ao Rio Grande do Sul para encarar o Farrapos, em jogo crucial para os dois lados, enquanto o Desterro terá que defender sua liderança invicta em São Paulo diante do Pasteur.

 

Placar final: Niterói (03) 13 x 47 (20) Desterro

 

Niterói

Tries: Ricardo “Cheddar”

Conversões: Erick (1)

Penais: Erick (2)

 

Desterro

Tries: Marck “Wacko” Jackson (3), Daniel “Nativo” (2), Brunão, Rodox e Grampola

 Conv: Coghetto (2)

Penais: Coghetto (1)

 

Árbitro: Henrique Platais
Assistentes: Marcel Santos e Vinícius Guedes
4º Árbitro: Andressa Contreras

 

Clube Cidade (UF) P J V E D 4+ -7 PP PC SP
Desterro Florianópolis (SC) 62 14 13 0 1 10 0 437 198 239
Curitiba Curitiba (PR) 49 14 10 0 4 7 2 374 246 128
São José São José dos Campos (SP) 48 14 10 0 4 7 1 412 288 124
Farrapos Bento Gonçalves (RS) 33 14 6 0 8 4 5 329 287 42
Pasteur São Paulo (SP) 29 14 5 0 9 2 7 210 227 -17
SPAC São Paulo (SP) 23 14 5 0 9 2 1 230 437 -207
Niterói Niterói (RJ) 22 14 4 0 10 3 3 279 451 -172
Band Saracens São Paulo (SP) 21 14 3 0 11 3 6 300 437 -137

Vitória = 4 pontos;
Empate = 2 pontos;
Derrota = 0 pontos;
Fazer 4 ou mais tries = 1 pontos extra;
Derrota por 7 ou menos pontos de diferença = 1 ponto extra;

– Dois primeiros colocados = classificação à final

 

Escrito por: Vinícius Guedes

Foto: Luis Cláudio Amaral – clique aqui para mais

Comentários