Desterro peca em conversão e perde por pouco para o São José no Super 8

ARTIGO COM VÍDEO – Depois de uma breve folga no último fim de semana, as equipes do Super 8 voltaram a se enfrentar nesse sábado (10/10) na 13ª rodada. Em São José dos Campos, a equipe da casa recebeu os catarinenses do Desterro para uma partida decisiva aos visitantes, que buscam a classificação para as semifinais do Campeonato Brasileiro de Rugby XV. Porém, a animação da equipe do Sul logo sumiu com a acirrada partida e a derrota em 16 a 14 para os joseenses.

 

O jogo começou com o kick off dos visitantes, e a primeira surpresa não demorou a vir. Antes de completar o primeiro minuto de jogo, Tanque conseguiu escapar pela defesa e correr ao ingoal adversário, porém a difícil conversão não foi tão certeira. Cinco pontos à frente no placar e um ritmo sem igual, o São José impressionou até a torcida que acompanhava os lances cada vez mais duros da equipe. Mas a garra dos catarinenses ficou evidenciada em campo, com jogadas que buscavam a infiltração chutes que amedrontariam qualquer full back, fizeram a caminhada de Ige, já aos dez minutos, para dentro do ingoal, e ainda passaram a frente no placar após a conversão de Leandro de Sá que teve uma ajudinha dos postes.

 

O forte calor já fadigava as equipes, e era de se espantar tamanha troca de pancadas, ecoadas pelo grito de cada torcedor presente, todavia os mandantes do jogo souberam demonstrar o porquê da primeira colocação no campeonato ao anotar mais um try, desta vez com Benedito Filho, novamente não convertido. Além disso, algumas tentativas de conversão e Drop Goal do chutador joseense, Moisés Duque, impuseram certo receio na equipe visitante, mas com todos passando pela lateral foi complicada a situação da equipe da casa ao ver novamente Ige, nos minutos finais do primeiro tempo, anotar outro try para o Desterro e encerrar a primeira etapa em 14 a 10 depois da conversão.

 

O segundo tempo não foi diferente do primeiro, ao menos na vontade, visto os olhares bufantes de cada atleta, porém as surpresas passaram a se manter contidas no meio de campo e vez em outra algumas escapadas assustavam, mas ambas as defesas, impecáveis, não permitiam avanço algum além do já conquistado. Diferindo da primeira etapa também, o posto de chutador do São José trocou de irmão, do Moisés para o Lucas Duque, e a troca foi certeira para a equipe que pode acompanhar o placar virar novamente na base das conversões, duas delas garantidas.

 

Todas as energias já depositadas durante o jogo fizeram com que até a velocidade diminuísse, mas a garra era imprescindível para a vitória, algo trabalhado até o último instante pelos atletas do Sul, principalmente pela necessidade da vitória. Final perfeito, na teoria, para os catarinenses, que conseguiram ter um penal distante, mas de frente para os postes. Todos estavam ansiosos pelo chute que poderia mudar tudo, até a torcida joseense que procurou atrapalhar o chutador com gritos e assobios demonstrou o receio da derrota, contudo, assim que o chute ocorreu e a bola se encaminhou distante da possibilidade de conversão a torcida e a equipe da casa puderam relaxar pela vitória sofrida em 16 a 14.

 

Placar final: São José 16 X 14 Desterro

São José

Tries: Lucas Duque e Benedito Filho.

Penais: Lucas Duque(2)

 

Desterro

Tries: João Luiz da Ros(2)

Conversões: Leandro de Sá(2)

EquipeCidade (Estado)PJVED4+-7PPPCSP
São JoséSão José dos Campos (SP)481410044431022783
Band SaracensSão Paulo (SP)4714100434311199112
CuritibaCuritiba (PR)421490533341214127
SPACSão Paulo (SP)401480653322213109
PasteurSão Paulo (SP)311460834232267-35
DesterroFlorianópolis (SC)30146083328427410
FarraposBento Gonçalves (RS)221450911236356-120
JacareíJacareí (SP)1214201222207493-286

 

Comentários