Desterro perde invencibilidade contra Pasteur

ARTIGO COM VÍDEO – A chuva não deu trégua a São Paulo na sexta e no sábado. E o resultado foi uma Arena Paulista de Rugby encharcada, que impossibilitou a realização do primeiro jogo, entre Band Saracens e SPAC, marcado para as 13h00. Os esforços foram feitos e o segundo jogo acabou por ser realizado, entre Pasteur e Desterro, ainda que as condições não fossem as ideais. A dificuldade do terreno impôs aos times um jogo muito físico, do qual o Pasteur emergiu vitorioso por um placar perfeito: 25 x 13, garantindo seu bônus ofensivo e impondo aos catarinenses o fim de sua invencibilidade. Com a vitória, o Pasteur encostou na briga pela classificação, se recuperando da dura derrota sofrida em casa diante do São José no sábado anterior.

 

O Pasteur abriu o marcador aos 12′, com try do asa argentino Ariel, quebrando a forte defesa rubroverde, que sofreu um revés pouco depois, com lesão de Ige, saindo de campo. Ainda assim, o Desterro seguiu mantendo o jogo equilibrado e arrancou dois penais em sequência, para Panta colocar os visitantes colados no placar, 7 x 6. Antes do intervalo, no entanto, os Galos acharam o espaço e Lipe, em grande forma, encontrou o segundo try do Pasteur, levando a partida ao segundo tempo em 12 x 6 para os donos da casa.

 

E após o intervalo o PAC cresceu, com Maihara acelerando o jogo e a linha azul funcionando. Logo aos 46′, Ronaldo cruzou novamente o in-goal catarinense, abrindo preciosa vantagem para o Pasteur, 17 x 6. A reação do Desterro foi ensaiada e, aos 27′, o capitão Nativo guardou o primeiro try dos visitantes no jogo. Porém Maihara jogou água fria nos rubroverdes e ampliou o marcador com penal certeiro para os Galos. O Desterro sentiu e, aos 75′, Diegão protagonizou o lance do jogo, quebrando uma série de tackles em arrancada e parando apenas no in-goal visitante para anotar o try do ponto-bônus e da vitória paulista. 25 x 13, e muito a se comemorar do lado do Pasteur.

 

O homem do jogo do lado vencedor foi Thiago Maihara. O Pasteur volta a campo no dia 1º de agosto, novamente no Tatuapé, contra o Band Saracens, em dérbi paulistano. O Desterro, por sua vez, joga fora de casa contra o Curitiba, em clássico do Sul.

 

Quer conferir fotos exclusivas da partida? Clique acesso o álbum de Ale da Costa.

 

Placar final – Pasteur 25 X 13 Desterro

 

Pasteur

Tries: Ariel, Lipe, Ronaldo e Diegão

Conversões: Di Pilla (2)

Penais: Maihara

 

Desterro

Try: Nativo

Conversão: Panta (1)

Penais: Panta (2)

 

Árbitro: Ricardo Sant’anna

Auxiliares de linha: Guillaume Riberá e Rafael Nichioka

4º árbitro: Luciano Sampaio

Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP

 

 

Equipe Cidade (Estado) P J V E D 4+ -7 PP PC SP
São José São José dos Campos (SP) 48 14 10 0 4 4 4 310 227 83
Band Saracens São Paulo (SP) 47 14 10 0 4 3 4 311 199 112
Curitiba Curitiba (PR) 42 14 9 0 5 3 3 341 214 127
SPAC São Paulo (SP) 40 14 8 0 6 5 3 322 213 109
Pasteur São Paulo (SP) 31 14 6 0 8 3 4 232 267 -35
Desterro Florianópolis (SC) 30 14 6 0 8 3 3 284 274 10
Farrapos Bento Gonçalves (RS) 22 14 5 0 9 1 1 236 356 -120
Jacareí Jacareí (SP) 12 14 2 0 12 2 2 207 493 -286

Comentários