Desterro vence Jacareí e segue na luta pela classificação

Sábado de sol em Florianópolis e um lindo dia para jogar rugby, Desterro e Jacareí se enfrentaram no campo da associação Cruz de Malta, no Rio Tavares(SC). Em situações distintas no campeonato, os times precisavam muito da vitória, a equipe da casa para seguir na briga pela classificação e os paulistas lutando para sair da última posição na tabela. Mesmo assim, a vitória sorriu aos catarinenses que dominaram o jogo do início ao fim, e cravaram o placar de 49 a 11 diante dos jacarés.

 

O jogo começou e o Desterro logo impôs seu pack de forwards, sempre muito forte, que com 3 minutos de jogo, tiveram a primeira chance de pontuar com um penal que Panta não desperdiçou. O Jacareí defendeu bravamente e resistiu boa parte das investidas catarinenses, mas aos 13 minutos, após um lineout dentro das 22 de ataque com um maul bem conduzido, surgiu o primeiro try catarinense da partida, porém não convertido. O Desterro seguiu pressionando e 5 minutos depois conseguiu mais um try, dessa vez com Daniel “Nativo” após um pick and goal, desta vez convertido por Panta.

O time da casa seguiu dominante e pressionou o Jacareí, que muito valente, tentou se defender de todas as formas, evitando as jogadas rápidas pela linha, porém não conseguiu parar os forwards adversários, que com um scrum na linha das 5, conquistou um belo push over try, que não foi convertido e encerrou o primeiro tempo em 20 a 0 para o Desterro.

 

O segundo tempo começou com os jacarés buscando jogo, pois logo no inicio anotaram dois penais, um aos 3 e outro aos 5 minutos, o que demonstrava uma reação que foi freada com a retomada catarinense ao também garantirem seu penal aos 8 minutos. Nesse momento, o jogo se mostrou bem equilibrado e os paulistas conseguiram abafar o ímpeto do time da casa, porém, Gabriel Bolzan recebeu cartão amarelo, deixando o time em desvantagem numérica. O Desterro não demorou a se aproveitar, e logo após um bom lineout, o ataque da linha funcionou com mais um try convertido.

 

Aos 30 minutos, o segunda linha da equipe de Santa Catarina recebeu o cartão amarelo, com isso, as equipes estavam igualadas no número de jogadores, todavia o Desterro chegou novamente ao try, novamente convertido por Panta. No chute de reinicio, a agilidade do abertura do Desterro prevaleceu, que roubou a bola e passou para Dan, que disparou e pela extensão do campo de ataque até o ingoal, try convertido para aumentar a vantagem.

 

Até mesmo distante alguns pontos no placar, o Jacareí trabalhou o ataque e se lançou em busca do try de honra, e a conquista veio com “Mathias”, após o Jacareí ganhar um line out em seu campo de ataque e avançar até ao ingoal, para o primeiro try dos Jacaré, mas não convertido. Já no final do jogo, o Desterro recuperou uma bola em seu campo de defesa, próximo a lateral, e avançou com seus backs rapidamente, para marcarem mais um try que encerrou o jogo em 49 a 11.

 

O Desterro aproveitou seu mando de campo e alcançou a vitória com ponto bônus, voltou a quarta colocação e enfrenta na próxima rodada o SP Band Sarracens, em São Paulo. Ambas as equipes continuam na briga para chegar as semi finais.

O Jacareí recebe o SPAC e está em uma situação muito delicada, na última colocação a 10 pontos do sétimo colocado, porém mostra todo seu potencial com um time jovem e muito promissor.

 

Texto por: Mário Zerbetto

Foto: CBRu/FotoJump

 

Equipe Cidade (Estado) P J V E D 4+ -7 PP PC SP
São José São José dos Campos (SP) 48 14 10 0 4 4 4 310 227 83
Band Saracens São Paulo (SP) 47 14 10 0 4 3 4 311 199 112
Curitiba Curitiba (PR) 42 14 9 0 5 3 3 341 214 127
SPAC São Paulo (SP) 40 14 8 0 6 5 3 322 213 109
Pasteur São Paulo (SP) 31 14 6 0 8 3 4 232 267 -35
Desterro Florianópolis (SC) 30 14 6 0 8 3 3 284 274 10
Farrapos Bento Gonçalves (RS) 22 14 5 0 9 1 1 236 356 -120
Jacareí Jacareí (SP) 12 14 2 0 12 2 2 207 493 -286

 

Placar Final : Jacareí 49 X 11 Desterro

 

Desterro

tries: Alejo, Nativo(2), Bruno, Lucas Muller, Dan, Cesco

conversões: Panta(4)

Penais: Panta(2)

 

Jacareí:

try:Mathias

Penais: Cruz(2)

 

Comentários