Dois empates marcam a abertura do Paulista A

Na abertura do Paulista 2016, enquanto São José

e Pasteur triunfavam sobre Poli e URA, as outras duas partidas da jornada acabavam em empate.

 

No único clássico da capital da rodada, o Rio Branco recebeu o Band Saracens, e depois de sair atrás no marcador, conseguiu a virada e quase anotou sua primeira vitória sobre os banderantinos desde 2012, mas os visitantes empataram com um try no final do jogo, frustrando os Pelicanos. 22 x 22 foi o marcador no campo da Academia da Polícia do Barro Branco, na região do Tucuruvi, na zona norte.

 

O Band começou com tudo a partida, com o asa Gabriel Paganini anotou os dois primeiros tries da equipe, aos 6′ e aos 23′. Mas, antes do intervalo, o Rio Branco reagiu, com o ponta Daniel Lima, da seleção juvenil, caindo no in-goal para reduzir a 12 x 5 a desvantagem dos mandantes. A reação seguiu no segundo tempo, com o mesmo Danel Lima chutando 2 penais em sequência que deixaram o marcador em apenas 12 x 11 para o Band, que sofreram dois amarelos seguidos, para Bruno Rossi e Yuri Horalek, os dois segundas linhas. Marton deu um respiro para os visitantes arrancando o terceiro try para o Band, aos 62′, mesmo com um a menos, mas Daniel, com o pé calibrado, devolveu com penal para os Pelicanos na sequência. O suspense seguiu e, aos 33′, o Felipe Luques anotou mais um try para o Rio Branco, que virava o placar, mesmo sem a conversão. Pouco depois, Daniel ainda chutaria mais um penal para os anfitriões, pondo os Pelicanos 5 pontos em vantagem nos instantes finais. Mas, o final de tirar o fôlego premiou o torcedor que foi ao Tucuruvi, com Marton rompendo para o quarto try do Band Saracens, empatando a partida já com o tempo esgotado e garantindo o bônus defensivo. Vitória? Não. A conversão não entrou e o empate foi decretado em 22 x 22, com sabor estranho para os dois lados.

 
Entre todos os times que empataram na abertura, o Band Saracens se saiu melhor, arrancando 3 pontos na classificação.
 

Rio Branco 22 X 22 Band Saracens

Rio Branco

Tries: Daniel Lima e Felipe Luques

Penais: Daniel Lima (4)

 

Band Saracens

Tries: Paganini (2) e Marton (2)

Conversões: Raucci (1)

 

Tudo igual no Vale

Em Jacareí, o time da casa travou mais um duelo parelho contra o SPAC, mas não conseguiu repetir a vitória de 2015 sobre o tradicional clube da capital, e a partida também terminou empatada.

 

Quem largou na frente foi o SPAC, com penal batido por Rafael Spago logo no começo da disputa. Mas, o Jacareí foi melhor na primeira metade, com o asa Rafael Goes (enquanto o SPAC jogava com 14) e o fullback Hélder Silva fazendo dois tries que colocaram os mandantes na frente, 12 x 3. E o segundo tempo começou perfeito para o Jacareí, que se aproveitou de mais um amarelo para os paulistano o fim do primeiro tempo e, logo aos 41′, o centro Felipe Conceição cruzando o in-goal para o terceiro try. Mas, logo veio a reação avassaladora do SPAC, com a sorte se invertendo e o Jacareí tendo que jogar com 14, com amarelo para o mesmo Felipe Conceição. Lucas Correia, Lucas Tranquez e Rafael Spago correram para 3 tries para os visitantes, virando o marcador para 20 x 17. Contudo, as duas conversões perdidas pelo SPAC cobraram seu preço no fim e o terceiro cartão amarelo dos ingleses, aos 34′, foi fatal. No minuto final, o Jacareí arrancou seu penal salvador e Lucas Ceccarelli não desperdiçou, decretando o empate em 20 x 20.

 

No próximo sábado, o SPAC visitará o Rio Branco, enquanto o Jacareí pegará fora de casa o Band Saracens.

 

Jacareí 20 x 20 SPAC

Jacareí

Tries: Rafael Goes, Hélder Silva e Felipe Conceição

Conversões: Leonardo Ceccarelli (1)

Penais: Leonardo Ceccarelli (1)

 

SPAC

Tries: Lucas Correia, Lucas Tranquez e Rafael Spago

Conversões: Rafael Spago (1)

Penais: Rafael Spago (1)

 

Clube Cidade P J V E D 4+ 7- PP PC SP T
São José São José dos Campos 33 7 7 0 0 5 0 252 42 210 30
Jacareí Jacareí 26 7 5 1 1 4 0 200 127 73 24
Pasteur São Paulo 25 7 5 0 2 4 1 200 115 85 25
SPAC São Paulo 20 7 4 1 2 2 0 166 141 25 20
Band Saracens São Paulo 12 7 2 1 4 2 0 118 192 -74 15
Rio Branco São Paulo 7 7 1 1 5 1 0 122 246 -124 12
Poli São Paulo 6 7 1 0 6 2 0 156 233 -77 15
União Rugby Alphaville Barueri/Santana do Parnaíba 6 7 1 0 6 1 1 123 247 -124 8

 

Foto: Adriano Matos

Comentários