Em tarde de sol escaldante, San Diego vence clássico “SanCha”

Na tarde desse sábado, 08 de agosto, o San Diego conseguiu a sua primeira vitória no ano diante do rival Charrua, 12 a 0, e, com três vitórias em três partidas, é o líder do grupo C da Taça Tupi.

 

O sol estava escaldante e a temperatura altíssima, clima atípico para essa época do ano, o que pegou as duas equipes de surpresa e tornou o jogo truncado e feio por conta do desgaste físico evidente logo no início. Com um mau desempenho nas formações fixas e com muita dificuldade na manutenção de bola das duas equipes, o que ocasionou muitos turnovers, a bola passou de uma equipe para a outra em uma alternância tremenda, mas, apesar de um jogo com pouco primor técnico, para as duas equipes não faltou vontade para sair de campo com a vitória, demonstrada, principalmente, nas defesas, que “tacklearam” com muita agressividade.

 

Sabendo da dificuldade que encontraria, o Charrua teve a sua primeira oportunidade de pontuar logo de cara, aos 3’00, em um penal cometido pela equipe visitante, e optou por chutar aos postes com o seu fullback, Filipe Aguiar “Cata”, mas o dia já dava sinais de que não seria bom para os donos da casa e o chute não entrou, mantendo o placar zerado. Por conta da alta temperatura, aos 20’00 o árbitro Murilo Bragoto pausou a partida para que todos se hidratassem e, naquele momento, tudo o que podia se ver eram penais dos dois lados por não soltar a bola nos rucks, laterais ruins dos visitantes e maus scrums da equipe mandante.

 

Após a pausa para hidratação o panorama não se alterou e as duas equipes seguiram tentando impor o seu jogo, sem sucesso, porque poucas fases depois de conseguir a bola, perdiam-na, tanto por erros no manejo, como por penais em tentativas de pescadas dos adversários, mas, aos 27’00, o San Diego encontrou um espaço na defesa Charrua e o asa fechado, Renato Mollerke, que passava em velocidade, recebeu um offload e correu para fazer os primeiros pontos da partida com um try, convertido pelo scrum-half Arthur Goulart. Após o try nada mudou e o primeiro tempo se encerrou em 7 a 0 para a equipe verde e preto.

 

Após o intervalo, ambas as equipes voltaram melhores, conseguindo trabalhar um pouco mais os seus sistemas de jogo e mantendo um pouco mais a posse de bola, mas, novamente, o calor prejudicava e os jogadores, cansados, seguiam cometendo penais bobos. Dessa maneira, no primeiro minuto do segundo tempo, o Charrua teve nova oportunidade para abrir o seu marcador, dessa vez com o abertura Pedro Guimarães chutando um penal de frente aos postes, mas também não o convertendo. Aos 9’00, sentindo que as coisas não mudariam com as peças que estavam em campo, os treinadores dos dois clubes resolveram colocar os suplentes em campo, iniciando uma série de substituições que durou até os 18’00, o que acabou trazendo mais vitalidade e ânimo à partida e melhorou um pouco a qualidade do espetáculo. Aproveitando-se desse bom momento, aos 19’00, o oitavo do San Diego, Michael Lyford-Pike conseguiu outro try para os visitantes, dessa vez não convertido, ampliando o placar para 12 a 0. Daí em diante a indisciplina começou a aparecer e os ânimos afloraram, com o árbitro tendo que tirar um jogador de cada equipe por dez minutos por causa de um desentendido. Cinco minutos depois, aos 25’00, outro amarelo para um jogador do San Diego e quatro minutos depois, aos 29’00, mais um para outro jogador do Charrua, com cada equipe ficando com treze jogadores em campo por alguns minutos. No fim, aos 34’00, os visitantes tentaram ampliar o placar chutando aos paus em um penal, mas sem sucesso e, assim, dando números finais à partida, vencendo por 12 a 0 e assumindo a liderança do grupo no primeiro turno.

 

O Charrua enfrenta no dia 22 de agosto, pela quarta rodada, o BC Rugby, enquanto o San Diego encara o Serra, no dia 22.

 

Placar final: Charrua 00 x 12 San Diego

 

San Diego

Tries: Renato Mollerke e Michael Lyford-Pike

Conversões: Arthur Goulart (1)

 

Escrito por: Fellipe Aguilar

Foto: Tárlis Schneider/Fotojump

 

Clube Cidade (Estado) Pts J V E D 4+ 7- PP PC
Grupo A
Wallys Louveira (SP) 24 6 5 0 1 4 0 206 69
Rio Branco São Paulo (SP) 24 6 5 0 1 4 0 258 59
Maringá Hawks Maringá (PR) 11 6 2 0 4 3 0 159 251
Pé Vermelho Londrina (PR) 1 6 0 0 6 0 1 50 295
Grupo B
Niterói Niterói (RJ) 30 6 6 0 0 6 0 273 84
Poli São Paulo (SP) 21 6 4 0 2 4 1 194 118
BH Rugby Belo Horizonte (MG) 11 6 2 0 4 3 0 142 203
Guanabara Rio de Janeiro (RJ) 0 6 0 0 6 0 0 47 251
Grupo C
San Diego Porto Alegre (RS) 28 6 6 0 0 4 0 218 47
Serra Caxias do Sul (RS) 17 6 3 0 3 3 2 157 137
Charrua Porto Alegre (RS) 15 6 3 0 3 2 1 170 93
BC Rugby Balneário Camboriú (SC) 0 6 0 0 6 0 0 56 324

Comentários