O sábado foi quente no Rio Grande do Sul, com as semifinais do Gaúcho monopolizando as atenções. Fazendo valer seus mandos de campo, os finalistas do ano passado, Farrapos e San Diego, voltarão a decidir o título estadual neste ano.

O Farrapos, invicto no estado desde 2009, não teve dificuldades para se impor sobre o SC Rugby, de Caxias do Sul, fazendo o maior placar do torneio: 114 x 03. E foi uma avalanche insaciável de tries de teve nada menos que o Farrapos cruzando o in-goal no primeiro tempo 12 vezes, com média de 1 try a cada 3 minutos e um placar parcial de 76 x 03. Gobatto e Mauri marcaram hat-tricks (3 tries) me menos de 40 minutos. O segundo tempo do dérbi da Serra foi mais cadenciado, mas ainda assim com 6 tries para o time de Bento Gonçalves, incluindo o quarto de Gobatto e um hat-trick de Bigode.

Já no clássico da capital, o “SanCha”, o jogo teve uma toada totalmente diferente. O San Diego foi o dono do primeiro tempo, abrindo afirmativos 21 x 00, com 3 tries, do fullback Dysiuta, do centro Gabriel Rangel e do ponta Cássio Coiro, em 40 minutos que os verdes mostraram muita qualidade com a bola em mãos e se aproveitaram de dois cartões amarelos recebidos pelo adversário. Mas o lema do Charrua, “Não tá morto quem peleia”, estava vivo e o time decano foi para cima no segundo tempo, conseguiu seu try com Júlio Groth, aos 58′, quando os verdes jogavam com um homem a menos, parecendo esboçar a reação. Porém, o Charrua parou na forte defesa do San Diego e somente quebrou a defesa do rival aos 77′, com o segunda linha Igor. Não houve mais tempo para a virada e o triunfo foi mais uma vez do San Diego, que vai assegurando vantagem sobre o Charrua nos últimos tempos.

A grande final ocorrerá no dia 17 de junho.

- Continua depois da publicidade -

 

Semifinais

114versus copiar03

Farrapos 114 x 03 SC Rugby

Local: Estádio da Montanha – Bento Gonçalves, RS

 

21versus copiar14charrua novo

San Diego 21 x 14 Charrua

 

Foto: San Diego x Charrua – Nathália Ely – Travinha Esportes

2 COMENTÁRIOS

  1. Farrapos está invicto no CGR desde 2009. Em 2015, pela Copa RS, com time alternativo, foi derrotado pelo Walkirians, na Montanha, por 8 a 5 (se não me falha a memória).
    Em relação ao placar de sábado, pelo que se fala, foi o recorde de pontuação de um time sobre outro na história do rugby gaúcho.