O Jacareí está de volta à primeira divisão do Campeonato Brasileiro! Nesse domingo, os Jacarés triunfaram em dura final da Taça Tupi contra a Poli, em um duelo paulista dramático decidido no detalhe, com a Poli vendendo caro a derrota. 14  12 no placar para o time do Vale, que contou com o apoio de sua vibrante torcida presente no Estádio Martins Pereira, na vizinha São José dos Campos, palco da decisão. Depois de um ano longe da elite, o Jacareí conquistou seu segundo título da segundona nacional.

 

A Poli começou mais forte a partida, dominando o jogo territorialmente nos minutos iniciais. O abertura Tate teve a primeira chance de pontuar pela Poli, mas o primeiro penal foi para fora. O placar foi inaugurado aos 10′, com a jogada de mãos da Poli fluindo como mandava seu plano de jogo e o segundo centro Santos finalizou na ponta o primeiro try da partida que, sem a conversão, deixou o placar em 5 x 0 para o time da capital paulista.

 

- Continua depois da publicidade -

Com seu pack muito forte, reforçado pelo segunda linha argentino Mariano Sambucetti, ex Pumas e Bristol, a Poli arrancou novo penal nas 22′ pouco depois, quando os dois times foram reduzidos a 14 homens por amarelos, mas apostou em sua forma na frente para tentar entrar no in-goal, chutando para a lateral. O Jacareí resistiu e levou o time amarelo ao erro.

 

A resposta dos Jacarés custou a sair, mas veio com Hélder desferindo um preciso drop goal aos 22′, colocando o Jacareí na cola no marcador, 3 x 5. A Poli respondeu quase chegando a seu segundo try, após uma sequência de fases que teve bola presa e um possível try anulado pela arbitragem. Tate ainda teve mais um penal para o time da USP, mas não foi feliz no arremate.

 

Em 5 x 3 o jogo foi ao intervalo e foi o time do Vale que voltou mais forte para o segundo tempo, mais ciente dos caminhos para encarar a Poli, que começara com tudo. Logo aos 48′, Bruninho chutou penal para o Jacareí, virando o placar para o delírio da torcida. Os politécnicos não sentiram o golpe e a partida seguiu equilibrada até o quarto final, quando Bruninho, novamente em penal, aumentou a frente dos Jacarés, aos 63′, depois que a Poli recebeu novo amarelo e os espaços apareceram.

 

O momento decisivo da partida veio 66′, com contra-golpe em velocidade fulminante do Jacareí, iniciado por Drudi e finalizado pelo asa Loirão, recebendo de Blade, que impôs 8 pontos de frente para os valeparaibanos. A reação politécnica aconteceu, com Feijoada cravando o try da esperança na ponta, com bela finta em situação de pouco espaço, aos 75′, mas faltou tempo para a virada. Números finais, Jacareí 14 x 12 Poli.

 

Com a derrota, a Poli espera a confirmação se enfrentará em Repescagem o Niterói, penúltimo colocado do Super 8, valendo um vaga na elite do ano que vem.

 

Taça Tupi – FINAL
Dia 30/10/2016 às 16h – Jacareí 14 X 12 Poli
Árbitro: Victor Hugo
Local: Estádio Martins Pereira – São José dos Campos, SP

 

Jacareí

Try: Rafael “Loirão” Goes

Penais: Héder Garcia (1) e Bruno Garcia (1)

Drop goal: Hélder Garcia (1)

 

Poli

Tries: Victor “Santos” Bellemo e Fernando “Feijoada” Agra

Conversões: Marcelo “Tate” Orefice (1)

 

Foto: João Neto / Fotojump