Maringá Hawks vence e está com um pé na próxima fase da Tupi

ARTIGO COM VÍDEO – Num belo sábado onde, após a trégua da chuva, abriu-se um sol fundamental para uma bonita partida de rugby, e o time do interior do Paraná superou com certa facilidade diante dos donos da casa em Blumenau.

 

A partida começou boa para o Blumenau que se impôs durante cinco minutos diante de uma nervosa Maringá e conseguiram abrir o resultado logo no inicio, diante de sucessivos erros da equipe maringaense para aliviar a pressão, uma bonita troca de passes até a ponta, try não convertido.

 

Mas a pressão ficou por aí. Logo após o try, os Falcões acordaram pro jogo e marcaram 4 tries no primeiro tempo enquanto o Blumenau anotou apenas um penal mais, e ficou por aí. Já no segundo tempo, os catarinenses não conseguiram acompanhar o ritmo maringaense e o domínio dos visitantes foi completo, prevalecendo a pouca, porém boa experiência da equipe e de algumas peças individuais que acabaram se sobressaindo para o placar elástico, porém vale ressaltar a aguerrida equipe catarinense que nunca abaixou a cabeça e foi leal o tempo inteiro, mostrando que o trabalho está sendo bem feito.

Fim do jogo, placar de 08 x 73 e um bom passo para a classificação dos paranaenses.

Após o jogo houve uma bela confraternização, com boa comida e troca de conversas e risadas entre ambas equipes e arbitragem, essa última que não teve muito trabalho graças ao jogo bastante tranquilo e leal o tempo todo.

O destaque fica para o centro maringaense, André Leonardo, conhecido como Abobrão, que anotou nada mais nada menos que 5 tries. O melhor da partida ficou por conta do novato em competições nacionais Thiago Okagawa, o Japonês, que anotou 2 bonitos tries pela ponta.

 

Placar final: Blumenau (08) 08 X 73 (20) Maringá 

 

Maringá

Tries: Andre Leonardo (5), Fernando Mazon (2), Thiago Okagawa (2), Rodrigo Ribeiro Moura, Gregory Somenzary, Luis Gustavo

Conversões: Fernando Mazon (3)  Lucas Vieira (2)

Penal: Lucas Vieira

 

Blumenau

Try: Lilo

Penal: Ruan

 

 

Artigo por Lucas Vieira

Foto: Gilberto Viegas/Fotojump

Comentários