Niterói garante crucial vitória em Indaiatuba

ARTIGO COM VÍDEO – Apesar de toda a chuva que caiu sobre Indaiatuba, a torcida não deixou de comparecer ao Moinho Bela Vista para assistir ao primeiro jogo do Tornados pela Taça Tupi diante do campeão fluminense Niterói.

 

A partida se iniciou com muita chuva, e assim seguiu por muito tempo. O jogo foi muito parelho nos primeiros 20 minutos com boas jogadas de lineout, boas formações scrum, e ataques de ambas as linhas. Foi o Niterói que abriu o placar em uma jogada pela ponta que deixou o número 11 Geudsy Martins sozinho para anotar o primeiro try da partida.

 

O jogo seguiu bom para os dois lados até que o nervosismo começar a pesar sobre a equipe da casa, que cometeu um penal, chance que o Niterói não desperdiçou anotando mais 3 pontos com David Grael. Logo em seguida, mais um penal e o time visitante não perdoou, abrindo 11 x 0. Quase no fim do primeiro tempo, o pilar do Niterói Felipe de Sá recebeu um cartão amarelo, mas , mesmo assim, o time fluminense ainda conseguiu fazer uma bela jogada pela mãos do fullback Daniel Gregg, que cravou o segundo try dos visitantes, convertido por David Grael.

 

A qualidade técnica e física era muito boa dos dois lados, fazendo valer o talento individual de alguns jogadores, o que levou o Niterói  a pontuar no primeiro tempo e abrir uma margem de vantagem grande sobre a equipe da casa, 18×0.

 

No segundo tempo, não demorou e a reação do time da casa veio. Com algumas substituições, o Tornados reagiu acreditando na virada. Logo após o reinício, um dos destaques do Tornados, Alexandre Cichon, o “Baskete”, após pressão a 5m, sem conversão. Porém, o Niterói  deu um duro golpe na reação dos mandantes, com mais um try, agora  com o centro Estrela.

 

Com seus forwards dominante, o time do interior paulista teve superioridade no scrum, enquanto a linha rubronegra se mostrava melhor. Após um erro de recepção de chute, o Tornados conseguiu anotar mais um try, com o numero 22 Ivao Tochizawa, convertido pelo abertura Sandro Ripabello, acirrando a disputa. O momento crucial veio aos 66′, com o segundo try de Daniel Gregg, convertido por David Grael, que impôs uma vantagem intransponível a favor do Niterói. Grael não desperdiçou nenhuma chance, se mostrando um chutador bem afiado somando ainda mais um penal logo na sequência.

 

Quase no fim da partida, após varias fases de seu pack, o Tornado conseguiu anotar mais um try, com seu pilar Bruno Maia “Presunto” convertido por Sandro Ripabello, apesar de toda a experiência de já ter disputado e vencida a série B do brasileiro, o nervosismo atrapalhou o time da casa, que acabou sucumbindo ao adversário pelo placar de 31 a 19, o tornados agora segue com os treinos para o jogo de volta que acontece nesse sábado dia 11.

 

Placar final: Tornados Indaiatuba 19 (00) x 31 (18) Niterói

 

Tornados

Tries: Baskete, Ivao e Presunto

Conversões: Sandro (2)

 

Niterói

Tries: Gregg (2), Geudsy e Estrela

Conversões: David Grael (1)

Penais: David Grael (3)

 

Escrito por: Luiz Guilherme Cunha

Foto: Luis Bueno/Fotojump

 

Comentários