Na tarde ensolarada de sábado, em partida válida para o acesso do Campeonato Mineiro, o Nova Lima Rugby Club conseguiu não apenas vencer, como aplicar um atropelo histórico, com direito a try relâmpago.

Jogando com muito respeito ao adversário, os Lions logo no chute inicial já saíram pontuando, try do oitavo Marco Túlio, aos 12 segundos de bola em campo. O Time do Vale do Aço, teve seu posicionamento tático decifrado pelo ataque novamente, o pack de fowards não acompanhava o volume e a variedade de jogadas do time da casa, e logo, visivelmente, o cansaço atingiu os visitantes.

Soberano do jogo, o Nova Lima terminou o primeiro tempo vencendo por 42 a 0. Xuxa, abertura dos Lions, tinha acertado todos os chutes de conversão dos 6 tries do time da casa.

No segundo tempo, o Vale do Aço, recheado de problemas em campo, ainda teve a saída do jogador André, lesionado, e na falta de reservas jogou com 14. Com o espaço livre, os pontas sobraram e o fullback pôde encostar. Quase todas as descidas do time da casa foram parar no ingoal.

- Continua depois da publicidade -

A vitória histórica do Nova Lima Rugby originou de jogadas bem trabalhadas. Um bom handling que confundiu a marcação em todos eles. Não houve ataque dos alviverdes durante toda a partida. Foram 12 tries no segundo período, destaque para a boa atuação do fullback, Élcio. O try mais belo da partida veio do incontestável “homem do jogo”, Xuxa driblou quase todo o time adversário pela ponta direita, e terminou apoiando bem no centro, ele mesmo converteu.

Final do jogo com o placar de três digitos, vitória por 124 a 0. O próximo desafio dos Lions de Nova Lima é o confronto no derby metropolitano contra o Inconfidência no dia 11 de abril.