O XV feminino evolui em São Paulo

Neste último sábado, dia 23, ocorreu mais um amistoso de Rugby XV feminino em São Paulo, com a participação das equipes do Tsunami, Rio Branco, Pasteur e Tatuapé.

 

A iniciativa surgiu da professora Adriana Moraes que, em parceria com o Tsunami e o Rio Branco, vem convidando vários times femininos para realizarem a vivência de jogar a modalidade. Tem dado tão certo que foi o terceiro evento amistoso de XV feminino organizado em um mês.  A demanda está sendo grande, muitas meninas têm procurado pela professora para saber onde é possível realizar os treinos e para quando estão marcados os próximos jogos.

 

Como o XV ainda é novidade no estado de São Paulo, há a feliz necessidade de maior integração e aprendizado entre as diferentes equipes. Para o jogo do último sábado as equipes tiveram que se unir para montar dois times, ficando: Tsunami com Rio branco e Tatuapé com Pasteur.

 

Os times estavam equilibrados, as meninas mostraram conhecimento das regras e estavam bem organizadas em campo. A arbitragem, bastante didática e paciente, feita pelo colega Vinícius Hideo, também ajudou.

 

Foi bonito de se ver tantas meninas unidas no sábado, vivenciando um jogo mais cadenciado, mais estratégico, mais participativo onde cada uma tinha um papel importante

 

“De início achei que não fosse gostar tanto, pois estou acostumada com o Rugby Sevens. Mas não podia estar mais errada! Estou realmente amando jogar XV tanto quanto o Sevens. No XV há mais interação entre as jogadoras do time e precisamos realmente ser uma família dentro de campo. A necessidade de jogar juntas e dar e receber apoio parece que fica ainda mais forte” (Gyslaynne, jogadora do Tsunami).

 

“Foram muito bons os jogos de sábado! É fantástico promover uma modalidade que todas joguem de uma forma mais participativa. Todas são fundamentais no XV. Na organização do ataque e da defesa, é preciso estar mais junto de sua amiga. De fato os valores são mais vivenciados” (Adriana Moraes).

 

Com um time formado por meninas da USP, esse foi o segundo amistoso de XV que o Tsunami participa. E se depender da equipe e da treinadora Adriana Moraes, que já se apaixonaram pela modalidade, ainda tem muitos treinos e amistosos pela frente.

 

Texto por: Nathalia Ruiz – Tsunami
Foto por: Tatuapé

 

 

Comentários