Pasteur vence dérbi paulistano contra o Band Saracens na largada do Super 8

A largada do Campeonato Brasileiro teve entre suas grandes atrações o clássico paulistano entre Band Saracens e Pasteur, que mediram forças no Clube de Campo do Palmeiras, no extremo sul da capital paulista, nesse sábado. O dia começou com chuva e quem soube lidar melhor com o gramado e a bola molhados foi o Pasteur, que garantiu a vitória por 14 x 8, sendo o único visitante que falou mais alto na primeira rodada.

 

No Campeonato Paulista, o confronto deste ano entre os dois times havia terminado com vitória do PAC por bons 29 x 12 em sua casa. Como esperado, o duelo na casa banderantina foi mais parelho, mas o vice campeonato estadual dos Galos não era por acaso.

 

O jogo foi parelho do começo ao fim, com poucas chances para os dois lados e com a fluência da bola nas mãos se mostrando mais difícil pela bola molhada. Quem abriu o placar foi o Pasteur, aos 9′, com penal chutado por Pedro Di Pilla, jogando com a camisa 9. Di Pilla ampliou com outro penal aos 15′, mostrando que o pé anda mesmo calibrado. Mas, o Band logo respondeu na mesma moeda aos 19′, com JP certeiro no chute. E a virada veio para os donos da casa, com o pilar Chabal rompendo a defesa do PAC aos 35′ e lavando o placar em 8 x 6 para o intervalo a favor do Band Sarries.

 

O Band manteve o jogo parelho e impediu os avanços dos visitantes no começo da segunda etapa, apostando na força de seu pack e na vantagem de seu scrum para tentar passar pelos visitantes. Mas, o Pasteur deteve bem as tentativas dos anfitriões e rompeu a defesa rival aos 29′, quando Raphael Santana, o “Nêgo”, achou o espaço para cravar o único try do Pasteur no jogo, virando o marcador para 11 x 8 na hora certa. E ainda teve tempo para um último penal, chutado por Di Pilla no finzinho. 14 x 8, vitória do Pasteur e bônus para o Band.

 

Na próxima rodada, o Pasteur visitará o Curitiba, enquanto o Band Saracens receberá o Farrapos.

 

Placar final: Band Saracens 08 x 14 Pasteur

Árbitro: Henrique Platais

Local: Clube de Campo da Sociedade Esportiva Palmeiras – São Paulo, SP

 

Band Saracens

Try: Jonatas “Chabal” Paulo

Penal: JP (1)

 

Pasteur

Try: Raphael Santana

Penais: Di Pilla (3)

 

Clube Cidade (UF) P J V E D 4+ -7 PP PC SP
Desterro Florianópolis (SC) 62 14 13 0 1 10 0 437 198 239
Curitiba Curitiba (PR) 49 14 10 0 4 7 2 374 246 128
São José São José dos Campos (SP) 48 14 10 0 4 7 1 412 288 124
Farrapos Bento Gonçalves (RS) 33 14 6 0 8 4 5 329 287 42
Pasteur São Paulo (SP) 29 14 5 0 9 2 7 210 227 -17
SPAC São Paulo (SP) 23 14 5 0 9 2 1 230 437 -207
Niterói Niterói (RJ) 22 14 4 0 10 3 3 279 451 -172
Band Saracens São Paulo (SP) 21 14 3 0 11 3 6 300 437 -137

Vitória = 4 pontos;
Empate = 2 pontos;
Derrota = 0 pontos;
Fazer 4 ou mais tries = 1 pontos extra;
Derrota por 7 ou menos pontos de diferença = 1 ponto extra;

– Dois primeiros colocados = classificação à final

 

Foto: Pasteur AC

Comentários