Pasteur vence e faz a festa em Indaiatuba

A cidade de Indaiatuba, interior paulista foi palco de nada menos que quatro jogos de Rugby nesse fim de semana, mostrando que a cidade está se tornando definitivamente um pólo para o desenvolvimento do Rugby brasileiro. Em campo, Tornados e Pasteur se enfrentaram pela Série A e D estadual, enquanto os Galinhos enfrentaram os novatos do SESI no M19 e M15,  diante de um público animado em todas as partidas.

 

No principal duelo do dia pela Série A, o Pasteur começou com eu característico jogo veloz na linha e não tardou a encontrar espaço para abrir o placar, com o veterano Mauricio Draghi, seguido de conversão de Pedro Di Pilla.
O Tornados por sua vez, fez seu jogo já conhecido, mas não menos perigoso, de base, com os forwards, deixando a partida mais pegada, tirando a velocidade do jogo. Os visitantes dominavam, mas falharam na definição, deixando o clube alvi-laranja respirar. Ainda assim, os Galos conseguiram anotar mais três tries convertidos, fechando a etapa inicial com 28 a 0 no placar e um ponto extra garantido.

 

O Sol forte e o intenso embate físico da etapa inicial pesou no segundo tempo, e as falhas defensivas apareceram. Melhores fisicamente, os franceses chegaram ao ingoal adversário mais duas vezes, mas torcida do Tornados não deixou de apoiar nem um minuto e o resultado apareceu em campo, com o time da casa diminuindo com tries de Leonardo Penna e Marcelo Ramalho, aproveitando ainda a vantagem numérica, devido um cartão amarelo dado a Gustavo Badino. A dupla de centros do Pasteur, junto com Thiago Maihara, jogando de fullback levou perigo a todo instante para a defesa adversária, anotando três tries ao longo da partida. A partida seguiu franca até o seu fim, mas a reação do Tornados se encerrou com um try derradeiro dos visitantes, selando uma boa vitória que garantiu à equipe a liderança da competição.

 

Na próxima rodada, as equipes enfrentam suas primeiras decisões. O Pasteur enfrenta o Band, outro postulante ao título, enquanto o Tornados faz o clássico contra a Poli, que pode praticamente garantir a permanência dos novatos na elite estadual em 2016.

 

Placar final: Tornados (00) 10 X 49 (28) Pasteur

 

Pasteur

 

Tries: Maurício Draghi, Gabriel Cacuro, Marcos Correa (2), Lipe Zeni, Gabriel Drummond, Manuel Bouzas

Conversão: Pedrinho di Pilla (7)

Cartão Amarelo: Gustavo Badino “Ogum”

 

Tornados

 

Tries: Marcelo Ramalho e Leonardo Penna

Cartão Amarelo: Vinícius da Fonseca

 

Nas categorias inferiores, o Pasteur enfrentou o SESI e venceu com propriedade no M19, uma vitória de 132 a 7. No M15 no entanto, a partida foi bem mais equilibrada, e ainda que o triunfo também tenha sido dos visitantes, mostra que a categoria mais jovem do SESI está conseguindo acompanhar os mais tradicionais clubes do estado, mesmo com um trabalho de pouco mais de um ano.

 

Com informações de Márcio Duailibi

Foto: Fotojump

Comentários