Paulista A começa nesse fim de semana

A primeira rodada da Série A do Campeonato Paulista começa nesse fim de semana, com quatro jogos, todos no sábado (2). A competição é a principal disputa estadual do país, com quatro clubes também disputando a elite nacional. A competição será disputada em turno único, com realização de semifinais entre os melhores colocados. O último colocado será rebaixado diretamente para a Série B em 2017, enquanto o penúltimo lutará pela permanência contra o vice-campeão da divisão inferior.
 
O atual campeão Pasteur começa a sua defesa do título fora de casa, enfrentando o estreante da competição. O União Rugby Alphaville venceu a segunda divisão em 2015 e entra na disputa com um bom elenco, querendo surpreender os favoritos. Os Galos tem poucas mudanças, a começar pelo capitão. Sai Felipe Zeni, entra Jean Ferrarini, que ganhou a confiança do grupo apesar do pouco tempo de clube. “Começamos com uma boa pré temporada e nossos principais reforços são os atletas que estão subindo do juvenil e a manutenção do elenco do ano passado. No Paulista, além de sermos campeões mais uma vez, nossa expectativa é deixar o time cada vez mais redondo para o Super 8.” Quem também reforça o clube nesse ano é um nome sempre associado ao rival Band-Saracens. Thiago Thut, experiente segunda linha, se junta ao já forte scrum francês.
 
Outra equipe que começa sua trajetória visitando é o atual campeão brasileiro de XV e de Sevens, o São José. Motivação de sobra para também levantar o estadual, que levantou pela última vez em 2014, não falta. Com o retorno dos jogadores da seleção ao elenco, a briga pela titularidade deve resultar em um nível técnico cada vez mais alto dos joseenses. A Poli, penúltima colocada no último ano, sabe das dificuldades. “Quatro dos melhores times do Brasil estarão em campo em um torneio de apenas oito participantes. Olhando friamente, temos dois blocos de equipes: de um lado as quatro mais fortes no papel, que jogam o Super 8, isto é, São José, SPAC, Pasteur e Band Saracens; e do outro lado os demais quatro, ou seja, nós, o Rio Branco, o Jacareí e o União Rugby Alphaville. Nosso objetivo é ganhar de toda a concorrência de nosso bloco e terminar ao menos em quinto lugar” comentou o treinador Maurício Carli.
 
Os Pelicanos do Rio Branco buscam mais uma vez a reabilitação, com mudanças do lado de fora de campo e um elenco com muita vontade, mesclando veteranos e novatos em competições de alto nível, o que pode pesar ao longo da competição. Seu adversário será o Band Saracens, que mostrou evolução no ano passado chegando às finais do Super 8, mas perdeu o neozelandês Josh Reeves, jogador chave da reabilitação bandeirantina no último ano.
 
Encerra a primeira rodada Jacareí e SPAC. Os Jacarés tiveram um fim de ano ruim, com o rebaixamento do Super 8, mas começaram o ano em grande estilo, com o título estadual de Sevens. O SPAC, clube mais antigo do país, é seu adversário da rodada. O SPAC tem a tradição de não colocar força máxima na competição, testando seus jogadores para o Super 8, mas ainda assim tem qualidade para disputar o título, que não levantam desde 1999.
 
 
Jogos (em parênteses, a classificação de 2015)
 
União Rugby Alphaville (-) X Pasteur (1o)
Local: CT Vila Porto Barueri – Barueri, SP
 
Poli (7o) X São José (2o)
Local: CEPEUSP – São Paulo, SP
 
Rio Branco (6o) X Bandeirantes Saracens (3o)
Local: Academia do Barro Branco – São Paulo, SP
 
Jacareí (5o) X SPAC (4o)
Local: Campo do Balneário – Jacareí, SP

Comentários