Poli é bicampeã do Campeonato Paulista Série A

ARTIGO COM VÍDEO – O Campeonato Paulista é mais uma vez aurianil. Pelo segundo ano seguido – e pela segunda vez em sua história – a Poli é a grande campeão estadual de São Paulo. O título veio de maneira dramática em um jogo de gala em São José dos Campos contra o São José, maior campeão estadual, que voltava (invicto) a uma final de Série A. O jogo foi de reviravoltas e a decisão aconteceu no apagar das luzes com o time paulistano erguendo a taça com um 25 x 23 de tirar o fôlego.

A Poli começou absolutamente dominante a disputa, impondo seu jogo pesado com seus avançados. Os pontos foram rapidamente se somando. Primeiro, Maranhão conduziu bem as fases e os joseenses cederam penal para Tate chutar e inaugurar o marcado para o time nascido na USP.

O São José foi se segurando na defesa enquanto a Poli pressionava e aos 8′ Zé Tranquez criou e Emerson finalizou na ponta o primeiro try politécnico. 8 x 0. Que poderiam ter sido rapidamente ampliados com penal logo na sequência, mas Zé não converteu. O domínio, no entanto, foi mais uma vez recompensado para a Poli, com outra boa sequência de fases com os avançados ganhando terreno para o scrum-half Maranhão marcar o segundo try aos 19′. 15 x 00 para o clube paulistano.

O jogo se equilibrou com o São José tendo algumas oportunidades. Moisés e Zé trocaram penais (mas cada time também desperdiçou um penal de cada lado) e, já com o tempo esgotado, o time da casa finalmente conseguiu passar a forte defesa amarela, com Moisés achando o espaço.

- Continua depois da publicidade -

Os donos da casa voltaram mais fortes para o segundo tempo, com Tanque em campo acelerando o jogo e com os irmãos Sancery muito bem articulados. O resultado foi domínio inicial do time da casa, que teve um try anulado por passes para a frente de Moisés, mas chegou ao segundo try aos 49′, com o próprio Moisés achando o espaço para marcar, mostrando-se, como sempre, decisivo.

O próprio Moisés Duque ainda chutou penal para reduzir a distância aos 54′ a apenas 18 x 16 e o jogo pegou fogo. A Poli desperdiçou dois penais em sequência e os 10 minutos finais foram “lá e cá”, com Poli e São José acumulando chances de try, em um jogo muito disputado no breakdown e com os dois times capazes de boas ações de mãos. Aos 78′,a torcida da casa foi ao delírio com Moisés e os irmãos Sancery trocando passes para Daniel Sancery marcar o try que parecia dar o título ao São José – que não vence o Paulista desde 2016.

A Poli ainda tinha sua última chance, conseguiu um lateral nas 22 de ataque e apostou no poderio de seus avançados para fazer as fases e martelar em busca do try. Zé tentou tirar um coelho da cartola com um chute nas costas da defesa, defendida em um primeiro momento pelos joseenses. Porém, na sequência, a Poli criou o espaço e Tate apareceu para mergulhar para o try do empate, colocando o 23 x 23 no marcador. Zé teve a vitória em seus pés e ele foi preciso na conversão, garantindo a conquista para o time paulistano. 25 x 23 épicos. Desfecho de gala para o estadual mais forte do país.

 

23versus copiar25

São José (08) 23 x 25 (18) Poli
Árbitro: Xavier Vouga
Auxiliares de linha: Mariano de Goycochea e Victor Hugo Barboza
4º árbitro: Tomás de Goycochea
Local: Estádio Martins Pereira – São José dos Campos, SP

São José
Tries: Moisés Duque, Daniel Sancery (2)
Conversões: Moisés Duque
Penais: Rafael Morales, Moisés Duque

Poli
Tries: Emerson, Daniel “Maranhão”, Marcelo Orefice
Conversões: Lucas Tranquez (2)
Penais: Marcelo Orefice (2)


 

Últimos campeões do Paulista Série A:

2018 – Poli

2017 – Poli

2016 – São José

2015 – Pasteur

2014 – São José

2013 – São José

2012 – Pasteur

2011 – São José

2010 – São José

2009 – São José

2008 – São José

2007 – São José

2006 – São José