Um projeto de escola de rugby vem dando frutos em Adustina, uma pequena cidade do nordeste baiano.

Em 2015, Adenílcio Rodrígues, um professor de educação física de escolas da região, queria implementar em suas aulas a prática de um esporte diferente do habitual futsal. Depois de assistir o filme Invictus (2009), Adenílcio resolveu ensinar o rugby nos locais onde trabalhava, uma escola em Adustina e outra em uma comunidade rural de Cícero Dantas, chamada Caxias, porém, não sabia como introduzir tal esporte para seus alunos. Após entrar em contato com a CBRu, Adenílson recebeu da Confederação uma apostila em PDF sobre o Tag Rugby e assim, comprando uma bola com seu próprio recurso e improvisando TNT como tags, deu início ao projeto.

Após seis meses, o tag rugby já era um sucesso nas escolas, então foi realizado um festival entre as escolas de Adustina e Caxias. Adenílcio entrou em contato com o Portal do Rugby para divulgar o evento. A atitude deu tão certo que Manuel Cabral e Diego Hamilton, Presidente e Vice-Presidente da Federação de Rugby da Bahia entraram em contato com o professor, um grande incentivo para um projeto recente em uma cidade pequena no interior do estado.

- Continua depois da publicidade -

Em 2016, sequência foi dada no projeto e mais escolas participaram da segunda edição do Festival de Tag Rugby, já na edição de 2017, a cidade de Adustina contou com a presença do presidente, Manuel Cabral, algo inédito. Com o evento crescendo, a visibilidade também aumentou e cada vez mais jovens se interessaram pelo esporte. Percebendo esse crescimento, Manuel Cabral enviou Adenílcio para um estágio no Porto Seguro Rugby Clube, para que depois, pudesse introduzir o rugby com contato para os jovens da região de Adustina. Ainda em 2017, o presidente da federação baiana demonstrou o desejo na criação de um juvenil para o estado, além de ter criado a sub-região do semiárido baiano de rugby, incentivando cada vez mais a região de Adustina.

Em 2018, o projeto já se mostrou forte, arrecadando dinheiro e com apoio da prefeitura de Adustina e da Federação de Rugby da Bahia, os jovens do projeto foram participar da Etapa Baiana de Rugby Sevens de Porto Seguro, a Copa 24 Horas, onde a equipe de Adustina conseguiu um excelente resultado, sendo campeã nas categorias feminina e masculina do juvenil, mostrando que com incentivo e vontade o rugby pode crescer e florescer em qualquer canto do nosso país.

Com o apoio da comunidade e dos pais dos jovens, no dia 15 de junho, Adustina receberá pela primeira vez uma etapa do Circuito Baiano de Rugby, que foi nomeada como Copa Semiárido de Rugby Sevens. O torneio irá inaugurar o Estádio Municipal de Adustina. A Copa Semiárido de Rugby Sevens tem o apoio da prefeitura Municipal de Adustina na pessoa do prefeito Paulo Sérgio, e da Secretaria de Esportes, na pessoa do senhor secretário Paulo César.

Créditos: Gabriel Cássio Albuquerque