Uma tarde histórica para o rugby paraense ocorreu no último sábado. O esporte, consolidado desde 2011 a partir do Acemira e desde então já acompanhado ainda na ativa por Japuaçu, Cabanos (ex-Abaçaí), Lokomotiva (de Castanhal) e Godzilla (de Marituba), enfim foi jogado na principal arena esportiva do Estado, o Mangueirão. O evento foi possibilitado, curiosamente, em parceria com a Federação Paraense de Futebol Americano, a FEPAFA, com ingressos (a dez reais) sendo vendidos por atletas dos dois esportes. Eis uma boa lição contra a tola rivalidade não raro sustentada a sério por alguns praticantes.

Sábado foi o dia da rodada inicial do campeonato paraense de futebol americano, e não houve interseção apenas com o rugby – o Paysandu promoveu a estreia de seu time da outra bola oval, o Paysandu Lobos, que às 9 horas enfrentou no estádio o campeão Vingadores. Às 16 horas, no mesmo local ocorreu a segunda partida, entre o vice-campeão Legião e o Castanhal Yellowblacks. No intervalo desse jogo, o rugby teve seu espaço no Mangueirão.

Na ocasião, foram realizadas duas partidas de rugby sevens, uma masculina e outra feminina. Na masculina, o Acemira venceu por 20-5 o Cabanos. Os pontos dos vencedores, todos em tries, foram marcados por Ivan, Caio, Fernando Moraes e Dimmy, enquanto Alexandre fez o try do Cabanos.

Fernando, ponta veterano que inclusive marcou o primeiro try do clube, na partida de XV contra o Amaru em 2011, comemorou: “depois de longos sete anos, finalmente o primeiro jogo no Mangueirão, com direito a try! Muito obrigado aos irmãos do Cabanos que compartilharam esse momento e principalmente à FEPAFA por nos ceder esse espaço”. A partida feminina, por sua vez, foi entre Japuaçu e Acemira. As “Japus” venceram por 15-5, com tries de Larissa, Suane e Camilla, enquanto a presidente Suelane Cunha marcou o try do Acemira.

- Continua depois da publicidade -

O rugby no Mangueirão não se resumiu às partidas. Foi também a ocasião de entrega das camisas a quem foi convocado pelas treinadoras Jullye Paraense e Luísa Matos às equipes que representarão a Universidade Federal do Pará no campeonato nacional universitário, com embarque já nesse último fim de semana. O time feminino chamado será composto por Áurea Santos (Japuaçu), Aline Di Paula (Japuaçu), Aline Brandão (Acemira), Brenda Miranda (Japuaçu), Camila Fazzi (Acemira), Ingrid Souza (Acemira), Lílian Costa (Acemira), Manuella Martins (Acemira), Mayara Barros (Acemira) e Thaís Doria (Acemira).

Já a seleção masculina da UFPA será formada pelo namibiano Benny Tshoombe (Acemira), Bruno Sousa (Cabanos), Fernando Moraes (Acemira), Kadmiel Pereira (Acemira), Luís Santos (Acemira), Marcos Protásio (Acemira), Raymond Batalha (Cabanos) e Rodrigo Trindade (Cabanos), com Felipe Cordeiro (Acemira), também chamado, precisando ausentar-se para cuidar do filho.

 
Foto: Samuel Cardoso / Sam Fotograffo