São Carlos vence o São Bento e permanece firme na tabela

No último sábado, 20, o São Carlos venceu a equipe do São Bento ao recebê-la em partida válida pela sétima rodada do Campeonato Paulista B.

 

O São Carlos começou a partida impondo um ritmo forte, mas esbarrava na defesa do São Bento. Isso até os 9 minutos, quando Fernando Lisboa rompeu a defesa são-bentina e marcou o primeiro try da partida. Eduardo de Andrade converteu.

 

A equipe da capital passou, então, a dominar a partida e pressionar o São Carlos em seu campo de defesa. Ainda que segurasse o impeto dos bentinos, o São Carlos acabou por ter o pilar Jonata Vinicius suspenso por 10 minutos (sin bin) e, aos 30 minutos, acabou levando um try. Com a conversão, o São Bento empatava a partida.

 

Depois do empate, o São Carlos conseguiu equilibrar as ações no jogo, porém, não conseguiu movimentar o placar. Isso ocorreu apenas no encerramento do primeiro tempo, quando Andrade acertou a cobrança de um penal e pôs os rinocerontes a frente do placar novamente. Final de primeiro tempo: São Carlos 10 x 7 São Bento.

 

O São Carlos voltou para o segundo tempo com uma postura mais aguerrida e de pressão ao São Bento. Logo aos 5 minutos, depois de um vacilo da defesa paulistana, a bola sobrou para Alexandre Bertuga que marcou sob os paus. Andrade converteu de novo.

 

A partida voltou a ficar truncada, com as equipes alternando-se no ataque e defesa, e só desamarrou depois que o primeiro centro do São Bento foi punido com um sin bin. O relógio marcava 19 minutos do segundo tempo e, um minuto depois, Caio Olimpio marcou mais um try para o São Carlos na ponta direita. Dessa vez, não houve conversão.

 

O São Bento reagiu na sequência: logo após uma linha de passes na ponta direita do ataque, um dos pilares do São Bento sobrou na ponta e invadiu o ingoal auri-rubro. Mas, antes que ele pudesse apoiar a bola, Jonata Vinicius apareceu e tackleou o adversário para fora, salvando o try e dando o lateral para o São Carlos. Os rinocerontes voltavam a dominar a partida.

 

Pressionado na defesa, o São Bento viu as coisas piorarem quando seu primeiro centro, que havia voltado do sin bin, tomou o cartão vermelho. Na cobrança da penalidade, José Luciano Marques avançou sobre a defesa adversária, que não conseguiu segurá-lo, e marcou mais um try para o São Carlos. Andrade, de novo, converteu.

 

Após a saída de bola, aos 32 minutos, Italo Inforzato foi punido com um sin bin – assim como um jogador do São Bento. Ainda assim, o São Carlos tinha um jogador a mais e consolidou seu domínio; com mais espaço no campo, os rinocerontes se aproveitaram de jogadas de velocidade e, aos 37 minutos, João Vitor de Medeiros avançou por 50 metros na ponta esquerda, deixou três adversários para trás e, sozinho, marcou sob os paus. Andrade converteu mais uma vez.

 

E ainda tinha mais: após bela troca de passes na linha, Bertuga sobrou na ponta e marcou mais um try. Andrade converteu e o árbitro apitou o final do jogo. Placar final: São Carlos 43 x 7 São Bento.

 

A vitória manteve o São Carlos na terceira colocação da competição, dentro da zona de classificação para as finais. O próximo desafio da equipe será no dia 10 de setembro, quando recebe o Wally’s (Louveira), vice-líder da competição.

 

Texto por: Leonardo Carniato

Comentários