Depois de 2 meses fora dos campeonatos oficiais, as atletas da primeira divisão paulista disputarão a Segunda Etapa do Circuito de 7s. Tudo acontecerá na casa das campeãs da primeira etapa, as Minas do Sanja, no Centro Poliesprotivo Vale do Sol. Todas as categorias estão preenchidas: adulta, M19 e M16, reunindo 19 equipes nos dias 19 e 20 de maio.

A segunda etapa traz modificações bem acentuadas em relação à primeira. A começar pelo retorno das Leoas de Paraisópolis ao Circuito, depois da ausência sentida na primeira etapa. Rio Branco e Piratas ficam de fora, dando espaço para o Jacareí marcar sua presença na competição adulta. A novidade de fora do estado é a vinda do Melina como convidado, e a saída do Curitiba na categoria adulta.

No final das contas, 12 equipes ocupam a categoria adulta, apenas duas a categoria M19 e 5 na M16.

No Grupo A o clima é de fôlego para o Super Sevens: São José e Melina ocupam a mesma chave. As joseenses jogam com a torcida em casa e são mais experientes que as melinas, isto é fato, mas não podem ignorar a força que as mato-grossenses destacaram no qualificatório. Guarulhos e Taubaté ocupam o mesmo grupo e dão um toque especial ao batalhão de desenvolvimento, são acirrados entre si e revivem nos grupos a final bronze da etapa anterior.

- Continua depois da publicidade -

O grupo B é do Band Saracens, USP, Pasteur e Leoas. Se trata de um grupo experiente, com todas as equipes vivenciando o Super Sevens, mas que ainda ressalta a potência nas bandetes e leoas que devem fazer mais um clássico e, desta vez, o Band Saracens tem o retorno da Juka Esteves somando no elenco. USP e Pasteur já fizeram duelos mais sólidos, porém as uspianas têm garantido boas margens de vantagem nos últimos tempos.

Finalizando a categoria adulta, o grupo C conta com o SPAC, o São José com sua equipe B, Iguanas e Jacareí. Entre joseenses e jacarés a briga deve ser bem disputada, já que conhecem o estilo de jogo alheio e ambas vêm de uma categoria de base fortemente fomentada. Se o SPAC chegar com estímulo semelhante ao do qualificatório para o Super Sevens, deve garantir o topo do grupo. Iguanas cresce em seu elenco e com certeza conhece os caminhos das jacarés e joseenes, talvez o que ainda lhe falta é a experiência de ambas.

A categoria de base revela, mais uma vez, o crescimento do M16 em São Paulo. São 5 equipes: São José, Iguanas, Guardiões e o Jacareí com times A e B. A multiplicidade é bem diferente do M19, que entra apenas com duas equipes: Curitiba e São José, valendo a observação do terceiro time da casa em um só campeonato e da necessidade de vir outro estado fomentar os jogos.

Jogos:
Sábado, 19 de maio de 2018
Local: Centro Poliesprotivo Vale do Sol
Grupo A: São José, Guarulhos, Taubaté, Melina
Grupo B: Band Saracens, USP, Pasteur, Leoas
Grupo C: SPAC, São José B, Iguanas e Jacareí
10:00 – São José x Taubaté
10:20 – Guarulhos x Melina
10:40 – Band Saracens x Pasteur
11:00 – USP x Leoas
11:40 – SPAC x Iguanas
12:00 – São José B x Jacareí
12:20 – Taubaté x Melina
12:40 – São José x Guarulhos
13:20 – Pasteur x Leoas
13:40 – Band Saracens x USP
14:00 – SPAC x Jacareí
14:20 – São José B x Iguanas
15:00 – São José x Melina
15:20 – Taubaté x Guarulhos
15:40 – Band Saracens x Leoas
16:00 – Pasteur x USP
16:20 – São José B x SPAC
16:40 – Iguanas x Jacareí

Domingo, 20 de maio de 2018
M16: Grupo A – Jacareí A, Iguanas, Guardiões
Grupo B – Jacareí B e São José
M19: São José e Curitiba
08:20 – São José x Jacareí B – M16
08:40 – Jacareí A x Iguanas – M16
09:00 – Quartas ouro
09:20 – Quartas ouro
09:40 – Quartas ouro
10:00 – Quartas ouro
10:20 – São José x Jacareí B – M16
10:40 – Jacareí A x Guardiões – M16
11:00 – Semifinal bronze
11:20 – Semifinal bronze
11:40 – Semifinal prata
12:00 – Semifinal prata
12:20 – Guardiões x Iguanas -M16
13:00 – Semifinal ouro
13:20 – Semifinal ouro
13:40 – Disputa de 11º
14:00 – Final bronze
14:20 – Disputa de 3º – M16
14:40 – Final – M16
15:00 – Disputa de 7º
15:20 – Final prata
15:40 – Disputa de 3º
16:00 – Final ouro