Paulista Série B começa com três confrontos e promete muito equilíbrio

A segunda divisão estadual de São Paulo entra em campo a partir desse fim de semana, em uma temporada que promete ser a mais equilibrada dos últimos anos. Participam dez clubes, que se enfrentam em turno único com a disputa de semifinais para os quatro melhores colocados. O prêmio para o campeão é o acesso direto à elite estadual em 2017, enquanto o vice-campeão ganha o direito de enfrentar o penúltimo colocado para tentar também disputar a Série A. Ao contrário do último ano, não haverá disputa de 5o a 8o. Na ponta de baixo da tabela, a disputa é para fugir do descenso. O último colocado é rebaixado automaticamente, enquanto o nono colocado disputará a permanência na divisão com o vice-campeão da Série C.
 
Três partidas abrem a rodada. Em São Carlos, os Rinocerontes, como é conhecido o time da casa, tem um duro confronto contra o Lechuza, de Sorocaba. As equipes tiveram trajetórias similares ao longo do torneio no último ano, com o São Carlos, recém-chegado da Série C, demorando para engrenar, mas se distanciou dos últimos colocados. O Lechuza, campeão de 2014, perdeu muito de sua força e se manteve na zona intermediária, sem conseguir chegar às finais, caindo para o mesmo São Carlos na decisão do 5o lugar.
 
A Arena Paulista de Rugby, campo da zona leste que também é casa oficial do Rugby em São Paulo, recebe uma rodada dupla. O Templários, clube de São Bernardo do Campo enfrenta a Medicina, time de origens universitárias e um dos mais antigos do país. O clube da grande São Paulo espera uma temporada promissora depois de terminar a edição de 2015 na terceira colocação.
 
O São Bento, time da zona sul da capital, faz sua estreia na divisão. Mesmo sem levar o título da Série C em 2015, o clube conquistou a vaga na disputa direta com Corinthians e agora encara o Wallys, de Louveira, vice-campeão em 2015. Os listrados do interior estiveram no topo da tabela durante toda competição, mas com a disputa paralela da Taça Tupi e o desgaste por jogos fez o desempenho do time desabar no momento decisivo, e caiu diante do União Rugby Alphaville na final. O Wallys também sofreu uma perda dentro de campo, com a saída de seu abertura e principal pontuador, Guilherme Zaparoli, que mudou para o futebol americano.
 
 
Jogos (em parênteses, a classificação de 2015)
 
São Carlos (5o) X Lechuza (6o)
Local: USP – São Carlos, SP
 
Templários (3o) X Medicina (7o)
Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP
 
São Bento (-) X Wallys (2o)
Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP

Comentários