Definidos os classificados para o Brasileiro de Sevens!

Fim de semana cheio de Rugby em São José, com a definição das últimas equipes classificadas ao Super Sevens e de noite, Brasil encarando a Argentina na última rodada do Campeonato das Américas.

 
 

Veja nossa prévia e como funciona a classificação
 
 
SPAC e São José terminam o primeiro dia invictos
O Qualificatório não começou da melhor forma para a organização. O Samambaia acabou se atrasando para a primeira partida e alguns jogos do grupo acabaram postergados para o domingo. E o Ilhabela nem entrou em campo. O clube do litoral acabou desclassificado por não ter o seguro obrigatório para todos os seus jogadores, resultando em mais alterações.
 
Em campo, não houveram grandes surpresas, com exceção da campanha fraca do Niterói, que encerrou o primeiro dia de jogos com apenas um triunfo apertado diante do Samambaia, o que pode lhe custar uma das vagas no Super Sevens. Melhor para o São José que fez valer o fator casa e conseguiu três grandes triunfos, sofrendo apenas um try e garantindo o melhor ataque da competição até o momento. A briga pela segunda colocação ficou entre União Rugby Alphaville e Band Saracens, que protagonizaram duelos muito equilibrados no Paulista e essa disputa não foi exceção, mas dessa vez, o clube de Barueri garantiu a vitória. Assim, o Band precisa de uma vitória para tentar tirar a segunda colocação do URA.
 
No grupo B, o SPAC repetiu as boas atuações do Paulista e venceu todos os seus jogos, fechando com uma vitória sobre o Pasteur, que lhe garantiu a primeira posição no grupo. Mesmo derrotados, o Pasteur deve ser o segundo colocado, com vitórias tranquilas sobre Rio Branco e Delta. A disputa deve ser mesmo pelo terceiro posto, com Rio Branco, Elói Mendes e Delta somando uma vitória cada. A tarefa mais difícil é do Elói Mendes, que encara o Pasteur, enquanto o Delta encara os Pelicanos em duelo direto pela vaga.
 
 
No segundo dia de jogos, foram definidas as finais, com São José e SPAC vencendo no sufoco. Os joseenses não tiveram vida fácil sofrendo o try de empate do Pasteur nos lances finais e levando a partida para a prorrogação, mas a vitória acabou com os donos da casa. O União Rugby Alphaville por sua vez, foi um grande adversário mas não conseguiu vazar a defesa SPACiana para anotar pontos, ficando para a disputa de 3o lugar.
 
Na Prata, Band Saracens e Niterói não tiveram dificuldades para superar Elói Mendes e Rio Branco, e garantiram o objetivo maior da competição, ganhar as vagas para o Brasileiro, mas ainda fizeram um grande duelo na final, que terminou com triunfo bandeirantino. Restou a Rio Branco e Elói Mendes a disputa pela última vaga do Super Sevens, e os Pelicanos carimbaram a 6a vaga de um time de São Paulo no Qualificatório, com uma vitória segura sobre os mineiros.
 
A grande final foi o encerramento perfeito para um campeonato de bom nível como o Qualificatório, e SPAC e São José proporcionaram exatamente isso. De um lado, um São José com veteranos cheio de experiência misturado a novos talentos, do outro o SPAC com um elenco no auge da forma física, com jogadores do atual elenco do Seven-a-side Tupi. A partida foi muito equilibrada e terminou empatada levando o São José à sua segunda prorrogação seguida, e segunda final a ser definida no Golden score. E assim como no paulista, a vitória acabou nas mãos do adversário que marcou o try da vitória e celebrou seu primeiro título da temporada.
 
 
Grupo A – São José (SP), Bandeirantes Saracens (SP), Niterói (RJ), União Rugby Alphaville (SP), Samambaia (DF)
Grupo B – Pasteur (SP), SPAC (SP), Rio Branco (SP), Delta (PI), Elói Mendes (MG)
 
Jogos:
Sábado, 05 de março
09h50 – Niterói 05 X 19 União Rugby Alphaville
10h10 – Pasteur 34 X 00 Rio Branco
10h30 – SPAC 40 X 00 Delta
11h40 – São José 62 X 00 Samambaia
12h00 – Band Saracens 21 X 14 Niterói
12h20 – Pasteur 24 X 00 Delta
12h40 – SPAC 33 X 00 Elói Mendes
13h10 – São José 50 X 00 União Rugby Alphaville
13h30 – Niterói 14 X 10 Samambaia
13h50 – Rio Branco 05 X 19 SPAC
14h10 – Delta 05 X 10 Elói Mendes
15h00 – São José 33 X 07 Niterói
15h20 – Band Saracens 07 X 14 União Rugby Alphaville
15h40 – Pasteur 10 X 19 SPAC
16h00 – Rio Branco 24 X 12 Elói Mendes
16h30 – Band Saracens 38 X 12 Samambaia
 
 
Domingo, 06 de março
10h30 – São José 52 X 00 Band Saracens – jogo de sábado, postergados para domingo
10h50 União Rugby Alphaville 33 X 05 Samambaia – jogo de sábado, postergados para domingo
11h10 – Pasteur 30 X 00 Elói Mendes
11h30 – Rio Branco 21 X 07 Delta
 
 
Classificação:
Grupo A: 1 São José, 2 União Rugby Alphaville, 3 Band Saracens, 4 Niterói, 5 Samambaia
Grupo B: 1 SPAC, 2 Pasteur, 3 Rio Branco, 4 Elói Mendes, 5 Delta
 
FINAIS
12h40 – Taça Bronze – Samambaia 7 X 22 Delta – jogo 1
13h00 – Semi Prata – Band Saracens 45 X 0 Elói Mendes
13h20 – Semi Prata – Rio Branco 0 X 17 Niterói
13h40 – Semi Ouro – São José 10 X 05 Pasteur
14h00 – Semi Ouro – SPAC 10 X 00 União Rugby Alphaville
15h00 – Taça Bronze – Samambaia 10 X 17 Delta – jogo 2
15h20 – Disputa de 7o lugar – Rio Branco 21 X 05 Elói Mendes
15h40 – FINAL PRATA – Disputa de 5o lugar – Band Saracens 26 X 17 Niterói
16h00 – Disputa de 3o lugar – União Rugby Alphaville 05 X 17 Pasteur
16h20 – FINAL OURO – SPAC 19 X 14 São José
 
CLASSIFICAÇÃO FINAL
1 – SPAC – Classificado para o Super Sevens
2 – São José – Classificado para o Super Sevens
3 – Pasteur – Classificado para o Super Sevens
4 – União Rugby Alphaville – Classificado para o Super Sevens
5 – Band Saracens – Classificado para o Super Sevens
6 – Niterói – Classificado para o Super Sevens
7 – Rio Branco – Classificado para o Super Sevens
8 – Elói Mendes
9 – Delta
10 – Samambaia
 
Foto: João Neto/Fotojump

Comentários