O SPAC venceu a primeira etapa do Circuito Paulista de Rugby Sevens Feminino, realizada neste final de semana em seu campo. Na decisão diante do BH Rugby (equipe convidada e que fez um grande papel no torneio), o SPAC construiu sua vitória já no primeiro tempo, contando com a habilidade de jogadoras como Gabriela Ávila e Marcia Muller, decisivas nas jogadas que resultaram em tries. Mesmo com ausências devido a convocações para a Seleção, a equipe manteve um alto nível de jogo por toda a competição.

“Terminamos o primeiro dia de forma invicta, uma meta que havíamos colocado. Hoje decidimos a final contra o BH, uma equipe convidada, mas forte, dura, que enobrece e eleva o nosso jogo. Isso nos levou a jogar melhor e mais, se superando. Sempre que jogamos em casa, sabemos da responsabilidade de jogar bem e buscamos sempre cumpri-la e com vitórias”, analisou a jogadora Marcia Muller.
O BH Rugby, que neste ano disputa dois circuitos estaduais, mostrou que não veio para ser coadjuvante. A equipe chegou à decisão da etapa, batendo todos os adversários. Na final, diante do SPAC, o time não saiu com a vitória, porém marcou um try convertido. A capitã Amanda Mello analisou a campanha da agremiação.
“Ganhamos uma experiência muito válida para o Super Sevens e um importante ritmo de jogo, este segundo lugar superou as nossas expectativas. Enfrentamos o Bandeirantes na semi final, foi uma partida muito dura mas conseguimos passar. Trabalhamos bem o nosso jogo, aplicando o que foi treinado. Fiquei de fora por conta de uma lesão mas pude aproveitar para avaliar a performance da equipe. No próximo final de semana iniciamos a disputa do campeonato mineiro, em Uberlândia, mas pretendemos sim participar das próximas etapas do paulista. O mineiro terá apenas duas etapas neste semestre e precisamos de mais ritmo de jogo”, pontuou a jogadora, que embora contundida, veio a São Paulo apoiar seu clube.
O terceiro lugar ficou com o São José Rugby, ao vencer o Bandeirantes Saracens em decisão também construída na etapa inicial e consolidada na final. “Começamos o ano com um novo treinador e focamos muito no ataque, principalmente. No primeiro dia viemos a campo sem ele, devido a uma partida que devia jogar, e tivemos maturidade de fazer o nosso jogo. Vencemos os dois primeiros e nos classificamos. Pegamos o SPAC na semifinal e sabíamos das dificuldades que nos trariam. Foi um jogo decidido nos detalhes. Na disputa de terceiro, aproveitamos as nossas características e aplicamos tudo o que treinamos”, destacou a capitã Natassia Bricks.
O Pasteur venceu a Taça de Prata, batendo o Wally’s na decisão. A USP Poli venceu o Tsunami e assegurou o sétimo lugar. Templários, ABC Rugby e Lechuza ocuparam as posições da Taça Bronze.
A etapa ainda contou com quatro equipes M19 (Leoas, São José, Rio Branco e Bandeirantes Saracens) e três M16, que levantaram aplausos do público, num grande incentivo ao futuro do Rugby.

 

Veja os resultados abaixo:

- Continua depois da publicidade -

Adulto
Grupo A: SPAC, USP Poli, ABC e Tsunami
Grupo B: Band Saracens, Wallys, Lechuza e BH Rugby
Grupo C: São José, Pasteur e Templários/Palestra

M19
Leões da Paraisópolis (Rugby Para Todos), São José, Rio Banco e Band Saracens

Arbitragem: Nayara Rubia, Mariana Wyse, Amanda Macedônio, Victor Nasser, Natasha Olsen, Karlla Davis, Gabriela Saldanha e Débora Thomsen.

 

Sábado, dia 11
Adulto
SPAC 41 x 5 Tsunami / USP 22 x 0 ABC / Band Saracens 37 x 0 Lechuza / Wallys 0 x 55 BH Rugby / SPAC 36 x 0 USP / São José 47 x 0 Templários /Tsunami 24 x 12 ABC / Band Saracens 20x 5 Wallys / Lechuza 0 x 52 BH Rugby / Pasteur 0 x 24 São José / SPAC 45 x 0 ABC / BH Rugby 31 x 0 Band Saracens / USP 5 x 15 Tsunami / Wallys 26 x 0 Lechuza / Pasteur 29 x 0 Templários

 

Domingo, dia 12
Adulto
Quartas de final (a partir das 9h40): BH Rugby 31 x 0 USP / SPAC 44 x 0 Wallys / São José 38 x 0 Tsunami / Band Saracens 17 x 0 Pasteur
Taça Bronze: Templários 12 x 0 Lechuza / Templários 0 x 17 ABC / ABC 5 x 17 Lechuza
Semifinais Taça Prata: USP 10 x 19 Pasteur / Wallys 12 x 0 Tsunami
Semifinais Ouro: BH Rugby 19 x 5 Band Saracens / São José 0 x 14 SPAC
3º lugar Prata: USP 21 x 0 Tsunami
Final Prata: Pasteur 31 x 0 Wallys
3º lugar Ouro: São José 27 x 0 Band Saracens
Final Ouro: BH Rugby 7 x 21 SPAC

 

M19
Band Saracens 12 x 21 RPT / Rio Branco 0 x 27 São José / Band Saracens 20 x 10 São José / Rio Branco 0 x 36 RPT / Rio Branco 0 x 50 Band Saracens / São José 0 x 7 RPT

 

Escrito por: Rodrigo Figliolini

Foto: Denys Flores (clique aqui para conferir o álbum completo)