SPAC vence e garante vaga às semifinais do Super 8

No último sábado, o SPAC recebeu o Desterro em partida que decidia vaga às semifinais do Super 8. Os donos da casa com 35 pontos, buscavam uma vitória simples que lhes garantiria a vaga às semifinais. Já os visitantes, com 30 pontos, tinham uma missão mais complicada para se garantir ás semifinais; precisavam de uma vitória com ponto bônus de ataque, além de não poderem deixar os donos da casa marcarem nenhum ponto (nem ponto bônus de defesa nem de ataque). As duas equipes proporcionaram uma excelente partida com muita velocidade e com 08 tries no total, encerada com um grande triunfo do SPAC por 39 x 24, carimbando a vaga dos paulistanos na fase final.

 

O confronto iniciou com muita intensidade de ambas as equipes e, logo no primeiro minuto, o Desterro mostrou que estava disposto a vencer e levar a classificação para Santa Catarina. André Arruda, com velocidade, conseguiu furar a defesa do SPAC e apoiou a bola embaixo do H dos paulistas, marcando o primeiro try da partida convertido por Leandro Sá.

 

O SPAC não se abalou com o golpe sofrido no primeiro minuto e aos 07 minutos, Arthur Bergo marcou o primeiro try dos donos da casa, convertido por Matias Newton. Os donos da casa, nos primeiros 15 minutos, demonstraram mais nervosismo cometendo erros e dando oportunidade para o Desterro marcar o seu segundo try na partida com o ponta Lucas Muller “Lucas” que, em corrida de mais de 30 metros, conseguiu vencer a defesa paulista e colocar o Desterro novamente na frente do placar, try convertido por Sá.

 

Passado o nervosismo, os donos da casa começaram a organizar suas jogadas e afinar sua comunicação e, aos 23 minutos, Matias Newton converteu penal, marcando mais três pontos para os anfitriões, que encostaram no placar. O SPAC começou a dominar as ações na partida e aos 31 minutos, os donos da casa se aproveitaram do vacilo no lateral nas 5 de defesa do Desterro e o segunda linha André Santos aproveitou e marcou o segundo try dos donos da casa, colocando os Ingleses na frente do placar.

 

O Desterro logo se recompôs na partida e em seguida deu a resposta no placar, convertendo mais um penal com Leandro Sá “Le”, passando novamente a frente do placar e dando números finais ao disputado primeiro tempo.
 

O segundo tempo começou acelerado e as duas equipes tinham os últimos 40 minutos para decidir a vaga às semifinais. Os ingleses voltaram mais ligados e aos 05 minutos, Matias novamente decisivo nos chutes, converteu mais um penal, colocando novamente os donos da casa na frente do placar. O SPAC explorava as jogadas de linhas e a velocidades de seus pontas e fullback, e aos 14 minutos, o terceira linha Luiz Ricca “Cabelo” aproveitou o vacilo da equipe de Santa Catarina e marcou o terceiro try dos donos da casa.

 

A vantagem no placar deu mais tranquilidade e confiança para os SPAC Boys. Aos 19 minutos, em bela jogada de Lucas Tranquez “Zé”, recebeu a bola em velocidade e fez um chute rasteiro na ponta, encontrando o espaço milimétrico nas costas da linha de defesa do Desterro e serviu Felipe Claro “Alemão” que, em velocidade, pegou a bola e apoiou dentro do in-goal dos visitantes marcando o quarto try, garantindo o ponto bônus de ataque e definindo a passagem dos Ingleses às semifinais do Super 8.

 

Os catarinenses, mesmo sabendo que já não haviam possibilidades de classificação, não se abalaram com o forte golpe e honrosamente continuaram lutando pela vitória. Mas a tarde era dos “SPAC Boys”, que não tiraram o pé do acelerador e aos 38 minutos, Diego Vieira marcou o quinto try dos donos da casa.

 

Os visitantes não desistiram de atacar e, no apagar das luzes, marcaram seu terceiro e último try, com hooker Daniel Danielewicz “Nativo”, convertido por Philip Veeren “Phil”, dando números finais a partida. A vitória bonificada do SPAC garantiu a vaga às semifinais do Super 8. Os britânicos, em sua próxima partida, decidem contra o São José a vaga para a grande final do Super 8. Já o Desterro finalizou sua participação no super 8 em um honroso sexto lugar na classificação, começando a se planificar já para 2016.

 

Placar final: SPAC (15) 39 x 24 (17) Desterro

 

SPAC

Tries: Bergo, Dé, Cabelo, Alemão e Fanhecinni

Conversão: Matías (4)

Penais: Matías (2)

 

Desterro

Tries: Arruda, Lucas Muller e Nativo

Conversões: Le (2) e Phil

Penais: Lê

 

Escrito por: Henrique Lima

Foto: Ale Cabral/FOTOJUMP

Comentários