Este ano de 2017 marcará o fim do sistema de todos contra todos em pontos corridos do Campeonato Brasileiro. O modelo esteve em vigor desde 2013, com algumas alterações ao longo do tempo. Nesse período, o Curitiba foi campeão em duas oportunidades, enquanto o São José e o SPAC levantaram uma vez cada a taça.

Mas, quem será que fez mais pontos nesse período? Fizemos uma tabela unificada desses quatro anos de disputas, somando à classificação os resultados também de mata-mata. O São José lidera a estatística, apesar do Curitiba ter faturado mais taças nesse período.

 

1 – São José (SP) – 186 pontos

- Continua depois da publicidade -

2 – Curitiba (PR) – 168

3 – Desterro (SC) – 143

4 – SPAC (SP) – 141

5 – Pasteur (SP) – 121

6 – Band Saracens (SP) – 113

7 – Farrapos (RS) – 108

8 – Niterói (RJ) – 30

9 – Jacareí (SP) – 12

Rio Branco (SP) – 12

11 – BH Rugby (MG) – 3

12 – Armstrong Dragons (RN) (atual Natal) – 0 pontos (17)*

*Equipe punida com a perda de todos os pontos ganhos em 2014. O Dragons havia ganho 17 pontos;

Itálico = equipes que não jogarão o Super 8 em 2017;

 

Gráfico com a evolução da classificação final de cada clube (após os mata-matas)

 

Foto: São José x Curitiba, 2015 – Fotojump