A Taça Tupi, a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, conheceu sábado seus últimos 5 classificados à fase de grupos, que contará com 12 equipes. Niterói, Band Saracens, Rio Branco, San Diego, Charrua, BH Rugby e Guanabara já estavam garantidos a a eles se juntarão Rio Rugby, Templários, Pé Vermelho, Joaca e Chapecó, fazendo com que 6 estados estejam representados nas disputas finais, valendo 8 vagas na primeira divisão do ano que vem.

Nas disputas dos jogos de volta do Fase Classificatória, os times que haviam vencido na ida venceram novamente, criando 5 classificados indiscutíveis.

A segunda fase começará no dia 22 de julho.

 

- Continua depois da publicidade -

Joaca vira e vence também no Rio Grande do Sul

Depois de uma larga vitória em Florianópolis, o Joaca visitou o Brummers e assegurou mais uma vitória para assegurar sua classificação, mas não sem antes os gaúchos flertarem com o triunfo.

O Brummers cruzou o in-goal nada menos que 4 vezes, sendo 3 só na primeira etapa, com destaque para o hat-trick (3 tries) do oitavo William. Porém, simplesmente nenhuma conversão foi efetuada com sucesso pelos donos da casa e o Joaca puniu o Brummers no segundo tempo, correndo para 3 tries convertidos e a vitória por 21 x 20.

 

20versus copiar21

Brummers (RS) 20 x 21 Joaca (SC) – agregado: 37 x 65

Local: Centro Municipal Esportivo – Ivoti, RS

Brummers

Tries: William Crippa (3) e Roberto Pehls

 

Joaca

Tries: John, Wolf e Keil

Conversões: Saulo (3)

 

Templários vence de novo e viverá maratona até outubro

Única equipe da Taça Tupi que disputa hoje uma segunda divisão estadual, os paulistas do Templários, de São Bernardo do Campo, conquistaram uma grande vitória fora de casa sobre os fluminenses do Itaguaí e asseguraram classificação inédita à fase de grupos da Taça Tupi. O placar não deixou dúvidas: 40 x 20 a favor dos visitantes, em um jogão de muitos pontos e alternativas.

O primeiro tempo foi muito apertado, com 13 x 10 a favor dos paulistas, em 2 tries a 1. O Itaguaí largou o segundo tempo com tudo e virou o placar com seu segundo try, mas o Templários não se abalou e virou o marcador com um ritmo muito forte na reta final. Mais 4 tries e vitória assegurada. O time de São Bernardo terá agora partidas em todos os finais de semana até outubro, pois a equipe também tem o Paulista B pela frente.

 

20versus copiar40

Itaguaí (RJ) 20 x 40 Templários (SP) – agregado: 28 x 64

Local: Campo da UFRRJ – Serópedica, RJ

Itaguaí

Tries: Gary Ayres, Aylson Freitas e Alexsandro de Freitas

Conversões: Luis Johnston (1)

Penais: Luis Johnston (1)

 

Templários

Tries: Danilo Vieira (2), Alexandre Barjud, Caio Salum, Deladier Junior e Marcel Lipecki

Conversões: Ian McDonald (1) e Rômulo Fernandes (1)

Penais: Ian McDonald (2)

 

Pé Vermelho se classifica após outro épico

Ninguém fez duelos tão parelhos na Taça Tupi quanto Pé Vermelho e São Carlos. Os paranaenses venceram duas vezes os paulistas, mas ambos por placares apertados. Após triunfar na ida, o Pé Vermelho recebeu em Cambé, região de Londrina, o jogo de volta e venceu por sofridos 29 x 26, com os Rinocerontes sãocarlenses flertando com a vitória.

O São Carlos largou na frente com o scrum-half Arthur fazendo o primeiro try. O Pé Vermelho virou antes do intervalo com 2 tries do asa Pedro. 12 x 07. Porém, o São Carlos começou atropelando a segunda etapa com 2 tries em 5 minutos, ambos do centro Alexandre Bertuga. O golpe, no entanto, foi logo superado pelos donos da casa, que cruzaram o in-goal aos 49′, com o ponta Victor Ávila. O jogo ficou pegado e a virada paranaense saiu aos 65′, com o centro Fernando. O São Carlos reagiu e, aos 70′, Bertuga correu para seu hat-trick e os Rinocerontes pareciam prontos para uma classificação heroica. Entretanto, o Pé Vermelho estava vivíssimo e a 2 minutos do fim o pilar Victor Hugo cravou o try da vitória e da classificação dos donos da casa.

 

29versus copiar26

Pé Vermelho (PR) 29 x 26 São Carlos (SP) – agregado: 48 x 39

Local: Centro Esportivo de Cambé – Cambé, PR

Pé Vermelho

Tries: Pedro da Rocha (2), Victor Ávila, Fernando Santana e Victor Hugo de Jesus

Conversões: Lucas Vieira (2)

 

São Carlos

Tries: Alexandre Bertuga (3) e Arthur Pinheiro

Conversões: Ítalo Inforzato (3)

 

Rio Rugby se impõe novamente

Depois de vencer em Minas Gerais, o Rio Rugby triunfou novamente sobre o Inconfidentes, agora em casa.

O primeiro tempo foi de maior equilíbrio, com 13 x 03 para os carioca, graças a 2 tries de Jhonantan. No segundo tempo, o time de Ouro Preto não resistiu mais à pressão do Rio Rugby, que cravou mais 4 tries para selar a vitória em confortáveis 39 x 11.

 

39versus copiar11

Rio Rugby (RJ) 39 x 11 Inconfidentes (MG) – agregado: 71 x 29

Local: Campo da UFRRJ – Serópedica, RJ

Rio Rugby

Tries: Jhonantan Mier (3), Rodrigo Salgado, André Baptista e Thiago Beserra

Conversões: Rafael Couto (3)

Penais: Rafael Couto (1)

 

Inconfidentes

Tries: Arthur Castro

Penais: Arthur Castro (2)

 

Chapecó surpreende Caxias do Sul e abocanha inédita vaga

No início da Taça Tupi, o confronto entre SC Rugby e Chapecó tinha um favorito claro: o SC Rugby, terceiro colocado do último Campeonato Gaúcho e vice campeão da Taça Tupi de 2014. Mas a experiência do clube de Caxias do Sul não contou no duelo contra o novato Chapecó, que mostrou a força de um clube que tem em seu currículo revelação de atletas para a seleção brasileira e que aponta para um futuro promissor.

O jogo de ida, no Oeste Catarinense, foi de vitória apertada, por apenas 3 pontos, para os anfitriões, que sabiam do desafio que seria defender essa vantagem na Serra Gaúcha. Porém, com os catarinenses foram perfeitos e se mostraram sempre confiantes, largando a primeira etapa com uma verdadeira blitz que praticamente nocauteou os caxienses. Foram 4 tries sem resposta em questão de 25 minutos para os visitantes e 24 x 00 no intervalo.

O SC precisava de uma milagroso virada no segundo tempo, que acabou não ocorrendo, apesar dos esforços dos anfitriões, que fizeram 2 insuficientes tries. 27 x 12 no marcador e classificação inédita para o Chapecó.

 

12versus copiar27

SC Rugby (RS) 12 x 27 Chapecó (SC) – agregado: 31 x 49

Local: Centro Esportivo Antônio Barroso Filho – Caxias do Sul, RS

SC Rugby

Tries: Fábio Machado e Leonardo da Silva

Conversões: Jonatan Betanin (1)

 

Chapecó

Tries: Daniel Dal Piva (2), Dhionatan de Andrade e Andrison Berlato

Conversões: Andrison Berlato (2)

Penais: Andrison Berlato (1)

 

Clique aqui para ver os grupos e a tabela da próxima fase da Taça Tupi.

 

Foto: CBRU