A Taça Tupi, a segunda divisão do Campeonato Brasileiro, começou a todo vapor nesse fim de semana, com os 10 times que brigam pelas últimas 5 vagas na fase de grupos do torneio entrando em campo nos jogos de ida do Classificatório. Pé Vermelho e Rio Rugby foram os destaques da largada da competição com preciosas vitórias fora de casa, jogando a pressão sobre São Carlos e Inconfidentes, que terão que vencer fora de seus domínios no próximo sábado. Já Joaca, Chapecó e Templários prevaleceram em casa e jogaram a pressão para Brummers, SC Rugby e Itaguaí, que terão que dar a volta por cima na volta.

As partidas de volta serão no sábado dia 8 de julho. Band Saracens (SP), Niterói (RJ), San Diego (RS), Charrua (RS), Rio Branco (SP), BH Rugby (MG) e Guanabara (RJ) já estão assegurados na fase de grupos da Taça Tupi.

 

Joaca impõe maior diferença de pontos

- Continua depois da publicidade -

Em Florianópolis, Joaca e Brummers fizeram o único duelo da abertura da Taça Tupi que já havia ocorrido no ano passado. E a história se repetiu, com o Joaca levando a melhor mais uma vez, naquele que foi o jogo de placar mais desigual do Classificatório: 44 x 17 indiscutíveis.

Os catarinenses cruzaram o in-goal 3 vezes no primeiro tempo, abrindo 20 x 05. Os gaúchos ainda esboçaram uma reação na segunda etapa, com 2 tries em menos de 10 minutos, mas o Joaca impôs seu jogo e guardou mais 3 tries para selar a vitória.

 

44versus copiar17

Joaca (SC) 44 x 17 Brummers (RS)

Local: Fazenda Experimental da Ressacada/UFSC – Florianópolis, SC

 

Joaca

Tries: Johnathan Furtado (2), Matheus Wolf (2), Vinicius Estevam, Talaze Inchauspe e Saulo Silva

Conversões: Saulo Silva (3)

Penais: Saulo Silva (1)

 

Brummers

Tries: Jader Schaumloeffel, José Rodrigo e Victor Barbosa

Conversões: Victor Barbosa (1)

 

Templários faz seu dever de casa

Em embate de estreantes, o Templários de São Bernardo do Campo derrotou os fluminenses do Itaguaí por 24 x 08, em jogo pegado na Arena Paulista de Rugby e definido pela força do pack paulista. Foram 3 tries logo na primeira etapa pra o Templários, que abriu 19 x 03, com o jogador e técnico Gary fazendo seu try e com o segunda linha Strozzi rompendo para outros 2 tries.

O Itaguaí equilibrou as ações no segundo tempo, descontou com try de Aylson, mas Cauã no fim guardou o try que fechou a vitória do time da casa por margem boa para o jogo de volta.

 

24versus copiar08

Templários (SP) 24 x 08 Itaguaí (RJ)

Local: Arena Paulista de Rugby – São Paulo, SP

 

Templários

Tries: Leonardo Strozzi (2), Gary Clabburn e Cauã Bernardino

Conversões: Ian McDonald (2)

 

Itaguaí

Try: Aylson Freitas

Penal: Yago Lopes (1)

 

Pé Vermelho deu um passo adiante e venceu em São Paulo

São Carlos e Pé Vermelho fizeram um jogo parelho e aberto até o fim no interior paulista que resultou na primeira vitória do time de Londrina jogando em São Paulo pelo torneio.

O jogo começou com os paranaense fazendo o primeiro try logo no começo, porém respondido pelos paulistas com penal. O Pé Vermelho seguiu melhor e chegou a seu segundo try aos 15′. Mas, logo o jogo se equilibrou e o São Carlos descontou com novo penal para levar o duelo em 12 x 06 ao intervalo. A reação seguiu no segundo tempo com os Rinocerontes fazendo seu try logo após a volta da pausa, mas aos 21′ veio o try decisivo do Pé Vermelho, com o abertura Lucas Balconi. A reação final dos donos da casa não se concretizou e o 19 x 13 no placar para os londrinenses foi decretado.

 

13versus copiar19

São Carlos (SP) 13 x 19 Pé Vermelho (PR)

Local: USP São Carlos – São Carlos, SP

 

São Carlos

Try. Alexandre Bertuga

Conversão: Ítalo Inforzato (1)

Penais: Ítalo Inforzato (2)

 

Pé Vermelho

Tries: Fernando Santana, Júlio César Molina e Lucas Branco

Conversões: Lucas Branco (2)

 

Cariocas dominam em Ouro Preto

Os mineiros do Inconfidentes receberam os cariocas do Rio Rugby e produziram um jogo cheio de tries, que acabou com a vitória dos visitantes por 32 x 18, difíceis de serem tirados no jogo de volta na Cidade Maravilhosa.

O Inconfidentes fez o primeiro try do jogo aos 7′, mas, mais experiente, o Rio Rugby voou no primeiro tempo, abrindo 26 x 08 com direito a 3 tries. Os donos da casa fizeram um segundo tempo melhor, reagiram com 2 tries, mas pagaram ao final do jogo pelos erros das conversões (nenhum try convertido) e pelo excesso de penais, com o Rio Rugby chutando mais duas vezes ao H antes do fim de jogo para garantir o triunfo. Destaque para o ponta carioca André Baptista, com 2 tries.

 

18versus copiar32

Inconfidentes (MG) 18 x 32 Rio Rugby (RJ)

Local: Campo da Barra – Ouro Preto, MG

 

Inconfidentes

Tries: Geraldo Junior, Charles Souza e Ramón Moreira

Penais: Arthur Castro (1)

 

Rio Rugby

Tries: André Baptista (2) e Fernando Reis

Conversões: Gabriel dos Santos (1)

Penais: Gabriel dos Santos (5)

 

SC cai no Oeste Catarinense

O Chapecó fez uma estreia dos sonhos na Taça Tupi com uma vitória contra o vice campeão de 2014, o Serra Caxias. 22 x 19 apertados, que agora os catarinenses terão a missão de defender em solo gaúcho no sábado que vem. Tudo em aberto e nada perdido para o SC Rugby.

A diferença poderia ter até sido maior para o Chapecó, que cruzou o in-goal para 4 tries, incluindo 2 do ponta Piva, mas somente uma conversão foi aproveitada. Já o SC Rugby caiu para 3 tries  produziu um fim de partida emocionante, que teve os gaúchos fazendo 2 tries nos 10 minutos finais. Mas o oitavo Duan fez o try da vitória verde.

 

22versus copiar19

Chapecó (SC) 22 x 19 SC Rugby (RS)

Local: Campo da Cordilheira Alta – Chapecó, SC

 

Chapecó

Tries: Daniel Piva (2), Emerson Silva e Duan Barp

Conversões: Andrison Berlato (1)

 

SC Rugby

Tries: Roger Macedo, Gabriel Scaldo e Gever Schmitt

Conversões: Jonatan Betanin (2)

 

Foto: Templários x Itaguaí – Ale da Costa /Portrait