ARTIGO RETIFICADO – No ano passado, a CBRu inovou com a criação da Taça Tupi, a segunda divisão nacional, com calendário mais longo, permitindo um calendário melhor a equipes dos seis estados plenamente filiados à entidade (SP, RJ, MG, PR, SC e RS).

 

Para 2015, a Taça Tupi ganhou novo formato. Neste ano, cada um dos seis estados teve asseguradas quatro vagas no torneio, totalizando 24 participantes, que disputariam uma fase classificatória, com doze confrontos, para definir justamente os doze classificados à fase de grupos. Na fase classificatória, os confrontos terão partidas de ida e volta, nos dias 4 e 11 de julho. A grande final da Taça Tupi deverá ocorrer entre 10 e 11 de outubro, ainda a ser oficializada.

 

- Continua depois da publicidade -

Entretanto, por conta da desistência de alguns clubes, que tinham vagas garantidas por seus campeonatos estaduais, a CBRu foi obrigada a modificar a primeira fase. Por conta das desistências, o Paraná terá somente dois representantes, enquanto Minas Gerais e Rio de Janeiro contarão com três equipes. Por outro lado, pelo maior número de interessados, São Paulo, Rio Grande do Sul e Santa Catarina passaram a cinco participantes. Rebaixado do Super 10 no ano passado, o Rio Branco, por ter tido melhor campanha que o outro rebaixado, o Niterói, teve sua vaga na fase de grupos assegurada sem precisar passar pela fase classificatória. Com isso, serão onze confrontos preliminares, definidos de acordo com o regulamento:

 

Lechuza (Itu/Sorocaba, SP) x Guanabara (Rio de Janeiro, RJ)

Uberlândia (Uberlândia, MG) x Poli (São Paulo, SP)

Tornados (Indaiatuba, SP) x Niterói (Niterói, RJ)

Rio Rugby (Rio de Janeiro, RJ) x Wallys (Louveira/Jundiaí, SP)

Montes Claros (Montes Claros, MG) x BH Rugby (Belo Horizonte, MG)

Blumenau (Blumenau, SC) x Maringá (Maringá, PR)

Costão Norte (Florianópolis, SC) x Londrina (Londrina, PR)

Centauros (Estrela, RS) x Serra (Caxias do Sul, RS)

Joaca (Florianópolis, SC) x San Diego (Porto Alegre, RS)

Charrua (Porto Alegre, RS) x Brusque (Brusque, SC)

Brummers (Ivoti/Novo Hamburgo, RS) x BC Rugby (Balneário Camboriú, SC)

 

Mando de jogo e sorteio de confrontos na fase classificatória

De acordo com o Regulamento da Taça Tupi:

 

Capítulo III – Modo de disputa
O Torneio será disputado em fase classificatória, fase de grupos, semifinal e final conforme tabela a ser envia posteriormente.
3.1. Fase Classificatória
As 4 equipes melhor classificadas de cada um dos 6 estados federados nos respectivos campeonatos da temporada 2014 jogarão uma eliminatória a duas mãos, com o primeiro jogo em casa do time pior classificado nos estaduais, que definirá os 12 classificados para a fase de grupos. O emparelhamento destes jogos terá em consideração o fator regional, não podendo dois times do mesmo estado jogar entre si nesta fase.

 

 Acerca das condições para participação, o regulamento diz que:

Capítulo II – Condições gerais de participação
2.1 – Pré-requisitos
– Estar com todos os débitos quitados perante a CBRu, à sua Federação Estadual e à Receita Federal.
– O clube deverá subir no Cadastro Nacional da CBRU – CNRU (http://www.brasilrugby.com.br/cnru) até o dia 31 de Março a seguinte documentação:
> Ata da última Assembleia Geral;
> Estatuto Social atualizado;
> Certidões negativas de débito;
> Comprovante de CNPJ;
– Ter todos os seus jogadores com Registro Geral (“RG”) ou Registro Nacional de Estrangeiro (“RNE”) e cadastrados no Cadastro Nacional da CBRu.
– Campo: A CBRu deverá homologar entre um (1) e três (3) campos para cada clube. Por nenhuma razão, poderá ser jogado um jogo em campo que não tenha sido homologado.
– Uniformes: todos os clubes deverão contar com dois jogos de uniformes (titular e reserva). O envio das fotos dos dois uniformes deverá realizado até dia 31 de Maio para itallo.marques@brasilrugby.com.br.
– Todos os times participantes deverão reservar à CBRu uma das mangas das camisas (titulares e reservas) para que a CBRu as comercialize. Caso a CBRu tenha sucesso na venda desta propriedade, parte da verba será repassada aos clubes (a ser definido mediante negociação). Se algum clube tiver uma proposta para vender esta propriedade, deve contatar imediatamente a CBRu, que deverá liberar a venda pelo clube a menos que tenha uma contraproposta a fazer.

Esta lista de pré-requisitos é de caráter excludente, ou seja, se os clubes não cumprirem, não poderão participar no campeonato Taça Tupi 2015.

2.2 – Termos de participação
1) Ter treinadores do Adulto em capacitação permanente CBRu em 2015.
2) Ter treinadores (profissionais de educação física em processo de capacitação permanente em Força e Condicionamento da CBRu em 2015.
3) Ter dois (2) árbitros atuando e em processo de capacitação da CBRu em 2015.
4) Ter três (3) pessoas capacitadas em Primeiros Socorros N1 e com presença comprometida em todos os jogos do time (a CBRu sugere fortemente para os times escolher um treinador, o capitão e mais uma pessoa da Comissão Técnica).

11 COMENTÁRIOS

  1. Desculpe Victor, mas “apesar da inexistência de taxa de inscrição” não fala nada sobre a primeira informação dizer que seriam 4 mil reais somente para jogar esta fase com a chance de cair fora em 1 jogo.

    Também não fala da obrigatoriedade de equipe juvenil completa, o que algumas equipes conseguem fazer, é lógico, mas que muitas por ai somente conseguiram depois de quase uma década… Forçar o crescimento além das possibilidades na minha concepção não parece ser o mais correto.