ARTIGO COM VÍDEO – Indaiatuba está novamente em festa! O Tornados foi à São Paulo e chegou ao título da Série B pela segunda vez em três finais, com vitória sobre a Engenharia Mackenzie em partida épica realizada no SPAC nesse sábado, e de quebra, pôs fim a uma invencibilidade de 42 jogos dos mackenzistas, que ainda pode se juntar aos laranjas na elite estadual em 2019, se vencer a repescagem contra o Templários na repescagem.

A expectativa era de um jogo sem favoritos, e apesar das ações iniciais dominadas pelo Mackenzie pressionando a linha de fundo do adversário, essa foi a tônica da partida, com um jogo centrado na base e poucas aberturas para a linha, resultando também em poucas chances concretas. Mas a Engenharia se recuperou a posse de bola no chute inicial e logo aos 4′ abriu o marcador com Gabriel “Tsonga” finalizando pick and goal pela esquerda e quase ampliou aos 9′ tentando concluir um chute de Ney no ingoal. A primeira subida do Tornados aconteceu aos 13′ com Alcino e Ripabelo ganhando terreno pelo centro e levando o jogo para seu campo de ataque, mas a defesa adversária neutralizou a subida. Aos 20′ finalmente saiu o try com Leo Penna finalizando pela esquerda depois de uma grande subida de Gustavo pela ponta, e trabalhando com calma a posse de bola, finalmente cruzou o ingoal. A equipe passou à frente do placar com penal de Sandrinho mas antes do fim da etapa, Tsonga anotou seu segundo try do dia em lindo mergulho pela ponta finalizando linda quebra na linha do capitão Vini quando a equipe jogava em situação de inferioridade numérica com amarelo dado a Maurício minutos antes. A Engenharia ainda sofreria dois desfalques importantes na etapa inicial, com saída da dupla de centros Caio e Higutsi, ambos lesionados.

Apesar de novo começo forte do Mackenzie, o segundo tempo foi de domínio gradual do Tornados, aproveitando a indisciplina adversária que repetiu erros do passado e cometeu muitos penais consecutivos, facilitando o trabalho do clube do interior e em mais um bom trabalho dos avançados, Pedro Vinícius guardou para o Tornados, e Ripabello recolocou a equipe na liderança. A Engenharia não se abateu e voltou a se lançar ao ataque, mas a exclusão de Xabi por infrações reiteradas colocou pressão novamente na equipe e dessa vez o Tornados aproveitou a situação, ampliando com Fabrício Dexheimer. Rodrigão guardou um penal e reduziu rapidamente para 5, mantendo a distância de apenas uma posse de bola na reta final, mas o alvi-laranja se manteve no controle da posse e administrou a vantagem até o apito final, garantindo o título e acesso que não vinham desde 2012.

A data da repescagem entre Templários e Engenharia ainda será definida pela FPR.

- Continua depois da publicidade -

Placar final: Engenharia Mackenzie (14) 17 X 22 (08) Tornados
Árbitro: Renato Scalércio
Auxiliares de linha: Victor Hugo Barboza e Murilo Bragotto
4º árbitro: Angélica Gevaerd
Local: SPAC – São Paulo, SP

Engenharia Mackenzie
Tries: Gabriel “Tsonga” Magalhães (2)
Conversões: Rodrigo Andrioli (2)
Penal: Rodrigo Andrioli

Cartões amarelos: Maurício e Xabi

Tornados Indaiatuba
Tries: Léo Penna, Pedro Vinícius, Fabrício Dexheimer
Conversões: Sandro Ripabello (2)
Penal: Sandro Ripabello