Rio Branco embala segunda vitória seguida. Foto: MS Parra Fotografia

A Taça Tupi agitou o rugby brasileiro no último sábado com 4 jogos de placares elásticos que deram um empurrão enorme para Tornados, Rio Branco, Serra Gaúcha e Joaca em suas ambições de semifinais. Mas, o campeonato chegou apenas à 3ª rodada, portanto, ainda tem “chão” pela frente, com Uberlândia e Chapecó ainda com esperanças de avançarem. Para Inconfidentes e Lobo Bravo, por outro lado, a situação ficou bastante complicada.

Todos os confrontos serão reeditados no dia 18, com os mandos trocados.

 

Vendaval laranja segue

- Continua depois da publicidade -

Ninguém segura o Tornados. O clube de Indaiatuba é líder isolado do Grupo A da Taça Tupi e manteve o 100% de aproveitamento ao derrotar o Inconfidentes de Ouro Preto, em Minas Gerais, por largos 89 x 10.

O clube laranja correu para correu para 14 tries e está muito próximo de carimbar sua classificação.

 

Pelicanos nas alturas, finalmente

O Rio Branco vai deixando para trás seus problemas e emplacou sua segunda vitória seguida na competição, dando um passo essencial na luta pela classificação. Os Pelicanos receberam o rival direto pelas semifinais, o Uberlândia, e fizeram 50 x 14 indiscutíveis, com domínio do começo ao fim.

No primeiro tempo cruzaram o in-goal Fabão, B2 e Lacraia duas vezes, assegurando o bônus ofensivo. Na segunda etapa, os tries paulistas foram de Will e Elias duas vezes, enquanto os Carcarás mineiros descontaram com tries de Jota e China.

 

Serra Gaúcha no topo

Em Guarapuava (que significa “Lobo Bravo” em nhengatu), o Lobo Bravo recebeu o Serra Gaúcha e se viu em apuros na luta pelo mata-mata, com o clube de Caxias do Sul conseguindo larga vitória para seguir 100% na competição.

O Serra Gaúcha venceu com contundência, 62 x 14, correndo para 4 tries só no primeiro tempo, pelas mãos de Ronaldo, Barba, Ronaldo outra vez e Jo, enquanto Rangel ainda brilhou com um drop goal. Os paranaenses descontaram com try de Dudu.

O segundo tempo começo com Zé fazendo o segundo try dos donos da casa, que esboçavam reação, mas, mesmo com o bônus garantido, os visitantes seguiram fortes e emplacaram outros 4 tries, com Jumbão, Juca, Ronaldo e Teteu, selando a vitória.

 

Joaca quebra jejum em Santa Catarina

No clássico catarinense, o Joaca quebrou um tabu e finalmente venceu em Chapecó. O jogo era crucial para os dois lados valendo a vice liderança do Grupo B e as Corujas de Floripa voaram baixo para uma vitória marcante por 40 x 03 (e não 47 x 03, como antes publicado).

O Chapecó é sempre forte em casa, mas a ausência do terceira linha Daian, líder do time, pesou contra e o clube do Oeste se viu em apuros com o ritmo imposto pelos visitantes. O duelo largou com Zé e Cicero trocando penais, mas logo aos 10′ Gui guardou o primeiro try do Joaca. O embate seguiu equilibrado e demorou até os 37′ para o placar ser movimentado, com John John marcando para os azuis.

Após o intervalo a história foi outra e o clube da capital se impôs. Thomi, Thiaguinho, John John de novo e Thomi outras 2 vezes cruzaram o in-goal selaram o triunfo precioso bonificado para o Joaca.

 

Dia 11/08/2018 às 15h00 – Inconfidentes 10 x 89 Tornados

Árbitro: Vinícius Aleixo

Local: Campo da Barra – Ouro Preto, MG

 

Dia 11/08/2018 às 15h00 – Rio Branco 50 x 14 Uberlândia

Árbitro: Régis Dantas

Local: Campo do 16º Batalhão da Polícia Militar – Rio Pequeno – São Paulo, SP

 

Dia 11/08/2018 às 15h00 – Lobo Bravo 14 x 62 Serra Gaúcha

Árbitro: Marcelo Poletto

Local: Campo do Ginásio Municipal – Guarapuava, PR

 

Dia 11/08/2018 às 15h00 – Chapecó 03 x 40 Joaca

Árbitro: Lucas Santos

Local: Complexo Esportivo Verdão – Chapecó, SC

ClubeCidade (Estado)PtsJVED4+7-PPPCSP
Grupo A
TornadosIndaiatuba (SP)2565015035066284
Rio BrancoSão Paulo (SP)2565015020099101
UberlândiaUberlândia (MG)862040084205-121
InconfidentesOuro Preto (MG)060060051315-264
Grupo B
Serra GaúchaCaxias do Sul (RS)30660060295140155
JoacaFlorianópolis (SC)1964023018812365
ChapecóChapecó (SC)12620440119194-75
Lobo BravoGuarapuava (PR)160060193242-149