Wallys e BH Rugby garantem grandes triunfos fora de casa

ARTIGO COM VÍDEO – Começo do jogo as duas equipes se alternaram na posse da bola com leve predominância do Wally’s na base dos forwards e o Rio Rugby se usando de sua rápida linha. Após um dos mtos penais anotados pelo árbitro o Rio Rugby abriu o placar com seu abertura. O Wally’s respondeu rapidamente na mesma moeda com André “Valderrama” Marciano e virou o jogo com mais um penal convertido por Gastón Molina. Após rápida troca de passes o abertura Guilherme Zaparoli se infiltrou no meio da linha carioca e cravou o primeiro try embaixo dos postes q foi convertido por Valderrama. Na sequência o Wally’s chegou ao try novamente pela ponta após boa infiltração do seu fullback Acácio Campos mas desta vez sem a conversão.

 

Antes do intervalo ainda teve tempo para o Rio encurtar a distância e chegar ao seu primeiro try usando sua linha com offloads. O try não foi convertido e assim acabou o primeiro tempo em 18 X 8 para o Wally’s.

 

No segundo tempo, o Rio começou anotando mais um try com sua linha q foi convertido por seu abertura deixando o placar em 18 X 15. O Wally’s foi para o ataque e após incríveis 6 penais seguidos cometidos pelo Rio dentro de sua linha de 5 defensiva o Rio retomou a posse de bola e anotou mais um try que foi convertido deixando o jogo em 22 X 18. O Wally’s respondeu após boa jogada individual de Gastón Molina apoiando mais um try que foi convertido novamente por Valderrama deixando o placar em 25 X 22 para o visitante. O Rio teve a chance de empatar com um penal quase frontal da linha das 10 de ataque mas seu abertura falhou.

 

Faltando 12 minutos para o fim do jogo o físico do Wally’s falou mais alto e com excelente atuação de sua linha chegou a mais 3 tries com Rodrigo “Tanque” Cozim em corrida de muita força pela ponta, em um excelente contra ataque iniciado na linha das 22 defensivas e finalizado mais uma vez por Acácio Campos e com seu outra ponta João Victor “Fininho” Machado recuperando um chute no meio de campo e arrancando para o try. Desses 3 últimos tries apenas o último foi convertido por Valderrama dando números finais de 44 X 22 a favor do Wally’s Louveira.

 

O Wally’s carrega uma boa vantagem para o jogo de volta dia 11/07 no estádio municipal em Louveira.

 

Placar final: Rio Rugby 22 (15) x 44 (18) Wallys Louveira

 

Rio Rugby

Tries: Jhon, Carriello e Roy

Conversões: Justin (2)

Penais: Justin (1)

 

Wallys

Tries: Acácio (2), Zapa, Gastón, Rodrigão e Fininho

Conversões: Valderrama (4)

Penais: Valderrama (1) e Gastón (1)

 

Escrito por: André Nobusada

Foto: Bruno Lorenzo/Fotojump

 

taça tupi 2015 - montes claros x bh

O BH vai ao norte de Minas e volta com a vaga quase assegurada

O atual campeão mineiro mostrou que não era por acaso seu favoritismo na preliminar da Taça Tupi. O Blanco y negro, como é conhecido o time da capital mineira, viajo ao norte do estado estado para enfrentar o Montes Claros, que debutava na competição.

 

O BH começou com um ritmo frenético, usando toda a força de seu pack de forwards e, aos 9 minutos de jogo, abriu o placar com um try convertido de Bonitinho, e não demorou muito a sair o segundo try, aos 16 minutos, com Soldado, que também foi convertido. Aos 21 minutos, Nichele ampliou com um belo drop goal e em seguida com um penal convertido. Dominante, BHR continuava com o castigo ao time do norte mineiro. Ainda restou tempo para mais dois tries convertidos antes do fim do primeiro tempo, com Pintinha e Vicente, e um penal para o Terremoc de Montes Claros, que diminuiu o placar com Breno, mas não aliviava muito para os nortenhos. Assim terminou em 34 x 3 a primeira etapa.

O Montes Claros teve duras baixas em sua primeira linha e voltou com um scrum mais fraco para o segundo tempo. Com isso, o BHR soube aproveitar essa fraqueza do oponente e logo aos 2 minutos ja estreou o placar no segundo tempo, com um try convertido de Soldado. Aos 4 minutos, o atleta Bruno dentinho do Terremoc, depois de um tackle alto recebeu o cartão amarelo, tornando ainda mais difícil a missão de uma virada. O jogo seguiu nos mesmos moldes do primeiro tempo, com o BH atacando e o Montes Claros defendendo, e eram inevitáveis os tries. Tarugo, Pinta, Estranho, Bonitinho duas vezes e, novamente, Tarugo, cruzaram o in-goal para os alvinegros. O BHR seguiu com a mesma seriedade até o final do jogo brindando os torcedores da capital com o belo placar de 77 x 3.

Foi um jogo limpo e divertido nas terras norte-mineiras. Os torcedores saíram felizes com a luta e perseverança dos atletas da casa, mas se renderam ao fair play e jogo bonito do BHR. Agora cabe ao Montes Claros trabalhar durante a semana para tentar a vitória no próximo embate que acontece no próximo sábado (11), em Belo Horizonte.

 

Placar final: Montes Claros 03 (03) x 77 (34) BH Rugby

 

Montes Claros

Penal: Breno Guilhoto

 

BH Rugby

Tries: Bonitinho (3), Soldado (2), Tarugo (2), Pintinha, Vicente, Pinta e Estranho

Conversões: Pintinha (8)

Penais: Pintinha (1)

Drop goal: Nichele (1)

 

Escrito por: Wendell Guilhoto

Foto: Fredson Souza/Fotojump

 

Comentários