Wallys vence e segue líder na Tupi

O Wallys Louveira deu mais um importante passou rumo à classificação às semi-finais na Taça Tupi. A equipe foi até maringá enfrentar o Hawks time da casa, e assim como no jogo de ida, foi uma partida cheia de tries que terminou com triunfo dos listrados.

 

Um sábado de calor forte e jogo intenso, as duas equipes entraram em campo e não demorou para sair o zero do placar, logo no primeiro minuto Gastón anotou um penal para o time visitante e logo três minutos depois Bagé anotou um try pela ponta após um vacilo da marcação dos listrados, convertido por ele mesmo, dando pinta de que seria um jogo favorável ao time maringaense. Mas não foi exatamente o que aconteceu, os paulistas responderam logo em seguida, aos cinco minutos com Costureira, quebrando a marcação pelo centro e apoiando a bola debaixo dos postes, convertido pelo Gastón, e a ofensiva listrada não parou por aí, com try de Rodrigo passando por dois marcadores para marcar um novo try na ponta direita.

 

Mesmo com um jogo pegado, eram os visitantes que aproveitavam melhor suas chances, ampliando aos 26′ após a saída de um scrum e boa corrida Fininho, que correu o campo todo para soltar um offload na linha do ingoal para Costureira, que só precisou apoiar para marcar debaixo dos postes. A superioridade do Wallys era vista tanto nas formações fixas quanto no jogo aberto e ainda com a experiência para aproveitar os erros do adversário para pontuar, ampliando com mais dois tries, com Zaparoli e Costureira, garantindo o hat-trick. Antes do fim da etapa inicial, sobrou tempo para os Falcões marcarem outro try antes do intervalo. Após uma sequência de fases rápidas a bola foi para a ponta e o fullback Bagé deu uma bela assistência para o ponta Márcio marcar, fechando em 36 a 12 o placar parcial.

 

Os maringaenses voltaram melhores para o segundo tempo mas não foi o suficiente, o placar voltou a movimentar aos 4′ do segundo tempo. Com um bom scrum da equipe maringaense o oitavo avançou com a bola e soltou açucarada para o Márcio apoiar mais um try pela lateral esquerda, convertido por Bagé, mas logo aos 11′ Gastón consegue avançar pelo meio da defesa e anotar debaixo dos postes, convertido por ele mesmo.

 

O calor já fazia o jogo perder a intensidade. Depois de um primeiro tempo muito movimentado o segundo foi se acalmando, e foi assim até os 23′, após um chute rasteiro aplicado por Bagé o oitavo Patcha alcançou a bola e num bom offload deixou o Blade livre para apoiar a bola para um novo try, não convertido. Para finalizar, o Maringá ainda anotou um novo try, no último minuto da partida, Bagé investiu contra o ponta adversário e deu um bom passe para o Professor correr e anotar rente a linha lateral, não convertido, dando números finais a partida 29 x 43.

 

Com esse resultado Maringá já não tem mais chances de classificação e o Wallys deu um importante passo para as semifinais, decidindo contra o Rio Branco.
O Portal do Rugby elegeu Costureira como melhor jogador da partida.

 

 

Placar final: Maringá (12) 29 X 43 (36) Wallys

 

 

Maringá
Tries:Bagé, Márcio(2), Blade, Professor
Conversões:Bagé (2)

 

Wallys
Tries:Costureira (3), Rodrigo, Guilherme Zaparoli, Gastón
Conversões:Gastón (5)
Penais:Gastón

 

Escrito por: Lucas Vieira

Foto: Robson Vilela/FOTOJUMP

 

Clube Cidade (Estado) Pts J V E D 4+ 7- PP PC
Grupo A
Wallys Louveira (SP) 24 6 5 0 1 4 0 206 69
Rio Branco São Paulo (SP) 24 6 5 0 1 4 0 258 59
Maringá Hawks Maringá (PR) 11 6 2 0 4 3 0 159 251
Pé Vermelho Londrina (PR) 1 6 0 0 6 0 1 50 295
Grupo B
Niterói Niterói (RJ) 30 6 6 0 0 6 0 273 84
Poli São Paulo (SP) 21 6 4 0 2 4 1 194 118
BH Rugby Belo Horizonte (MG) 11 6 2 0 4 3 0 142 203
Guanabara Rio de Janeiro (RJ) 0 6 0 0 6 0 0 47 251
Grupo C
San Diego Porto Alegre (RS) 28 6 6 0 0 4 0 218 47
Serra Caxias do Sul (RS) 17 6 3 0 3 3 2 157 137
Charrua Porto Alegre (RS) 15 6 3 0 3 2 1 170 93
BC Rugby Balneário Camboriú (SC) 0 6 0 0 6 0 0 56 324

Comentários