Foto: Brumbies

Tempo de leitura: 3 minutos

ARTIGO COM VÍDEO – A virada veio só com o tempo esgotado, mas os Brumbies arrancaram uma crucial vitória em casa sobre os Reds para abrirem 7 pontos de frente na luta pelo título do Super Rugby AU australiano. 22 x 20 para os Brumbies festejarem em Canberra a liderança isolada da competição, na condição de último invicto.


Os dois times entraram em campo invictos e confiantes em suas formas. Como esperado, os Reds foram capazes de correr mais metros com a bola, buscando um jogo mais aberto, mas os Brumbies seguiram com sua receita de jogo físico, baseado nos forwards e mauls, e se saíram muito bem.

Desde o início, o Brumbies teve maior controle da posse de bola e deu seu recado logo aos 6′ com o temível lateral seguido de maul, finalizado por Folau Fainga’a. Os Reds pararam numa poderosa defesa dos donos da casa e, aos 33′, a receita foi repetida com outro maul após lateral finalizado com novo try de Fainga’a. Foi apenas aos 39′ que James O’Connor mexeu no marcador do lado vermelho com penal. Os pontos animaram os Reds, que mantiveram a bola viva e marcaram try com Petaia nos acréscimo, anulado por um tackle irregular no nascimento da jogada.

- Continua depois da publicidade -

Mesmo com 14 x 03 atrás, o Reds foi capaz de criar espaços na defesa os Brumbies e, aos 43′, Petaias brilhou dando offload para Harry Wilson correr para o try. Na sequência, aos 45′, O’Connor criou espaço com lindo passe reverso para Daugunu se infiltrar e servir Scott-Young para romper para o segundo try os Reds, virando o marcador.

O’Connor ainda ampliou com penal, mas os Reds começaram a ceder penais para os Brumbies, que voltavam a impor domínio físico e, aos 75′, outro maul devastador viu McInerney marcar o terceiro try dos donos da casa, que encostaram no marcador; Reds 20 x 19 Brumbies.

Com isso, os minutos finais foram de pressão dos Brumbies, que mostraram sua frieza controlando a bola por 3 minutos após o tempo se esgotar até conseguirem o precioso penal. O jovem Mack Hansen manteve a cabeça no lugar e chutou os pontos da vitória dos líderes: 22 x 20.

Na próxima semana, os Brumbies visitarão os Rebels, ao passo que os Reds visitarão os Waratahs.

Brumbies logo copy22versus copiar20

Brumbies 22 x 20 Reds, em Canberra

Árbitro: Nic Berry

Brumbies

Tries: Fainga’a (2) e McInerney

Conversões: Kuenzie (2)

Penais: Hansen (1)

15 Tom Banks, 14 Solomone Kata, 13 Tevita Kuridrani, 12 Irae Simone, 11 Tom Wright, 10 Bayley Kuenzle, 9 Joe Powell, 8 Pete Samu, 7 Will Miller, 6 Rob Valetini, 5 Nick Frost, 4 Darcy Swain, 3 Allan Alaalatoa (c), 2 Folau Fainga’a, 1 Scott Sio;

Suplentes: 16 Connal McInerney, 17 James Slipper, 18 Tom Ross, 19 Tom Cusack, 20 Lachlan McCaffrey, 21 Issak Fines, 22 Mack Hansen, 23 Andy Muirhead;

Reds

Tries: Wilson e Scott-Young

Conversões: O’Connor (2)

Penais: O’Connor (2)

15 Jock Campbell, 14 Chris Feauai-Sautia, 13 Hunter Paisami, 12 Hamish Stewart, 11 Filipo Daugunu, 10 James O’Connor, 9 Scott Malolua, 8 Harry Wilson, 7 Liam Wright (c), 6 Angus Scott-Young, 5 Lukhan Salakaia-Loto, 4 Angus Blyth, 3 Taniela Tupou, 2 Brandon Paenga-Amosa, 1 Dane Zander;

Suplentes: 16 Alex Mafi, 17 Feao Fotuaika, 18 Jack Straker, 19 Ryan Smith, 20 Fraser McReight, 21 Tate McDermott, 22 Bryce Hegarty, 23 Jordan Petaia;

 

 EquipeCidadeJogosPontos
Brumbies logo copyBrumbiesCanberra518
RebelsMelbourne514
WaratahsSydney511
RedsBrisbane511
ForcePerth42
- Vitória = 4 pontos;
– Empate = 2 pontos;
– Derrota = 0 pontos;
– Vencer marcando 3 ou mais tries que o oponente = 1 ponto extra;
– Perder por diferença de 7 pontos ou menos = 1 ponto extra;

- Classificam-se às quartas de final o 1º colocado de cada uma das 3 conferências + os 5 melhores da classificação geral;