Foto: Adriano Matos

Dois jogos completam a 5ª rodada da Série A do Campeonato Paulista de Rugby nesse fim de semana, e a expectativa é grande para o primeiro confronto do ano entre São José e Jacareí, o Clássico Caipira, que vale vaga antecipada na semifinal. Menos badalado mas não menos importante, o Tornados recebe o Band Saracens no encontro entre duas equipes buscando o segundo triunfo da temporada e a quase certeza de salvação do rebaixamento no ano.

O São José reservou um palco de gala para um evento que a cada ano ganha nova dimensão. O Estádio Martins Pereira verá o confronto entre os invictos joseenses animados após a épica vitória diante do Pasteur e com a torcida a favor para uma grande festa, mas terá pela frente o Jacareí buscando a recuperação e já refeito da dura derrota diante da Poli há duas semanas atrás. Os números da temporada e o histórico dão motivo de sobra pra torcida do São José esperar mais uma vitória. Além da campanha perfeita, a equipe tem a maior média de pontos na temporada e o artilheiro, com Sanchis mostrando aproveitamento incrível nos chutes, que serão fundamentais em uma partida que tem tudo para ser decidida no detalhe. Nos 11 confrontos entre as equipes, a vantagem é do São José com 8 vitórias, incluindo uma invencibilidade em casa (4 vitórias e 1 empate).

No Z4, Tornados e Band Saracens tentam a segunda vitória seguida na competição e a chance de praticamente espantar o fantasma do rebaixamento em uma partida de grande expectativa, que reúne os dois últimos campeões da Taça Tupi, a segunda divisão brasileira. No curto histórico entre as equipes, os Bandeirantinos conquistaram uma suada vitória de 36 a 35 fora de casa, mesmo local do jogo dessa semana, mas o cenário mudou desde então. Dessa vez, é o Tornados que possui melhor ataque e defesa do que o rival, vem fazendo bons jogos e tem em Sandrinho e Alcino duas armas poderosas para pontuar com os pés e as mãos. O Band por sua vez trouxe de volta veteranos e voltou a contar com Will e Paganini, dando mais força e rapidez para a equipe e mostrou que pode dar uma reviravolta definitiva em uma temporada que parecia perdida depois da histórica derrota diante do São José.

 

- Continua depois da publicidade -

Campeonato Paulista A – Semana 8
Dia 11/05/2019 às 15h – Tornados X Band Saracens
Árbitro: Victor Hugo Barboza
Auxiliares de linha:João Pantano e João Freite
4º árbitro: Otávio Costa
Local: Campo Municipal – Indaiatuba, SP

Dia 11/05/2019 às 17h – São José X Jacareí – AO VIVO PELA TV NSPORTS!
Árbitro:Murilo Bragotto
Auxiliares de linha: Regis Dantas e Lucas Saccomanno
4º árbitro: Marcos Saccomanno
Local: Estádio Martins Pereira – São José dos Campos

 ClubeCidadePJVED4+7-PPPCSP
São JoséSão José dos Campos2866004036765302
PoliSão Paulo2665015137233339
PasteurSão Paulo2164024128091189
JacareíJacareí1663033123895143
Band SaracensSão Paulo11620421107383-276
SPACSão Paulo1062042087262-175
TornadosIndaiatuba10620420156228-72
TempláriosSão Bernardo do Campo060060030477-447
- Vitória = 4 pontos;
- Empate = 2 pontos;
- Derrota = 0 pontos;
- Anotar 4 ou mais tries = 1 ponto extra;
- Perder por 7 pontos ou menos de diferença = 1 pontos extra;

- 1º ao 4º colocado = Classificação às Semifinais;
- 7º colocado = Repescagem de Rebaixamento/Promoção contra o vice campeão do Paulista B;
- 8º colocado = Rebaixamento

1 COMENTÁRIO

  1. Faltou comentar que, neste clássico pelo menos 7 jogadores irão desfalcar as duas equipes. Não dá para entender como uma festa tão bonita pode perder os seus principais atores. Tv, estádio, torcida, todos os ambientes de um grande jogo.
    Estamos cada vez mais próximos do futebol. Tivemos várias rodadas com dois jogos apenas, e agora teremos a reta final do campeonato com times totalmente desfigurados.
    Ainda temos o caso do Band que conseguiu na sua última partida uma boa vitória sobre o SPAC, caso tivesse perdido, estaria jogando o tudo ou nada contra o tornados desfalcado de 2 de seus jogadores….
    O pior é que não é a primeira vez. Ano passado tivemos jogos do Paulista com jogos da Seleção “concorrendo”.
    Uma pena. Quem sai perdendo no curto, médio e longo prazo é o esporte.