Capitães na Robben Island. Foto: World Rugby

A Cidade do Cabo será o palco nesse fim de semana (dias 8 e 9 de dezembro) da segunda etapa (de um total de 10) da temporada 2018-19 da Série Mundial de Sevens Masculina (que vale 4 vagas nos Jogos Olímpicos de 2020!).

Com promessa de Cape Town Stadium (de 55 mil lugares) cheio, o torneio sul-africano celebrará o legado de Nelson Mandela (que completaria 100 anos neste ano), com os Blitzboks (a seleção sul-africana) jogando com camisa em sua homenagem e a foto de lançamento do torneio sendo tirada com os capitães das 16 seleções participantes reunidas na Robben Island (onde Mandela esteve preso por 18 anos durante o regime do apartheid).

Os jogos serão transmitidos ao vivo pela World Rugby TV

 

- Continua depois da publicidade -

O que esperar dos grupos?

Como em toda etapa da Série Mundial, as 16 seleções foram divididas em 4 grupos com 4 times cada, com os 2 primeiros de cada grupo avançando às quartas de final principais. O 3º e o 4º de cada grupo, por sua vez, jogam as quartas de final do Challenge Trophy, o troféu dado ao 9º colocado.

  • O Grupo A pegará foto, pois Nova Zelândia e África do Sul caíram na mesma chave, após fraca campanha dos sul-africanos na primeira etapa, em Dubai. Os All Blacks, aliás, foram os vencedores da etapa de Dubai e chegam como favoritos à Cidade do Cabo. Os Boks, por sua vez, estarão pressionados para fazer uma grande exibição em casa, para reduzirem o prejuízo da etapa passada;
    • A Nova Zelândia é a atual campeã da Copa do Mundo de Rugby Sevens, jogada em julho deste ano, enquanto a África do Sul foi a campeã da Série Mundial de Sevens 2017-18;
  • Olhos na Nova Zelândia para o jovem artilheiro Andrew Knewstubb e para os maiores tacleadores da primeira etapa, Sione Molia e Dylan Collier . Na África do Sul, o ex melhor do mundo Werner Kok é o líder buscando conduzir a seleção para se reerguer;
  • No Grupo B, os Estados Unidos, do atual melhor do mundo Perry Baker, encabeçam a chave e chegam motivados após o vice em Dubai. A concorrência será forte da Argentina, de Marcos Moroni (artilheiro da temporada, com 7 tries), embalada após vencer a África do Sul em Dubai;
  • O Grupo C tem Inglaterra e Fiji como as maiores forças, com a França correndo por fora e o Quênia tentando se reerguer, pois, apesar do último lugar em Dubai, os quenianos tiveram Jeffrey Olouch ganhando o prêmio de performance do torneio (“Impact Player”);
  • Os ingleses fizeram ótimo torneio na primeira etapa, com Dan Norton sendo o primeiro atleta da história a chegar a 300 tries na história do circuito. Tom Mitchell e Etan Waddleton também foram destaques em Dubai, com os ingleses colocando 3 atletas no “dream team” do torneio;
  • Fiji, atual campeão olímpico, desapontou em Dubai ao não conseguir ir às semifinais, e, com isso, está pressionado para ter grande performance na Cidade do Cabo;
  • Já o Grupo D tem a Austrália como favorita, com Escócia, Canadá e Gales parelhos na busca pela outra vaga nas quartas de final. Porch, Longbottom e O’Donnell já brilharam pelos australianos na etapa passada;

Faça suas apostas!

 

 

HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens – 2ª etapa, na Cidade do Cabo, África do Sul

Grupo A: Nova Zelândia, África do Sul, Samoa e Zimbábue

Grupo B: Estados Unidos, Argentina, Espanha e Japão

Grupo C: Inglaterra, Fiji, França e Quênia

Grupo D: Austrália, Escócia, Canadá e Gales

 

*Horários de Brasília

Sábado, dia 08 de dezembro

06h15 – Escócia x Canadá

06h37 – Austrália x Gales

06h59 – Fiji x França

07h21 – Inglaterra x Quênia

07h43 – Argentina x Espanha

08h05 – Estados Unidos x Japão

08h27 – África do Sul x Samoa

08h49 – Nova Zelândia x Zimbábue

 

09h36 – Escócia x Gales

09h58 – Austrália x Canadá

10h20 – Fiji x Quênia

10h42 – Inglaterra x França

11h04 – Argentina x Japão

11h26 – Estados Unidos x Espanha

11h48 – África do Sul x Zimbábue

12h10 – Nova Zelândia x Samoa

 

12h57 – Canadá x Gales

13h19 – Austrália x Escócia

13h41 – França x Quênia

14h03 – Inglaterra x Fiji

14h50 – Espanha x Japão

15h12 – Estados Unidos x Argentina

15h34 – Samoa x Zimbábue

15h56 – Nova Zelândia x África do Sul

 

Domingo, dia 09 de dezembro

Finais – das 06h36 às 16h10

 

Classificação atual

SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6Etapa 7Etapa 8Etapa 9Etapa 10
Estados Unidos381919
Nova Zelândia372215
Fiji351322
Inglaterra301713
África do Sul291217
Austrália251510
Escócia201010
Argentina18108
Espanha17512
Samoa1587
França1275
Canadá1055
Gales532
Quênia413
Japão321
- 1ª ao 4º colocados = classificados aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020
- 15º colocado = rebaixamento;
PS: nossa tabela não mostra a pontuação das equipes convidadas


Pontuação:
1º - 22 pontos; 2º - 19 pts; 3º - 17 pts; 4º - 15 pts;
5º - 13 pts; 6º - 12 pts; 7º e 8º - 10 pts;
9º - 8 pts; 10º - 7 pts; 11º e 12º - 5 pts;
13º - 3 pts; 14º - 2 pts; 15º e 16º - 1 pt.