Bruno Ruas

A Copa do Mundo de Rugby poderá se expandir para 24 times em 2023. A confirmação ainda não foi feita de maneira oficial, mas Brett Gosper, CEO do World Rugby (a federação internacional), declarou à mídia britânica que a entidade está estudando a expansão da competição.

Gosper deixou claro que o World Rugby quer 24 times na Copa do Mundo, mas que a entidade quer ter certeza que novas equipes seriam competitivas o bastante para o desafio de estarem no Mundial. O executivo comentou que a Copa do Mundo de 2023 foi pensada para 20 seleções mas poderá ser modificada para 24. Isso afasta as especulações que apontavam que com a eleição da França como sede para 2023 uma expansão só poderia ser feita em 2027.

A última expansão que ocorreu na Copa do Mundo foi quando o torneio passou de 16 participantes em 1995 para 20 em 1999. Desde 2003, a Copa do Mundo vem tendo somente uma seleção diferente por Mundial com relação ao Mundial anterior, fato que sempre contribuiu para as dúvidas sobre uma nova expansão. A Espanha, que jogou em 1999, foi substituída pela Geórgia, que debutou em 2003. Em 2007, o Uruguai, que jogou 2003, perdeu sua vaga para Portugal. Em 2011, Portugal ficou de fora, sendo substituído pela Rússia. E em 2015 o Uruguai retornou ao Mundial deixando a Rússia de fora. Para 2019, a tendência já foi garantida, com o retorno da Rússia no posto da Romênia. Mas a Repescagem, que será realizada em novembro para definir o último participante, ainda poderá ter uma segunda novidade caso o Canadá não confirme classificação.