O Super 16 e a Taça Tupi estão em reta final e além dos times lutando por título há também as equipes querendo um lugar na elite nacional de 2019. As Repescagens entre equipes do Super 16 e da Taça Tupi, previstas no regulamento, vão ocorrer no dia 6 de outubro (com a data a ser ainda oficializada).

A CBRu confirmou ao Portal do Rugby apenas o confronto entre Rio Branco e Templários para o dia 6 de outubro.

Além dele, poderão se enfrentar Serra Gaúcha e San Diego. Esse jogo ocorrerá apenas se o Serra Gaúcha perder a final da Taça Tupi no próximo dia 29 contra o Tornados. O Serra Gaúcha terá promoção direta ao Super 16 caso seja campeão da Taça Tupi, o que levaria ao rebaixamento direto do San Diego.

 

- Continua depois da publicidade -

BH rebaixado

BH e Niterói deveriam fazee outra repescagem. No entanto, o BH desistiu de disputar a partida, optando por retornar à Taça Tupi. Com isso, o Niterói permanecerá no Super 16, indo para com Jacareí, São José e Guanabara em 2019.

 

Charrua e Joaca não ocorrerá

Havia uma dúvida ainda sobre o possível confronto entre Charrua e Joaca, uma vez que o regulamento deixa em aberto a possibilidade de todos os semifinalistas da Taça Tupi disputarem repescagens de promoção ao Super 16. No entanto, o regulamento garante que isso ocorrerá apenas quando a Taça Tupi tiver 16 participantes.

O regulamento também deixa em aberto que as equipes que terminaram na 3ª colocação de seus grupos do Super 16 estão sujeitas a repescagem, isto é, o Charrua poderia estar sujeito a tal repescagem uma vez que um dos semifinalistas da Taça Tupi (o Joaca) é do mesmo grupo regional.

No entanto, como a Taça Tupi de 2018 não teve 16 times e o Charrua conseguiu classificação às quartas de final do Super 16 (apesar do 3º lugar na fase de grupos), a CBRu esclareceu que não haverá tal repescagem.