Nova Zelândia e EUA juntas ao final do torneio de Biarritz. Foto: Mike Lee/World Rugby

ARTIGO COM VÍDEO – Biarritz, na região basca da França, recebeu neste fim de semana a última etapa da Série Mundial de Sevens Feminina 2018-19, com as últimas decisões rolando. Neste domingo, concretizou-se o esperado: a Nova Zelândia é a grande campeã da temporada, com as Black Ferns terminando a etapa francesa com o vice campeonato. O título da etapa foi inédito: pela primeira vez em sua história os Estados Unidos foram campeões de um torneio do circuito, coroando um brilhante vice campeonato geral.

Além de Nova Zelândia e Estados Unidos, Canadá e Austrália confirmaram classificação direta aos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, ao passo que a China não conseguiu escapar da degola, sendo rebaixado, enquanto Fiji se salvou por um triz.

Clique aqui para conferir como foi o primeiro dia de jogos em Biarritz.

- Continua depois da publicidade -

A Nova Zelândia precisava apenas de um 7º lugar para ser campeã da temporada e alcançou seu objetivo vencendo nas quartas de final sem dificuldades a China por 36 x 00. Os EUA também venceram bem a Rússia, 27 x 12, enquanto a Austrália foi surpreendida, perdendo para a Espanha por 15 x 14, com tries decisivos de Erbina e Requena. Já a França desapontou diante de sua torcida perdendo para o Canadá por 12 x 05. O resultado garantiu as canadenses e também as australianas nos Jogos Olímpicos.

Nas semis, as Black Ferns derrotaram as canadenses em um jogão de 21 x 12, com Ruby Tui marcando try crucial. Já as Eagles despacharam as Leonas por 24 x 07, com Tapper cruzando o in-goal 2 vezes.

Na grande final, as americanas deram show. Kelter brilhou, abrindo o placar para os EUA, enquanto Emba fez o segundo. Tui reduziu para as Black Ferns, mas os EUA seguiram fortes com Kelter marcando seu segundo try e Doyle liquidando a fatura. Baker fez o último try neozelandês, mas sem chances de reação. Título muito festejado para as americanas, com 26 x 10 no placar.

China caiu, mas de cabeça erguida

A briga contra o rebaixamento foi alucinante entre chinesas e fijianas. Após a China derrotar Fiji no sábado e ir às quartas de final, Fiji estava obrigado a conquistar o 9º lugar para escapar. E as fijianas conseguiram o objetivo, derrotando no domingo a convidada Escócia por 31 x 10 – em jogo que começou com as escocesas na frente – e, por fim, a Inglaterra na decisão. Vitória fijiana por salvadores 27 x 10.

A China, por sua vez, passou muito perto do milagre. Na semifinal pelo 5º lugar, as chinesas flertaram com a vitória que seria salvadora sobre a França. A China foi ao intervalo vencendo por 14 x 07, mas as francesas viraram o jogo e o try de Bertrand, aos 12′, liquidou o sonho chinês. Com a vitória de Fiji sobre a Inglaterra, a China já estava rebaixada, mas se despediu do torneio com triunfo sobre a Rússia na decisão de 7º lugar.

 

Já são 6 classificadas a Tóquio 2020

Com Nova Zelândia, Estados Unidos, Canadá e Austrália confirmando classificação aos Jogos Olímpicos via Série Mundial, já são 6 times garantidos no torneio olímpico. Além delas, o Japão, país sede, e o Brasil, campeão sul-americano, já se garantiram em Tóquio 2020.

Ainda estão em disputa uma vaga para cada um dos demais continentes, com a América do Norte e a Europa tendo seus Pré Olímpicos em julho, enquanto Oceania, Ásia e África definirão em novembro seus classificados. A última vaga sairá do Pré Olímpico Mundial em junho de 2020.

 

As melhores do ano

Ao final do torneio na França, a irlandesa Murphy Crowe fechou a temporada como a artilheira de tries, com 35, superando a canadense Bianca Farella e a neozelandesa Michaela Blyde. Tyla Nathan-Wong, da Nova Zelândia, foi a artilheira de pontos, com 207, superando a canadense Ghislaine Landry. Já a russa Alena Mikhaltsova ficou no primeiro lugar do ranking de desempenho, que soma várias estatísticas individuais. As neozelandesas Sarah Hirini e Ruby Tui e a canadense Brittany Benn ficaram empatadas na temporada em número de tackles, 79, enquanto Mikhaltsova liderou o dado de offloads. A espanhola Lide Erbina ganhou o prêmio de melhor novata da temporada.

 

HSBC Sevens World Series 2018-19 – Série Mundial de Sevens Feminina – 6ª etapa, em Biarritz, França

*Horários de Brasília

Domingo, dia 16 de junho

06h00 – Quartas de final – Austrália 14 x 15 Espanha

06h22 – Quartas de final – Estados Unidos 27 x 12 Rússia

06h44 – Quartas de final – Canadá 12 x 05 França

07h06 – Quartas de final – Nova Zelândia 36 x 00 China

07h28 – Semifinal Challenge Trophy (9º lugar) – Inglaterra 24 x 17 Irlanda

07h50 – Semifinal Challenge Trophy (9º lugar) – Escócia 10 x 31 Fiji

 

09h07 – Semifinal pelo 5º lugar – Austrália 31 x 21 Rússia

09h29 – Semifinal pelo 5º lugar – França 21 x 14 China

09h51 – Semifinal pelo Ouro – Espanha 07 x 24 Estados Unidos

10h13 – Semifinal pelo Ouro – Canadá 12 x 21 Nova Zelândia

10h35 – Decisão de 11º lugar – Irlanda 14 x 26 Escócia

10h57 – Final Challenge Trophy (9º lugar) – Inglaterra 10 x 27 Fiji

 

11h51 – Decisão de 7º lugar – Rússia 12 x 26 China

12h13 – Decisão de 5º lugar – Austrália 24 x 10 França

12h35 – Decisão de Bronze (3º lugar) – Espanha 14 x 19 Canadá

13h00 – FINAL – Decisão de Ouro (1º lugar) – Estados Unidos 26 x 10 Nova Zelândia

 

Classificação final

 SeleçãoPontuação totalEtapa 1Etapa 2Etapa 3Etapa 4Etapa 5Etapa 6
Nova Zelândia110202020122018
EUA100181416161620
Canadá94161812201216
Austrália86121618101812
França7014810141410
Inglaterra50610318103
Rússia488128686
Espanha364363614
Irlanda4110614821
Fiji21324444
China21242238
Campeão por etapa Nova Zelândia Nova Zelândia Nova Zelândia Canadá Nova Zelândia EUA
- Pontuação: 1º lugar, 20 pontos / 2º, 18 pts / 3º, 16 pts / 4º, 14 pts / 5º, 12 pts / 6º, 10 pts / 7º, 8 pts / 8º, 6 pts / 9º, 4 pts / 10º, 3 pts / 11º, 2 pts / 12º, 1 pt;

1º a 4º lugares = Classificação aos Jogos Olímpicos Tóquio 2020;
11º lugar =Rebaixamento

Obs: tabela com somente as equipes fixas

 

Histórico

TemporadaNúmero de torneiosCampeão
2012-134Nova Zelândia
2013-145Nova Zelândia
2014-156Nova Zelândia
2015-165Austrália
2016-176Nova Zelândia
2017-185Austrália
2018-196Nova Zelândia
2019-208-
RankingTítulos
Nova Zelândia5
Austrália2