Foto: Kévin Sganzerla

ARTIGO COM VÍDEOS – O Rio Grande do Sul viveu um momento histórico: pela primeira vez o estado teve um confronto entre dois de seus times em um mata-mata da primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Charrua e Farrapos se encararam em Porto Alegre pelo jogo de ida das quartas de final do Super 16, no quinto jogo do ano entre os dois clubes. E outra vez a vitória foi do clube de Bento Gonçalves, que é agora o único invicto do campeonato. 34 x 13 no marcador, em duelo com primeiro tempo parelho, mas que teve o Farrapos abrindo margem confortável na reta final do embate.

Os alviverdes sofreram no início para imporem seu jogo, errando muito e vendo o time da capital crescer no Clássico Gaudério. O Farrapos conseguiu marcar o primeiro try com Murilo, mas a resposta dos Índios foi rápida com penal chutado por Leo Rosa.

Os visitantes provaram o força de seu jogo de conta e Bruno Celso apoiando o segundo try, porém Alexandre Pedroso deu a resposta com um precioso try para o Charrua, que deixou o jogo totalmente em aberto em 12 x 10 para os verdes. Mas antes do intervalo o maul do Farrapos funcionou e Pardal finalizou o terceiro try para abrir 17 x 10.

No segundo tempo, o rendimento do Charrua se manteve alto no início,com um try negado aos Índios em contra golpe detido brilhantemente com tackle salvador do lado verde. O Farrapos ampliou a frente com penal de Facundo, mas os visitantes foram reduzidos a 14 homens por amarelo e Leo deu o troco com penal para o Charrua que, todavia, não foi capaz de capitalizar mais com o homem a mais.

- Continua depois da publicidade -

Na reta final, os porto-alegrenses foram reduzidos a 14 atletas por amarelo e o time de Bento Gonçalves assumiu de vez o controle das ações, imprimindo velocidade e garantindo os tries da vitória na velocidade, com Facundo e Vinny finalizando. 34 x 13, números finais.

O jogo de volta será no Estádio da Montanha, com o Charrua precisando de sua primeiro vitória desde 2009 sobre o Farrapos e por 22 pontos de diferença para avançar às semifinais.


13versus copiar34

Charrua 13 x 34 Farrapos

Árbitro: Renato Scalércio

Local: Hípica – Porto Alegre, RS

 

Charrua

Tries: Alexandre Pedroso

Conversões: Leo Rosa (1)

Penais: Leo Rosa (2)

 

Farrapos

Tries: Murilo, Bruno Celso, Pardal, Facundo e Vinny

Conversões: Facundo (3)

Penais: Facundo (1)